Cometa Lulin

cometa Lulin
(Crédito: Gregg Ruppel)

Está a chegar um novo cometa aos nossos céus!
É um cometa verde e com uma cauda estranha.
O cometa Lulin estará o mais próximo da Terra a 24 de Fevereiro.
Por esses dias, poderá ser visto a olho nú em áreas sem poluição luminosa.

Podem também ver esta foto da APOD:
lulin big
E esta:

Esta foto foi captada por um telescópio SWIFT. Normalmente esse telescópio segue fontes de raios gama distantes, mas, desta vez, seguiu o cometa Lulin. Contrariamente ao verde familiar aos astrónomos amadores, esta imagem de cores falsas mostra algo não visível à  vista desarmada. Mostra uma notória emissão de raios-X do cometa virado para o Sol, enquanto que do lado oposto se verifica uma intensa emissão de radiação ultravioleta. Essa radiação provém da molécula OH derivada da quebra da molécula de água, o que indica que este cometa é bastante rico nessa molécula. Estima-se que o cometa está a libertar água numa quantidade equivalente a uma piscina olímpica a cada 15 minutos..
Não se esqueça que quando estiver a observar o cometa, e se sentir com sede… pense naquela água toda. 😀


Vamos ter a hipótese de poder apreciar um cometa que se espera ser visível à vista desarmada em breve … de nome Lulin. Parece que se trata da primeira visita ao interior do Sistema Solar derivado da sua órbita hiperbólica.

Para saber onde encontrar o cometa visite este site.
céu

A 24 de Fevereiro, o Lulin teve a sua maior aproximação à Terra.
Podem, e devem, vê-lo num sítio escuro, através de binóculos.
O cometa está pertinho de Saturno, mesmo ao lado, e abaixo da constelação de Leão.
Vejam algumas imagens do cometa, aqui.
Vejam um vídeo do João Pereira, aqui.
Vejam este pequeno mapa do céu, do blog do Zé Matos:
lulin ze matos chart
E vejam estes 3 mapas que enviei para os meus alunos, de modo a todos nós podermos descobrir o cometa no céu:
lulin-wholesky
lulin-24feb-saturn
lulinmap


Esta espectacular imagem mostra-nos o cometa Lulin e o senhor dos anéis. O cometa Lulin encontra-se a “caminho” do enxame da colmeia – M44 e da impressionante nebulosa do esquimó. Estejam atentos ao céu!


O cometa do momento – Lulin – e o belo Saturno!


Uma imagem impressionante da qual se pode ver do lado esquerdo da “cabeça” do cometa as galáxias NGC 3016, NGC 3019, NGC 3020 e NGC 3024 a cerca de 100 milhões de anos-luz! As exposições da foto foram feitas em finais de Fevereiro quando o cometa estava a cerca de 3,6 minutos-luz da Terra.

4 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • marta sampaio on 09/12/2011 at 17:46
    • Responder

    Ola todos os dias vejo este cometa…..é lindo …..obrigada por as informaçoes….e os meus parabens….!!

  1. Maria, obrigado pelas suas palavras. Contudo, salvo erro, em breve será visível a olho nu mas nada de tão vistoso como foi o McNaught (teve um fabuloso "display" no Hemisfério Sul) ou como o cometa Holmes.

    Aqui pode ver o mapa por onde o cometa irá passar: http://spaceweather.com/comets/lulin/findercharts

    presumo que já conheça algumas constelações… será de todo conveniente para conseguir interpretar esse mapa. Alguma dúvida esteja à vontade. Estamos aqui para ajudar a responder a questões sobre esta matéria.

  2. Olá Maria,

    Obrigado pelas suas palavras.

    Sim, uns binóculos são suficientes.

    O cometa está pertinho de Saturno – mesmo ao lado.

    e perto da constelação de Leão.

    • Maria Figueiredo Sil on 24/02/2009 at 12:39
    • Responder

    Em primeiro lugar quero dar-lhe os parabéns por este blog. Além de esteticamente muito bonito ainda tenho aprendido imensas coisas…Obrigada.:)

    Tb lhe quero perguntar em que sítio do céu e a que horas poderei ver este cometa. Acha que uns binóculos serão o suficiente?

    Mais uma vez obrigada.

  1. […] – Cometas. História. Halley. Lulin. Lovejoy. Hartley 2. Garradd. Asteróides. Ameaça. Apophis. Desviar. Passagem. Lutécia com muitas […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.