Hawking avisa: não falem com ETs

Hawking

Como já tem feito no passado, Stephen Hawking tornou a dizer que os Humanos devem evitar contactar com extraterrestres.
E o João Lopes já escreveu este post sobre isto.

O astroPT, através do João Lopes, deu aqui a notícia, e fez muito bem.
O que eu não percebo é porque ontem, quer na rádio, quer na TV, fartei-me de ouvir a mesma notícia dezenas e dezenas de vezes, sem haver um contexto noticioso ou análise crítica da maior parte dos jornalistas.

Vamos lá por pontos:

1 – Stephen Hawking tem um novo programa no Canal Discovery. Nada melhor para a publicidade ao programa, do que dizer algo controverso. É uma manobra de marketing perfeitamente normal, em que só “cai quem quer”.

2 – Esta ideia do Hawking não é novidade. Ainda ontem colocamos este debate, em que ele diz exactamente a mesma coisa! E foi há mais de 20 anos atrás!

3 – Já várias pessoas vieram cientificamente dar o contexto astrobiológico à opinião do Hawking: seja o Carl Sagan no debate atrás referido, seja o Seth Shostak para alguns amigos, seja o Journal of Cosmology, seja o John Millis, seja até outros cientistas na TV.

Visit msnbc.com for breaking news, world news, and news about the economy

4 – Ele não diz só esta frase bombástica. Eles diz muitas outras coisas que podem passar despercebidas…

Ionline:
“Para o mais famoso cientista do mundo, Stephen Hawking, os extraterrestres existem e os humanos devem evitá-los a todo custo.
(…)
garante ser “perfeitamente racional” assumir que existe vida inteligente além da Terra. Não só nos planetas, mas também no centro das estrelas e até a flutuar pelo espaço interplanetário.
(…)
Mas isso não são boas notícias, alerta. “Se os extraterrestres nos visitassem, as consequências seriam semelhantes às [que aconteceram] quando Cristóvão Colombo desembarcou na América, algo que não acabou bem para os nativos”.
(…)
Por isso, Hawking não tem dúvidas: os humanos têm que evitar contactar com eles. “Basta olhar o que ocorre connosco para ver como poderia transformar-se a vida inteligente em algo que não queriamos conhecer”. O cientista acredita que os extraterrestres iriam procurar recursos esgotados no seu planeta de origem e colonizar a Terra com consequências devastadoras. (…)”
Todo o artigo.

Público:
“Hawking avisa contra contacto com extraterrestres.
Há uma grande possibilidade de existência de vida fora da terra – mas os humanos fariam bem em evitar qualquer contacto com extraterrestres, defende o físico britânico Stephen Hawking.
(…)
“O desafio é perceber como é que estes extraterrestres serão realmente.””

BBC:
“Prof Hawking conceded most life elsewhere in the universe is likely to consist of simple microbes.
(…)
He said organisms could be present under the ice sheet that envelops Europa, one of Jupiter’s moons. ”

Daily Galaxy:
“(…) We are used to thinking of intelligent life, as an inevitable consequence of evolution, Hawking emphasized, but it is more likely that evolution is a random process, with intelligence as only one of a large number of possible outcomes.
Intelligence, Hawking believes contrary to our human-centric existence, may not have any long-term survival value. In comparison the microbial world, will live on, even if all other life on Earth is wiped out by our actions. Hawking’s main insight is that intelligence was an unlikely development for life on Earth, from the chronology of evolution: “It took a very long time, two and a half billion years, to go from single cells to multi-cell beings, which are a necessary precursor to intelligence. This is a good fraction of the total time available, before the Sun blows up. So it would be consistent with the hypothesis, that the probability for life to develop intelligence, is low. In this case, we might expect to find many other life forms in the galaxy, but we are unlikely to find intelligent life.”
Another possibility is that there is a reasonable probability for life to form, and to evolve to intelligent beings, but at some point in their technological development “the system becomes unstable, and the intelligent life destroys itself. This would be a very pessimistic conclusion. I very much hope it isn’t true.”
Hawkling prefers another possibility: that there are other forms of intelligent life out there, but that we have been overlooked. If we should pick up signals from alien civilizations, Hawking warns,”we should have be wary of answering back, until we have evolved” a bit further. Meeting a more advanced civilization, at our present stage,’ Hawking says “might be a bit like the original inhabitants of America meeting Columbus. I don’t think they were better off for it”.”

Daily Galaxy:
“”there ought to be many other stars, whose planets have life on them. Some of these stellar systems could have formed 5 billion years before the Earth. So why is the galaxy not crawling with self-designing mechanical or biological life forms?”
“I discount suggestions that UFO’s contain beings from outer space. I think any visits by aliens, would be much more obvious, and probably also, much more unpleasant.”
Maybe the probability of life spontaneously appearing is so low, that Earth is the only planet in the galaxy, or in the observable universe, in which it happened. Another possibility is that there was a reasonable probability of forming self reproducing systems, like cells, but that most of these forms of life did not evolve intelligence.”
We are used to thinking of intelligent life, as an inevitable consequence of evolution, Hawking emphasized, but it is more likely that evolution is a random process, with intelligence as only one of a large number of possible outcomes.
“It took a very long time, two and a half billion years, to go from single cells to multi-cell beings, which are a necessary precursor to intelligence. This is a good fraction of the total time available, before the Sun blows up. So it would be consistent with the hypothesis, that the probability for life to develop intelligence, is low. In this case, we might expect to find many other life forms in the galaxy, but we are unlikely to find intelligent life.”
Hawkling prefers another possibility: that there are other forms of intelligent life out there, but that we have been overlooked. If we should pick up signals from alien civilizations, Hawking warns,”we should have be wary of answering back, until we have evolved” a bit further. Meeting a more advanced civilization, at our present stage,’ Hawking says “might be a bit like the original inhabitants of America meeting Columbus. I don’t think they were better off for it.””

Scientific American.

Guardian.

5 – Como se pode ver pelos pequenos excertos anteriores, sobretudo em inglês, ele diz várias coisas, e algumas delas bastante acertadas!

6 – Na parte do excerto em causa, quem me conhece sabe que não concordo com ele nem um bocadinho. Tenho a mesma opinião de Sagan e muitos outros cientistas, que pensam que dizer-se que os ETs nos vêm conquistar é um perfeito disparate. Podem ver nos vídeos anteriores algumas das razões para isso.

7 – No entanto, é preciso não ser extremista no pensamento. Será que a frase está totalmente errada?
Se há ETs inteligentes que até conseguem fazer viagens interestelares, então serão muito mais avançados que nós tecnologicamente.
Sendo assim, mesmo que não venham com o objectivo de nos conquistar (seria como um humano estar obcecado com conquistar uma formiga…), o facto é que o simples contacto poderá levar ao fim da nossa civilização. Não só a uma extinção cultural, mas a uma extinção de facto, uma extinção biológica. Eles serão tão diferentes de nós, que, por exemplo, nós não temos anti-corpos contra as bactérias que eles trarão, as doenças que transmitem, ou os vírus que se desenvolveram simultaneamente à sua evolução. Ou seja, os ETs avançados poderão nos dizimar, inadvertidamente, sem terem culpa nenhuma. Afinal, foi isso que aconteceu na maioria dos casos quando Colombo encontrou os Nativos Americanos, tal como nos assegura Jared Diamond. E nisso, Hawking tem toda a razão!

8 – Ou seja, eu posso não concordar nada com quem tem a opinião que os ETs nos vêm conquistar, mas é preciso perceber que pelo menos uma das razões para o medo de um contacto com extraterrestres, tem razão de ser, e levará ao dizimar da humanidade, mesmo que seja inadvertidamente.

9 – Por fim, ouvi ontem numa rádio aqui, um ouvinte a telefonar para lá e a dizer que se o doutor Hawking disse isso, e ele é tão inteligente, então é porque é verdade que eles nos vêm conquistar, e isso será em 2012, como previram os Maias. Tive que contar até 10 para não começar aos insultos virado para o rádio…

9 comentários

4 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Michael Shermer contrapõe a Hawking e diz que não temos que ter medo dos ETs:
    http://www.scientificamerican.com/article.cfm?id=the-myth-of-evil-aliens

  2. Um artigo interessante na Scientific American:
    http://www.scientificamerican.com/article.cfm?id=the-myth-of-evil-aliens&WT.mc_id=SA_DD_20110519

  3. Já agora, no século 18, Gottfried dizia a mesma coisa, e usava o mesmo exemplo (os Espanhóis na América no século 16).

  4. Curiosamente, o famoso Jared Diamond também é da mesma opinião que o Hawking:
    http://blogs.discovermagazine.com/gnxp/2010/04/the-aliens-are-out-to-get-us/

  5. Vejam todo o episódio, aqui:
    http://www.astropt.org/2010/05/01/extraterrestres-de-hawking/

  6. Só para adicionar mais uma informação 🙂

    O principal problema, o que matou mais nativos , não foram as doenças entre humanos, mas sim quando os “amigos do Colombo” trouxeram cavalos para este lado do Atlântico.
    Os cavalos é que foram os grandes portadores de doença, e os grandes responsáveis pelo dizimar de nativos
    😀

  7. Olá,

    Os ETs podem ser muito diferentes, mas terão certamente uma biologia, e toda uma “ecologia”, ou seja, vivem em conjunção com muitas outras formas de vida, incluindo unicelulares. Tal como nós.
    Nos filmes essa ideia não aparece, porque “não vende” :-). fazer um filme sobre um ET doente, era a mesma coisa que fazer um filme sobre a extinção de vários organismos unicelulares há 65 milhões de anos atrás. Ninguém iria ver. Já o Jurassic Park toda a gente foi ver 🙂

    Nós próprios aqui na Terra já tivemos montanhas de problemas com esses pequenos organismos que nos são transmitidos por outros animais de maior porte.
    Veja-se o caso da Peste Negra:
    http://pt.wikipedia.org/wiki/Peste_negra
    Já para não falar dos mais recentes surtos de “pandemias”, a que vão fazendo referência na TV nos últimos anos… chamadas “gripe dos (escolha o animal)” 😛 … mas que não afectou muita gente, como se esperava.

    abraço!

    1. Exato, não existe nenhuma série chamada “House Estraterrestre”, mas ninguém deixa de assistir “Game of Thrones” ou outros, é engraçado, minha mãe uma vez me disse que a população passa por “fases”, como, por exemplo, quando ela era menor era moda a guerra, não me pergunte o porque, mas se pensarmos bem, hoje em dia também estamos em uma fase, a fase de “Consumir, consumir e consumir”, que não pensa, hoje, em ter uma ceia de fartar até a mesa, ou possuir todos os filmes, seja eles de seu interesse ou não, quem não iria dizer “sim” para alguém que lhe oferecesse um carro, se fosse sorteado, e que gostaria de saber se queremos concorrer ou não, quem não pensa em ter, ao invés de ser?

  8. Correndo o risco de falar idiotice, mas… Os ameríndios e os europeus eram humanos e por isso mesmo a transmissão de doenças foi facilitada. Acho que ainda não fomos dizimados por algum virus transmitidos por polvos ou lulas. 😉

    Fora isso, não existe garantia de que os ETs sejam microorganismos loucos por um hospedeiro ou um ser inteligente com o mesmo DNA que os humanos.

    Até acredito na existência dos ETs, mas como você disse, duvido que sejam seres obcecados em destruir o nosso formigueiro. 🙂

  1. […] também sobre as opiniões mais recentes de Hawking no AstroPT: Hawking avisa: não falem com ETs, Extraterrestres de Hawking e Viajar no Tempo com Stephen […]

  2. […] – Astrobiologia: Mensagens. Detectar e Contactar ETs. Sinal WOW. Hawking. Palestras. Paradoxo de Fermi (simulação de computador, sem solução). Sagan. Dentro de Buracos […]

  3. […] que provou que Deus não existe ou quando defendeu que nos deveríamos manter silenciosos porque existe o perigo dos extraterrestres nos invadirem. São “notícias” que se provam como completamente erradas e contra o pensamento […]

  4. […] que sabem da nossa existência e se aproximarem da Terra? Isto foi o que o cientista britânico Stephen Hawking alertou no domingo passado. Mas como poderiam efetivamente os alienígenas invadir a […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.