Rosa Doran e Hands-On Universe

Rosa Doran

Em Agosto de 2007 foi notícia no Sol online que a Rosa Doran é a responsável pela reestruração a nivel mundial do projecto “Hands-On-Universe”:
“O plano de reestruturação deste projecto, que pretende levar para as escolas uma nova abordagem no ensino e aprendizagem da Astronomia, baseada nas novas tecnologias, será apresentado hoje no II Congresso Europeu de Ciências Planetárias, a decorrer em Potsdam, Alemanha, até sexta-feira.
«O HOU nasceu nos EUA há cerca de uma década e tem actualmente 20 países que funcionam cada um por si, de forma algo caótica e anárquica. A minha missão é estruturar e uniformizar o projecto a nível mundial, numa associação que se chamará ‘Global Hands-On Universe’, e que vai nascer em Portugal até ao final do ano», afirmou à Rosa Doran, encarregue deste projecto há cerca de um mês, na conferência anual do HOU realizada em Tóquio.
Esta reestruturação irá decorrer durante o próximo ano, de forma a permitir o desenvolvimento de projectos comuns aos vários países participantes a tempo do Ano Internacional da Astronomia 2009, e a aumentar o número de membros da organização até aos «cem países em sete anos».
O HOU (http://www.pt.euhou.net) pretende fazer renascer o interesse pela ciência e pela cultura científica recorrendo a ferramentas interactivas que permitam às escolas obter, por elas mesmas, imagens e dados astronómicos, e que vão «desde uma simples webcam, devidamente adaptada, ao controlo remoto de telescópios, através da Internet».
«O nosso objectivo é facilitar uma cultura científica e que o ensino e a aprendizagem das ciências nas escolas sejam tão contagiosos como um vírus», disse Rosa Doran, salientando que em Portugal «já receberam formação 50 professores, alguns dos quais já estão a formar outros», e que «em vários países europeus, há docentes que já estão a formar parcerias com escolas».
«O mais importante é ensinar os docentes a usar recursos que já existem na Internet», afirmou, salientando que «mais de uma centena de recursos está já na Internet à disposição das escolas para facilitar o ensino mas para isso é importante haver professores treinados que saibam onde procurar e como usar essas ferramentas».
Em Portugal, já há projectos científicos apadrinhados pela organização, alguns orientados por cientistas, a decorrer em escolas, nomeadamente a Escola Secundária Cidadela e a Escola EB 2/3 Matilde Rosa Araújo, ambas em Cascais, e a Escola Secundária Fernando Namora, na Amadora.
Entre os projectos do ‘Global Hands-On Universe’ está ainda a criação de um jogo on-line, o ‘Universe Quest’, no qual os jogadores poderão formar equipas internacionais para jogar em rede e fazer descobertas científicas reais.
«São postas várias questões aos participantes e cada uma delas é um desafio científico orientado por um mentor que é um cientista mas, para chegar lá, os concorrentes vão ter de passar vários níveis e ser obrigados, por exemplo, a aprender hábitos e costumes de meninos de outros países», explicou.
O HOU está actualmente dividido em cinco centros de coordenação de actividades na América do Norte (Berkeley, Califórnia), Europa (Paris), Pacífico (Pequim), África (Quénia) e América do Sul (que irá funcionar brevemente no Brasil).”

Agora, o NUCLIO irá receber em Lisboa, divulgadores e educadores de astronomia de diversas partes do mundo.
O evento será de 14 a 23 de Julho, e terá um ênfase especial no Ano Internacional da Astronomia 2009.
As inscrições para este evento terminam hoje (!! apressem-se!), a 30 de Junho. Professores portugueses têm um desconto de 50%.
Podem ler mais sobre isto, aqui.
Hands-On

1 ping

  1. […] 85 – Rosa Doran. […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.