Cassini observa as maiores nuvens alguma vez detectadas em Titã

Nuvens titanianas numa imagem captada a 27 de Setembro de 2010, a cerca de 1,3 milhões de quilómetros de distância, pelo sistema de imagem da sonda Cassini através de um filtro para o comprimento de onde de 938 nm (infra-vermelho próximo).
Crédito: NASA/JPL/Space Science Institute.

A sonda Cassini observou na passada segunda-feira o maior sistema de nuvens alguma vez detectado na atmosfera de Titã! O gigantesco sistema foi localizado em latitudes equatoriais, sobre a região de Senkyo, um facto que poderá significar o início de grandes mudanças sazonais na maior lua de Saturno. Esta campanha de observação de nuvens em Titã teve a participação de outros instrumentos, entre eles o espectrómetro VIMS (Visual and Infrared Mapping Spectrometer), pelo que em breve deverão ser anunciados mais pormenores relacionados com este fenómeno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.