Uracilo e Xantina

Duas moléculas precursoras do ADN e ARN, tão cruciais às formas de vida terrestres, o uracilo e a xantina, foram identificadas no interior do meteorito de Murchison, que caiu na Austrália em 1969.
A origem extraterrestre das moléculas foi demonstrada com a presença de um isótopo de carbono na sua composição que só poderia ter sido formado no espaço.

Esta descoberta reforça a ideia de que as componentes fundamentais para a vida poderiam ter sido depositadas na Terra primordial por meteoritos e cometas e chama a atenção para a importância e complexidade da química interestelar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.