Filmes sobre 2012

Em 2009 saiu um espantoso filme sobre a Profecia para 2012!
O filme chama-se simplesmente 2012.
2012-movie

A premissa básica é que o mundo vai ser devastado por uma série de cataclismos naturais (tempestades solares, tsunamis, terramotos, vulcões, etc), e os sobreviventes têm que fazer pela vida.
Tal como em filmes similares, este terá pouca ciência, basear-se-à  em pseudo-ciência e no medo, concentrar-se-à  na história de umas poucas pessoas, e terá espantosos efeitos especiais.
Se querem estragar o filme, leiam a história aqui.
Vejam aqui o site oficial.
2012-poster

Fui ver o filme 2012, a 17 de Novembro de 2009.
Simplesmente fenomenal! Espectacular!! Recomendo vivamente!!!

A história é demasiado simples e catastrófica, como noutros filmes do mesmo realizador, e com demasiados “buracos” para ser considerada minimamente razoável.
A ciência exposta é ridícula, e com tantas falhas que a lista é demasiado grande para se colocar aqui! (ficou-me na retina, os dinossauros morrerem há… espantem-se… 600 mil anos. Está visto que ninguém lê livros… ou então não sabem contar zeros)
Não gostei também do final. Os actores mais importantes, sobretudo a família, sobrevive. Já sei que é assim em todos os “filmes-catástrofe”, para dar esperança e fazer passar a mensagem da importância da família. Mas, para mim, é uma desilusão não haver surpresas.

Curiosamente, no filme, a Profecia Maia é falada esporadicamente. Não há um ênfase nela.
Já agora, segundo o filme, se querem sobreviver ao ano 2012, comecem a construir um iglo no topo do Evereste. É o único sítio que sobrevive à enchurrada.
E não se preocupem em levar roupa lavada. Vão ter muito tempo para lavar a roupa no tanque natural que, supostamente, será a Terra.

O melhor do filme são os efeitos especiais, que são… assombrosos!
O filme vale pelos efeitos especiais, e pelo entretenimento que proporciona.
E sendo que os filmes são feitos para entretenimento, então este filme é fabuloso!!!
Não o percam!

Mas claro que a exploração do clima de medo baseado na ignorância não se esgota neste filme. Outros existem sobre as profecias de 2012.

Um deles é o 2012 – The War for Souls, que sairá em 2010.
O filme é uma adaptação do livro do Whitley Strieber (o tal que diz que é raptado por ETs) que tem o mesmo título.
O Strieber diz que em 2012 uma raça de ETs reptilianos, chamados Dracos, invadirão a Terra (a partir de um universo paralelo) e destruirão as almas humanas! Supostamente eles têm tecnologia para separar o corpo da alma, e ao destruírem a alma, os humanos quando morrem não têm hipótese de ter uma vida após a morte. Isto claro, após escravizarem os humanos e se deliciarem com as almas humanas tão suculentas! Enfim…
Vejam o trailer:

Outro filme sobre este tema é o 2012: Doomsday, que saiu em 2008.
É uma versão cristã do fim dos tempos.
A 21 de Dezembro de 2012, 4 estranhos decidem fazer uma viagem de fé até um templo no México, onde o calendário Maia acaba precisamente nesse dia. A NASA apercebe-se que há uma mudança do campo magnético (mudança de pólo) o que provoca diversos cataclismos na Terra.
As críticas ao filme dizem que ele é mesmo muito mau! Horrível!
Vejam o trailer:

Depois de um filme péssimo em 2008, um excelente em 2009, e um ridículo em 2010, mal posso esperar pelos filmes que certamente vão inventar em 2011 e 2012, de modo a alimentar a ignorância, o medo, e a crendice pseudo, de grande parte das pessoas dos países ditos desenvolvidos.

3 pings

  1. […] mim, é um filme muito similar ao filme 2012. É um filme de catástrofe, excelente em termos de acção e de efeitos especiais. No entanto, a […]

  2. […] – Fim do Mundo: 2012: Profecia Maia. Documentário. Laser. NASA. Filmes. Rádio. Artigo. Palestra. Sagan. Matar pessoas. Consequências. Inscrição Maia sobre […]

  3. […] um filme baseado em ideias pseudo. Mas não. Adorei este filme. Também já tinha adorado o filme 2012, pelo entretenimento. Desta vez adorei mesmo pela história.A história do filme diz-nos que a […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.