Revolução sobre o início da Vida

chaminé negra

A ideia que a vida começou numa “sopa primordial” foi aceite pela comunidade científica nos últimos 80 anos. É isso que lemos nos livros.
deep sea vent
Afinal, num estudo revolucionário, parece que a conclusão é que a vida começou no fundo oceânico, a partir dos ingredientes/energia criada junto às chaminés negras. Leiam aqui.
smokers
Leiam também, aqui.

2 comentários

  1. Caro Sérgio Paulino,

    Obrigado pela correcção 🙂

    abraço!

    Carlos

  2. sciencemag.orgCaro Carlos Oliveira,

    De facto, a teoria a que se refere não diz respeito às fontes hidrotermais do tipo "black smoker", mas sim a estruturas semelhantes à fonte hidrotermal Lost City (ver http://www.sciencemag.org/cgi/reprint/301/5632/49…. Ao contrário das "black smoker", estas fontes são mais frias (a água circula a uma temperatura de cerca de 70ºC) e mantêm-se activas por muito mais tempo (Lost City está activa à dezenas de milhares de anos). Por outro lado, estas estruturas albergam uma série de minúsculas cavidades individualizadas por paredes ricas em compostos de ferro e enxofre, que, segundo esta teoria, poderiam ter catalizado algumas das reacções bioquímicas mais simples, criando gradientes e gerando sistemas pré-biológicos que mais tarde se poderiam ter individualizado em células de vida livre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.