IAC 2008

De 29 de Setembro a 3 de Outubro de 2008 realiza-se o 59º Congresso Internacional de Astronáutica, em Glasgow, na Escócia, com o tema “From Imagination to Reality”. Consultem o programa.
iac 2008

O frio abunda e os dias são cinzentos.
As pessoas conduzem e bebem whisky em simultâneo, para se manterem quentes.
O espaço onde decorre o congresso é bastante agradável.
IAC venue

No programa deste ano, realça-se um novo Simpósio relacionado com espaço e empreendorismo.
A Vera também chama a atenção para a apresentação de John Logsdon (especialista em astropolitica e editor do Astropolitics) sobre os desafios na área espacial que se colocarão ao novo presidente norte-americano.

No primeiro dia do Congresso houve uma magnífica cerimónia de abertura. Foi apresentada por um astronauta da NASA que é escocês. Ministros da Educação e da Ciência estiveram presentes. O Primeiro Ministro Britânico fez uma declaração sobre o assunto. Houve também muita boa música (incluindo as inevitáveis gaitas de foles), raparigas a dançar, e copos de whisky à saida (para aquecer a caminhada para o hotel).

Em termos de apresentações houve algumas muito boas, sendo que o grande problema é serem em simultâneo (como é normal em congressos internacionais bastante participados).
Um ponto negativo é não darem um CD com os artigos apresentados (como boa portuguesa, a Vera lá conseguiu dar a volta ao esquema!) 😀

A zona de exposições é magnífica.
A Proespaço está num pequeno stand em que tem referências às várias empresas portuguesas. Nada de especial….
Também apareceu a Companhia Espacial Portuguesa na pessoa do seu representante, Dinis Ribeiro. Não lhe consegui foi encontrar o site…
ESA, Coreia do Sul, Itália, Grã-Bretanha, Virgin, são provavelmente os maiores stands presentes.

Existem também grandes espaços para descanso.
Até existe um simulador de viagem a Marte, que os delegados podem usufruir gratuitamente!

O congresso começou relativamente bem.
Se houvesse um IAC em Portugal, pelo menos as condições atmosféricas seriam muito melhores!!

Leiam este artigo do repórter da BBC, Paul Rincon, sobre este congresso.
Vejam algumas informações.
Este foi o vídeo usado pelo IAC para promover o Congresso. Podem ver a Escócia, várias coisas apetecíveis para ver e visitar, e quase no fim podem ver as raparigas a dançar.

Uma semana dedicada ao Espaço, uma oportunidade para ficar a par das últimas novidades na área, de conhecer pessoas novas e rever velhos conhecidos.

O congresso, subordinado ao tema “From Imagination to Reality”, introduziu um novo simpósio relacionado com terminologia espacial. Para mim, este ano o Simpósio de Space and Society (o simpósio que mais interessa aos astropoliticos) foi bastante interessante. Inclusive, foram apresentados alguns papers sobre as eleições americanas de Novembro próximo.

A cerimónia de abertura foi sem sombra de dúvida, inesquecível! Um espectáculo de multimédia sempre presente, dança, música, tudo em torno do espaço.
A exposição patente, foi, pela primeira vez desde que participo no IAC, aberta ao público. Apesar de no ano passado em Hyderabd a exposição ter ocupado mais metros quadrados, penso estar a ser justa ao dizer que este ano teve mais qualidade. De realçar o rover marciano, um simulador de viagens espaciais, e o stand da Virgin.

Portugal fez-se representar pela Proespaço na exposição e foram apresentados alguns papers de engenheiros portugueses que trabalham na indústria espacial portuguesa.
De realçar que o prémio Luigi Napolitano, atribuido anualmente pela IAF ao Empreendedor do Ano, foi ganho por um Português: Bruno Carvalho da Active Space Technologies.
certificado

Para o ano, o IAC ocorrerá na Coreia do Sul que esteve presente em Glasgow para divulgar e promover o 60º Congresso Internacional de Astronáutica.
Para o ano, se tudo correr bem lá estarei!

1 comentário

1 ping

  1. Foste a representante do astroPT 🙂
    ehehehee 🙂

  1. […] – Vera Gomes: IAC 2008. Câmara […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.