Selvagens

No domingo, dia 18 de Julho de 2010, a seguir ao Jornal da Noite, a SIC transmitiu a Grande Reportagem, desta vez intitulada “Missão Selvagens“.
Esta reportagem, neste Ano Internacional da Biodiversidade, acompanhou a maior expedição científica portuguesa de sempre.

“Quase 80 cientistas juntaram-se, durante o mês de Junho, com o objectivo de retratar a biodiversidade das ilhas Selvagens. Nunca um número tão grande de biólogos tinha estudado, em simultâneo, as
espécies que vivem na zona entre marés, nas águas profundas e no ar do ponto mais a sul de Portugal.
Uns ficaram responsáveis por operar o robô submarino “Luso”, a bordo do navio “Almirante Gago Coutinho”. O ROV, se usarmos a sigla inglesa, é um veículo operado remotamente que pode descer até aos 6 mil metros de profundidade. Não foi necessário ir tão fundo nesta missão e mesmo assim foram recolhidas mais de 250 espécies em 5 mergulhos com o “Luso”.
Os biólogos que viajaram no navio “Creoula” desceram até aos 25 metros de profundidade, com escafandro autónomo, observando, fotografando e recolhendo exemplares.
Outros ainda assentaram arraiais em terra. Primeiro na Selvagem Pequena. Depois na Grande. Na zona entre marés foram recolhidas 2200 amostras.
Ao longo de quase um mês, os cientistas observaram paisagens de esponjas e corais, peixes de águas quentes, descreveram os fundos rochosos das Selvagens e fizeram novos registos de espécies para as ilhas. E nem sequer os problemas com o ROV desanimaram as equipas.
Todo o material recolhido será agora estudado em laboratório e as conclusões serão disponibilizadas à comunidade científica mundial.”
— jornalista Catarina Neves

No final da reportagem foi utilizada uma imagem do Miguel Claro, para comparar o Oceano com o Universo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.