Visão da NASA

Há 2 semanas atrás fui a uma Conferência sobre Liderança, em que o ponto alto foi uma palestra do Gene Kranz.
Gene Kranz foi o director de controlo das missões Gemini e Apollo.
Ficou famoso por manter a calma e pelas decisões tomadas de modo a trazer a tripulação da Apollo 13, sã e salva, de volta à Terra.
As mensagens principais dele é que é preciso liderar, pensar grande, correr riscos, confiar, arriscar!
Dizia ele que a NASA tinha perdido essas qualidades, com tanta segurança e só fazer as coisas pela certa.
Dizia ele que sem arriscar, não se anda realmente para a frente, não se faz coisas grandiosas.
Aposto que ele não gosta nada destes adiamentos do vaivém espacial!
Se tivessem tantos preciosismos de segurança nas missões Apollo, ainda não tinhamos ido à Lua!
Lembremo-nos por exemplo que a Apollo 12 foi à Lua, apesar de no lançamento, ainda em Terra, levar com 2 relâmpagos em cima!
São missões de alto risco, mas são riscos justificados e percebidos por quem se voluntaria para estas missões.

Aldrin, Cernan, Armstrong, etc, pensam exatamente o mesmo!

A NASA está-se a tornar uma “florzinha de cheiro”; assim não vai a lado nenhum!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.