Auroras: é hoje!!! 15 imagens de ontem

tom

Pensava-se que era no dia 3, como podem ler aqui. E foi. Chegou a 1ª CME do céu e iluminou as latitudes mais a Norte.
No dia seguinte, colocamos 25 dessas fotografias. Vejam aqui.
Pensava-se que dia 4 à noite chegava a 2ª CME (pelos vistos há 4 CMEs, “Tempestades Solares”, na nossa direcção), como podem ler aqui. No entanto, devido à imprevisibilidade das variáveis, como podem ler aqui e aqui nos comentários, pouco chegou. É certo que podemos prever melhor, como podem ler neste post, mas é necessário melhorar ainda mais as previsões.

O site do Spaceweather revelou estas imagens das auroras de ontem:

Ragnar Johnskås na Noruega:
ragnar
ragnar 1

Gunnar Lysel na Suécia:
lysel

Peter Rosén na Suécia:
peter

Michel Tournay no Canadá:
Tournay

Colin Chatfield no Canadá:
colin

Daniel Dube no Canadá:
daniel dube

Gunjan Sinha no Canadá:
sinha
sinha 1

Eric Coulombe no Canadá:
coulombe

Doug McLarty no Canadá:
doug

Tom Pinkerton no Minesota, EUA:
tom

Mike Hollingshead no Iowa, EUA:
Mike

Tom Luttrell, na Antárctica:
tom
tom 1

Jesper Grønne, na Dinamarca, fez este filme:

Noruega:

Aurora vista a partir da Estação Espacial Internacional:
aurora-iss

A nossa leitora Maria Evangelina Silva tirou uma foto aos céus do Porto na noite de ontem, apesar de não se ver Auroras, mas só para percebermos o que (não) se via no céu
🙂

Para hoje, a probabilidade é maior de acontecer algo:
“University of Washington professor John Sahr said another coronal mass ejection is headed for the earth. He described the chances of viewing the Northern Lights Wednesday as “very small” — maybe a 1-in-100 chance.
It’s more likely that Seattle will get a glimpse of aurora Thursday night. Sahr said it’s hard to guess this far in advance, but he estimates Thursday will bring a 1-in-20 chance for viewing solar activity.”

O certo é que a 1ª CME bateu na atmosfera terrestre na 3ª à noite, e a 2ª CME ainda está a caminho.
E essa 2ª CME prevê-se que chegue esta noite à Terra.
Segundo o site Spaceweather:
“Analysts believe a second CME is right behind it, due to arrive on August 5th. A second impact could re-energize the fading geomagnetic storm and spark a new round of Northern Lights.”

Aliás, há cientistas que dizem que existem 4 CMEs, e não só 2…
“The latest word from the solar scientists is that the sun erupted not just once, but four times. All four coronal mass ejections are headed toward Earth.”

O problema de tudo isto é a imprevisibilidade. Ainda sabemos muito pouco de como prever estes fenómenos. Existem muitas variáveis que ainda não compreendemos totalmente.
Neste momento, tudo depende da 2ª CME, de quando chegar, qual a sua intensidade, e outros detalhes (como a orientação do campo magnético na altura…).
“Any one of these events may or may not generate an aurora. It depends on details like magnetic field orientation. If the magnetic field in the oncoming solar plasma is directed opposite Earth’s magnetic field, the result could be spectacular aurorae. If the fields line up, the coronal mass ejection could slide past our planet with nary a ripple.”

Os cientistas também dizem para irem observar para sítios escuros, sem poluição luminosa.
E vejam cortinas ondulantes vermelhas e verdes no céu…

Onde se poderá ver?
Provavelmente não em Portugal e no Texas. No entanto, a esperança é a última a morrer.
O Zé Matos, colaborador aqui no blog, já deu a informação que a última vez que se viu algo espectacular em Aveiro, Portugal, foi nos anos 50…
Ou seja, é muito raro estas coisas acontecerem a latitudes tão baixas. Mas é possível acontecerem!
E pode ser uma coisa única na vida para verem!
Vamos supôr que até é esta noite, que a 2ª CME chega e com tanta intensidade que até se vai ver auroras no Texas e no norte, centro e sul de Portugal. Querem mesmo perder esta oportunidade única de ver esses efeitos fantásticos no céu?
😉

31 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Jorge Almeida on 07/08/2010 at 00:35
    • Responder

    Não vi aurora nenhuma. Ainda à uma e meia da manhã tentei ver alguma aurora, mas ainda não é desta.

    • maria evangelina silva on 06/08/2010 at 15:16
    • Responder

    Obrigada. As nebulosas da constelação de dragão já são o fundo do meu ambiente de trabalho 🙂

    • Carlos Oliveira on 06/08/2010 at 04:56
    • Responder

    Spaceweather acabou de confirmar: o show acabou… por agora!
    Quiçá daqui por uns meses, até 2013, haverá mais? 🙂

    http://spaceweather.com/

    • Carlos Oliveira on 06/08/2010 at 03:36
    • Responder

    Bem, pode não haver auroras, mas Vénus está fantástico, ao lado de Saturno, e do pequeníssimo Marte
    🙂

    • Carlos Oliveira on 06/08/2010 at 03:19
    • Responder

    Maria Evangelina,

    Sim, podem ser perigosas para as comunicações eléctricas.
    Veja este post:
    http://www.astropt.org/2010/06/12/tempestades-solares/
    🙂

    Quanto ao Dragão, tem a constelação e infravermelho:
    http://www.astropt.org/2008/03/07/galaxias-em-dragao/
    http://www.astropt.org/2010/07/07/dragao-magico/

    Mas a Nebulosa da Águia continua a ser mais bonita 😛
    http://www.astropt.org/2010/05/09/nebulosa-da-aguia/

    • Carlos Oliveira on 06/08/2010 at 02:45
    • Responder

    Bem, cheguei agora a casa (e aqui ainda tá Sol), e pelo que vejo, o site do spaceweather continua a dizer que será esta noite…
    Quanto aos outros sites, dizem que não há qualquer actividade de auroras… e a previsão é não haver nada.
    Estava no nível 4 há umas horas atrás, e agora tá no nível 2.
    Ou seja, nem no Canadá 😛

    acabou 🙁

  1. […] (e aqui). Aeroportos. Nuvens. Migração. Deriva Continental. Rotação abranda. Auroras (25 + 20 + 15 + 9 + premiada). Desastres: Eyjafjallajökull e vídeos. Maré Negra. Trovoada (aqui, aqui, e […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.