G1.9+0.3

A NASA anunciou a descoberta do mais jovem remanescente de supernova detectado na nossa galáxia.
A dita teria sido visível na segunda metade do século XIX, se não estivesse situada numa zona central da galáxia e portanto com imensa poeira interestelar a obstruir a nossa linha de visão.

8 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Luís, sobre esta notícia:

    http://ovnihoje.com/2012/05/astronomo-espanhol-alega-que-existe-um-sol-anao-depois-de-plutao/

    Não vi esse assunto tratado no AstroPT. Procede ou não procede? Este poderia ser transformado em um artigo, confirmando ou refutando, não achas?

    😉

    Abraço.

    1. Eu acho que o Luis já não vai ler isto num post de 2008 😉 eheheeh 🙂

      E isto é treta que já anda há vários anos pela web e em lado nenhum nunca disseram quem eram esses “astrónomos”.

      Veja bem esta mesma história, mas em 2010 os pseudos diziam que eram cientistas russos:
      http://www.abovetopsecret.com/forum/thread543171/pg1

      Não quer escrever um artigo sobre isso?

      E ligar ao Tyche, por exemplo? Que é outro que a informação veiculada foi errada 😉
      http://www.astropt.org/2011/02/20/tyche-planeta-gigante-nos-confins-do-sistema-solar/

      😉
      abraços

      1. Ah, disso eu não sabia. 🙁

        Sim, poderíamos fazer um artigo sobre isso. 😉

        Antes do post ser escrito sobre a treta em questão, pode confirmar estas duas notícias?

        http://www.astropt.org/2010/03/27/gliese-710-nemesis/

        O ROCA também tratou desse assunto aqui no AstroPT:

        http://www.astropt.org/2010/03/15/gliese-710-sera-a-estrela-mais-proxima-da-terra-alem-do-sol/

        Sobre Tyche, poderíamos também escrever sobre Sedna? (talvez, a confusão dos pseudos venha daí, confundindo “alho com bugalho” (gíria popular brasileira) 😉 )

        http://www.astropt.org/2010/01/18/podera-um-mundo-do-tamanho-da-terra-estar-orbitando-no-sistema-solar-exterior/

        O que dizes, Carlos?

        😉

        Abraços.

      2. Acho bem 😉

        Quer pôr mãos-à-obra? 😉

      3. Assim que chegar do trabalho, farei ei-lo.

        😉

        Abraços.

      4. Leia esta thread também 🙂
        http://www.facebook.com/astropt/posts/348943875160154

      5. 😉

        Abraços.

  1. […] outras palavras, os restos da explosão mais recente de uma estrela na nossa Galáxia. Este facto foi noticiado no AstroPT. A velocidade de expansão do remanescente, medida ao longo de vários anos, aponta para uma idade […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.