AbSciCon

AbSciCon

Em Abril de 2008 estive na AbSciCon5ª Conferência Científica de Astrobiologia, realizada na Califórnia.
Conheci lá alguns dos “pesos pesados”, os “nomes fortes”, os consagrados na área da astrobiologia, além de perceber um pouco mais da investigação que está a ser feita nesta área.
Vi centenas de apresentações e “famosos” por todo o lado.
Dos mais conhecidos, lembro-me por exemplo de falar com a Jill Tarter (em quem se baseou a Jodie Foster para fazer de Ellie Arroway no filme Contacto), com o Seth Shostak (SETI), com o Martin Rees (discuti algumas ideias com ele com as quais não concordo, mas ele é o máximo em termos de simpatia), com o Frank Drake (dispensa apresentações este que é o “pai” da astrobiologia – com ele tive uma reunião privada de mais de meia-hora em que ele falou, falou, e falou, maioritariamente de… Portugal!!), entre muitos outros.
Vi também uma portuguesa! Tem acontecido em todas as conferências a que vou – vejo sempre portugueses! -, o que diz bastante da nossa força em termos internacionais! E, desta vez, até foi uma sorte. Enganei-me na sala (havia 9 sessões em simultâneo), e, por sorte, a apresentadora era portuguesa! O trabalho apresentado por ela está dentro da área da microbiologia em ambientes extremos na Terra; para ser sincero, apesar de ter sido sem dúvida uma apresentação interessante, como não é a minha área de especialização, estava acima das minhas capacidades de entendimento, daí que não me vou poder alongar neste assunto.

Convido-vos a revisitar alguns dos temas mais interessantes que vi por lá: anomalias cosmológicas, sinal misterioso, ciclos de diversidade, o nosso universo é um computador.
Convido-vos igualmente a ler este resumo escrito pela Edna DeVore. Uma das coisas que ela menciona, e que foi simplesmente genial, foi a apresentação do “Alien Worlds Safari”. As apresentações de Jill Tarter, Tori Hoehler, Peter Ward, e T. C. Onstott, e seguidamente discussão aberta aos presentes, foi, para mim, um dos pontos altos da conferência em termos de educação e comunicação de ciência ao público. É sem dúvida um exemplo a ser seguido!
Convido-vos também a ler o excelente resumo desta mesma conferência feito pelo Leslie Mullen, Henry Bortman, e Aaron Gronstal, na Astrobiology Magazine. Pontos fortes: os multiversos do Lord Martin Rees, a exploração humana de Marte, colónias humanas na Lua, planetas extra-solares (em Alpha Centauri !?), a zona habitável, ciclos de diversidade, a evolução dos minerais, a evolução da inteligência, entre outros assuntos.
Por último, caso tenham interesse em ler os “papers” científicos sobre o que foi dito nesta conferência, podem fazer o download grátis deles, aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.