Astronomia e Arte

Muitas vezes, diferentes áreas do conhecimento intersectam-se.

Vejam estes exemplos onde temos a pintura e a astronomia a ligar-se de uma forma que se calhar não estava nos planos do artista.

Vem isto a propósito desta pintura, A Noite Estrelada (The Starry Night), que foi produzida de memória por Vincent van Gogh em 1889.
starry night
Há quem diga que olhando para a pintura acima se percebe perfeitamente as semelhanças entre algumas partes da pintura com imagens astronómicas actuais; como por exemplo, a Whirlpool Galaxy, e a estrela V838 Monocerotis. Dêem uma olhada às imagens e vejam se concordam:
m51
V838
A pintura foi inspiração para a canção “Starry, Starry Night” do Don McLean.
Podem ver aqui a letra da canção, com tradução. E um vídeo com a canção, e os trabalhos de van Gogh, incluindo a pintura referida:

Outro exemplo é o nascer da Lua de Paul Klee em 1915:
2483big

5 comentários

2 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Daisy Queiroz on 20/03/2013 at 23:40
    • Responder

    Adorei este site. Esta matéria será útil para trabalhar releitura com crianças pequenas sobre as estrelas.

    muito obrigado

  1. O rigor técnico da astronomia (ângulos, iluminação, tamanhos relativos, formas, etc) é usado por alguns artistas…

    Gostaria que se explore muito mais o tema da Astronomia e da Arte:

    International Association of Astronomical Artists
    http://iaaa.org/

    The IAAA was founded in 1982 by a small group of artists who journeyed through the fascinating but seldom trod territory where science and art overlap.

    From these pioneering astronomical artists (unlike their colleagues in science fiction and fantasy, with whom they are sometimes confused by the uninitiated), a firm foundation of knowledge and research is the basis for each painting.

    Striving to accurately depict scenes which are at present beyond the range of human eyes, they communicate a binding dream of adventure and exploration as they focus on the final frontier—space.

    Since its founding, the IAAA has grown to number over 130 members, representing twenty countries

    Depois há também o Alan Bean:
    http://www.alanbeangallery.com/

    E o Alexei Leonov:
    http://spacearttribute.blogspot.com/2006/03/cosmonauts-as-artists.html

    E o Pat Rawlings (que conheci pessoalmente em Houston em 1985):
    http://www.patrawlings.com/default.cfm

    Por outro lado, a influência de Chesley Bonestell é muito profunda:
    http://en.wikipedia.org/wiki/Chesley_Bonestell

    Alguns exemplos:
    http://www.google.com/search?q=Chesley+Bonestell&hl=pt-PT&rls=com.microsoft:pt&prmd=ivnso&tbm=isch&tbo=u&source=univ&sa=X&ei=4vMTTpvsK8W3hAeN4vTxDQ&ved=0CDkQsAQ&biw=1440&bih=733

    Gosto deste:
    http://bp2.blogger.com/_j3aL8VKjvDQ/R7BFrzd5cHI/AAAAAAAAAFg/REtCpNbGps4/s1600-h/Painting+3.jpg

    • Isabel Marreiros on 07/05/2011 at 16:51
    • Responder

    O tema fascina-me, a arte e a ciência, para mim andam de mãos dadas, se os Homens primitivos tivessem tido acesso a ver a beleza dos céus, o espetáculo maravillhoso de infindável beleza que é o pormenor dos corpos celestes que coabitam connosco no imponente Universo, decerto que as cavernas estariam repletas de desenhos de nublosas, galáxias em aspiral e tantas outras formas que dançam por aí no espaço.
    Muito bonita e misteriosa esta pintura do Van Gogh “A noite estrelada”, adoro 🙂

    • Joaquim Sequeira on 22/04/2011 at 18:19
    • Responder

    Não poucos astrónomos modernos e antigos foram atraidos para o estudo e ciência pela estranha e desafiadora beleza da natureza e dos céus. Ambas são formas humanas de questionar o universo e a nossa posição nele.
    E são de facto Inseparáveis.
    Parabéns por esta janela que aqui abriram.

  2. googleartproject.com…

    Site de referência:
    http://www.googleartproject.com/

  1. […] prefiro imaginar que Van Gogh observou os ecos da luz dessa misteriosa estrela moribunda, a milhares de anos-luz de distância, mesmo que o Tempo e o […]

  2. […] falei desta pintura famosa, aqui. A pintura, A Noite Estrelada (The Starry Night), foi produzida de memória por Vincent van Gogh em […]

Responder a Carlos Oliveira Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.