Alexandre Aibéo vence primeira edição do FameLab

foto

Professor e doutorado em astronomia, Alexandre Aibéo venceu ontem a primeira edição do concurso FameLab, dedicado à comunicação da ciência, ultrapassando nove investigadores. O concurso propunha aos cientistas fazerem uma apresentação sobre um tema de ciência em três minutos e sem recurso a meios informáticos ou tecnológicos. O vencedor, Alexandre Aibéo, terá agora a oportunidade de representar Portugal na finalíssima do FameLab, em Londres, Reino Unido.

Ontem, os dez finalistas apresentaram, em três minutos e recorrendo a técnicas formais tão criativas como a rima ou a inscrição de imagens na roupa, temas tão variados como os problemas dos antibióticos, dos produtos naturais, as vantagens das espécies de esponjas ou as teorias de Newton.

Alexandre Aibéo apresentou um tema dedicado à astronomia, área do seu doutoramento, iniciando a sua apresentação com a pergunta de uma criança de seis anos: “Como se fazem as estrelas?”.
Com 34 anos, há já quase 14 que dedica parte do tempo em apresentações de temas científicos e afirma que “ainda é difícil” fazer com que “as pessoas fiquem com brilho no olhar e que vejam as coisas de maneira diferente”.

“Quando estamos a comunicar ciência o que queremos é que a ciência salte para o público e ver o público com o olhar de uma criança de seis anos, curiosa. É disso que precisamos, como povo: de uma revolução de mentalidades. Essa revolução passa pela cultura científica”, afirmou.

Ler o resto da notícia.

2 comentários

1 ping

  1. Um prémio bem merecido para um excelente comunicador. Parabéns Alex!!!

  2. Pode-se ser bom cientista e mau comunicador ou vice-versa. Ser bom cientista e bom comunicador é algo de muito importante para que se possa divulgar a ciência ás camadas mais novas e assim as incentivar a seguir os passos da própria ciência.

  1. […] a ilustração ficou a cargo de Pedro Aibéo. Alexandre Aibéo é doutorado em Astronomia, e foi o vencedor da primeira edição do FameLab. Pedro Aibéo é arquitecto, engenheiro civil, músico e produtor de peças de […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.