França contra escorpiões

scorpio

Há 2 anos atrás, escrevi este post sobre o Euro 2008.
Na altura, as notícias davam conta que: “Domenech escolhia quais os jogadores que deviam jogar e qual o sistema táctico da equipa em função das… posições dos astros!! Sim, o Domenech acredita na astrologia a esse ponto!! Por exemplo, jogadores do signo Escorpião não seriam considerados pelo Domenech, assim como Leões na defesa não eram confiáveis para ele.”
Esta crença infundada na pseudo-ciência, teve um resultado claro: a França acabou o Euro 2008 com 3 jogos, 1 ponto, 1 golo marcado e 6 sofridos.
A burrice das crenças astrológicas, dá nisto…

Além das crenças astrológicas, Domenech recorre às cartas de Tarot para decifrar as personalidades dos futebolistas…

Faz-me lembrar as histórias sobre o seleccionador português no Mundial 2002 (Coreia do Sul / Japão), que era bastante supersticioso, e espalhava alho no balneário, entre outras coisas. O resultado foi um desastre português nesse Mundial.
E é melhor nem falar dos bruxos apalhaçados que por vezes aparecem no futebol nacional…

Mas voltemos à França…

Em 2009, a França do Domenech conseguiu a qualificação para o Mundial 2010, após um golo precedido de fora-de-jogo, e com a ajuda clara da mão de Thierry Henry, que deixou os próprios franceses envergonhados: “”Falta grave aos princípios morais e éticos da parte dos dirigentes desportivos e políticos franceses – é uma vergonha!”. É este, em resumo, o teor dos comentários da larga maioria dos analistas franceses, que hoje continuam a criticar duramente a forma como a França se apurou na quarta-feira para o Mundial-2010 de futebol na África do Sul.”

1 mês antes do Mundial 2010, Robert Pires, um dos melhores médios franceses (com raízes portuguesas) veio claramente dizer que não foi à selecção porque o treinador não gosta do signo Escorpião. Segundo Robert Pires: “O seleccionador pensa que os escorpiões não são bons para a selecção. Diz que não são boas pessoas e que não sabem conviver com os outros”.
Leiam em português, aqui, aqui, aqui, aqui, e aqui.
O certo é que Domenech não convocou qualquer nativo do signo Escorpião, tanto para o Mundial 2006, como para o Euro 2008, e para o Mundial 2010.

O resultado é claro: 3 jogos, 1 ponto, 1 golo marcado e 4 sofridos.
França cai no Mundial na fase de grupos, como última no seu grupo.

Curiosa é a lista de jogadores do signo escorpião que têm sido famosos e que NÃO seriam convocados por Domenech. Alguns exemplos: Pelé, Maradona, Luís Figo, Marco Van Basten, Mané Garrincha, Gerd Müller, Luis Fabiano, Rio Ferdinand, Paul Scholes, Zubizarreta, Papin, Laurent Blanc (defesa central Francês, campeão pela França em 1998), Schmeichel, Van der Sar… e até o treinador Luiz Felipe Scolari.

Domenech acha que as pessoas nascidas em determinado mês “não são boas pessoas”, “não são competentes”, e “não sabem conviver com os outros”. Curiosamente, segundo boa parte dos observadores franceses e desportivos, o Domenech “não é boa pessoa”, “não é competente”, e “não sabe conviver com os outros”. Até se recusou a apertar a mão do treinador contrário, Parreira.
Curioso, não?

1 comentário

1 ping

  1. Provavelmente, (seguindo a análise de videntes, bruxos e afins) a selecção francesa tem sofrido de mau olhado. 🙂

  1. […] – Desporto: Nelson Évora. Euro 2008. Mundial 2010. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.