Boletim em Órbita nº 91 (Edição Especial)

Microsoft Word - Em Orbita 91 Agosto de 2009 _Especial_.doc

A conquista da Lua foi uma das maiores aventuras da Humanidade que continua a marcar gerações. A aventura dos doze astronautas que pisaram o solo lunar marcou o culminar de um esforço e de uma corrida entre duas super-potências que ‘lutavam’ no espaço pela hegemonia numa guerra que se dizia fria.
Porém, mesmo 40 anos após as primeiras explorações lunares, ainda existem pessoas que duvidam de que alguma vez o Homem tenha caminhado sobre o nosso satélite natural. Movidos por motivos económicos, um punhado de autores tenta mostrar através de falsos argumentos, contra-argumentações ignóbeis e teorias idiotas, que uma das maiores aventuras da Humanidade não passou de uma conspiração bem elaborada.
Quando as actuais fotografias obtidas pela LRO não passam para estas pessoas de mais uma tentativa por parte da NASA de encobrir a fraude, está à vista de todos qual é o propósito destes iluminados.
O Boletim Em Órbita apresenta no seu nº 91 um excelente trabalho de Carlos Oliveira no qual este educador científico mostra os principais argumentos dos denominados ‘conspiracionistas’ e apresenta as falácias dos seus argumentos mostrando ao leitor os seus verdadeiros objectivos.

Entrem no site do Boletim Em Órbita, clicando aqui.
Façam download e leiam esta fantástica edição, clicando aqui.
Ou vejam esta edição aqui no astroPT, através do ISSUU:

9 comentários

11 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. boa noite

    achei engraçadíssimo ler de você, que aparentava ser tão cético, a dependência do serviço secreto russo para provar o “maior feito tecnológico da humanidade”.

    só isso.

    1. Obviamente, leu mal.

      Sugiro que leia de novo todas as provas que existem para a ida à Lua.

      Obrigado.

  2. Ainda hoje continuamos a receber perguntas sobre a suposta conspiração porque as pessoas acreditam mais depressa em 3 ou 4 blogueiros que escrevem o que lhes apetece, do que em todas as provas, incluindo de milhares de astrónomos amadores e dos serviços secretos (KGB) soviéticos… 😛

    • Jorge de Freitas on 26/01/2013 at 02:01
    • Responder

    Assisti um video que questiona a dificuldade que os astronautas teriam para atravessar o cinturão de radiação de Van Allen. Esta dificuldade procede? Você pode postar alguma coisa sobre o assunto? Obrigado!

    1. Tem que ler a revista… está lá a resposta a essa pergunta 😉

      Não existe grande problema, porque é rápido. Mesmo assim eles passam pela zona mais fina do cinturão.

      Os astronautas na estação espacial internacional recebem mais radiação porque é por um período mais largo de tempo.

      abraços

    • Jorge de Freitas on 26/01/2013 at 00:10
    • Responder

    Não consegui baixar o arquivo dá erro http://www.zenite.nu/cgi-bin/orbita/orbpdf.pl?file=Em_orbita.zip
    Se possível gostaria de recebê-lo por e-mail. Grato!

    1. Não precisa baixar. Basta lê-lo aqui.

      abraços

    • Carlos Oliveira on 08/08/2010 at 16:58
    • Responder

    Já agora, para juntar às muitas referências que constam no documento, cá fica mais uma:
    http://zeca.astronomos.com.br/afraudedafraude/afraudedafraude.htm

  1. […] (com a advertência de “Perigo, que nunca mais retornemos a esta ignorância”), as conspirações serão inexistentes, a religião tem nesse ano 2000 um papel totalmente secundário (mais ninguém […]

  2. […] falaram de várias ideias da pseudociência, sobretudo a conspiração do Homem não ter ido à Lua. O filme mostra claramente, para mim, que essas ideias são fruto da ignorância e da estupidez das […]

  3. […] que explica tudo (incluindo reflexões, provas, conspirações, etc) sobre a ida do Homem à Lua, aqui. Leiam os nossos artigos sobre as Missões Apollo, […]

  4. […] ideia de conspiração nas Missões Apollo não faz qualquer sentido. Recomendo vivamente a leitura deste trabalho de quase 40 páginas. Leiam todas as explicações, […]

  5. […] fez milhões de dólares. Tal como em outras conspirações (anti-vacinas, cometa Elenin, 2012, ida à Lua, fim do mundo, etc), os conspiradores mentem, inventam cenários em que o […]

  6. […] Humanas à Lua: Kennedy. Missões Apollo. Módulos. Apollo 11. Aldrin. Cernan. Provas. Farsa. Em Órbita. Carlos Oliveira. MythBusters. Conspirações. Tabloides. Astronautas. Documentários. Filmes. […]

  7. […] Sobre os argumentos dos conspiradores, um a um foram explicados e refutados neste documento com cerca de 40 páginas. […]

  8. […] a ida à Lua, está tudo respondido nesta revista. Mas será que alguém vai ter o descaramento de dizer que esta imagem é […]

  9. […] felizmente só 7% acreditam na parvoíce que a ida à Lua foi uma encenação. Mesmo assim, são mais de 20 milhões a acreditar na […]

  10. […] Neste documento já explicamos as provas de que fomos à Lua e desmontamos todos os argumentos conspirativos. Após verem o vídeo abaixo, deverão novamente ler este documento. […]

  11. […] Boletim em Órbita nº 91 (Edição Especial) […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.