A crendice ainda continua à solta…

Na minha querida cidade-berço, Coimbra, fiquei mesmo muito triste, ao ver que a crendice e as pseudociências deambulam mesmo na conhecida cidade do conhecimento. Não seria propriamente uma novidade, mas ver estampado tantos posters anti-científicos fizeram o estômago dar voltas. Um seminário de metafísica cósmica, no qual entre vários “assuntos científicos” revelam o tema “2012: a data da grande mudança” em relação ao suposto fim do mundo já muito falado neste blog aqui.

Também havia estranhamente um poster relativo a um encontro em… Lisboa na cidade de Coimbra… como podem ver aí. Ainda estou para saber o que será a Fraternidade Branca e Federação Galáctica. Vejam pelos vossos próprios olhos mais um poster a divulgar mais crendices.

Também já foi abordado aqui no blog um encontro de Reiki em Braga.

Ouçam os disparates:

Seminario portugal, V.M. Hach Ben Faqui from metafisica cosmica on Vimeo.

seminario portugal V.M. Hach Ben Faqui (2) from metafisica cosmica on Vimeo.

seminario portugal, V.M. Hach Ben Faqui (3) from metafisica cosmica on Vimeo.

É incrível a divulgação de encontros e obras de carácter duvidoso e como as pessoas gostam de ser enganadas, ou não têm o espírito crítico suficiente para se aperceber que estão a ser enganadas. Há uma forma de se evitar isso que é lerem o nosso blog mas sempre com o espírito crítico alerta.
😉

17 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Um artigo interessante sobre isto:
    http://jugular.blogs.sapo.pt/2291417.html

    • Paulo Mesquita on 07/11/2010 at 19:39
    • Responder

    Caro Carlos, a intolerância em prol da defesa da razão, da verdade, e do pensamento crítico. Sempre tendo em vista a defesa da razão, da verdade, e do pensamento crítico- como o carlos afirma e muito bem – não é intolerãncia. É lucidez extrema e uma recusa infinita de compromisso com a mediocridade. Um bem precioso e raro nos tempos que correm.

    Um abraço,

    ah.. e ainda não disse mas adoro este blog.

  2. Exacto, Rogério! Concordo totalmente!

    Mário,
    Isso foi depois 🙂
    Mas como o cameraman também entrou em transe… então não pôde filmar o resto
    😛 eheheeheh

  3. Carlos Oliveira…

    Desculpa lá mas os vídeos que colocaste aqui são uma grande treta. Então onde é que está o pessoal a entrar em transe e o “mestre” a fazer milagres e exorcismos?
    Gostava de me conseguir rir, mas não consigo.
    Estas coisas não me merecem nem mais uma palavra.
    Abraço.

  4. Algumas palavras sobre o Tema:

    Partilho da opção da intolerância para com a irracionalidade quando esta é manifestamente de má fé, supressiva e apenas com dois objectivos:
    Criar a confusão toldando os sentidos das pessoas e depois assaltá-las extorquindo-lhes dinheiro e a sua adesão voluntária e assim perdem a sua própria identidade como pessoas racionais. Mais grave, estas crendices levam muitos incautos a convencerem-se que estão no meio de gente amiga, para depois quando conhecem a realidade é tarde demais.

    Cumps.

  5. Pessoalmente, tenho sentimentos contraditórios em relação à tolerância.

    Se é certo que toda a gente defende a tolerância em geral, também é certo que tolerância a mais, leva a resultados negativos.

    Veja-se o caso do nazismo, ou das manifestações neo-nazis actuais.
    Eu não as tolerava. Não gosto de hipocrisias, de eles defenderem o direito à manifestação, quando eles próprios se estivessem no poder não dariam direitos a ninguém.

    Veja-se o caso dos alunos nas escolas portuguesas.
    Se um professor retira o telemóvel a um aluno, é abertura dos telejornais.
    Já o aluno pode atirar-se ao professor e responder-lhe da forma que quiser, porque, coitadinho, temos que ser tolerantes para com ele e não o “traumatizar para o futuro”.
    Eu não toleraria certos comportamentos dos alunos nas salas de aula.

    Veja-se o caso do Obama que preferiu “virar ao centro” e tentar conversar com os Republicanos, e ter o voto deles, em vez de fazer progredir o país da forma que ele queria.
    Resultado: os Republicanos disseram a tudo NÃO. Foram totalmente intolerantes para com o Obama. O Obama não passou nem metade do que queria. E obviamente foi criticado pela esquerda (que diz que ele passou demasiado pouco) e pela direita (que diz que ele passou coisas quando não devia ter passado). Resultado final: perdeu esta semana as eleições para o Congresso.
    Eu seria totalmente intolerante para com os Republicanos. Afinal quem ganhou? Se foi o Obama, ele deve determinar as políticas.

    Veja-se os casos do Criacionismo, Sociedade da Terra Plana, Falar com Mortos, Pulseiras Quanticas, Beber Água para curar Cancro e SIDA, e outros imbecilidades pseudo que temos colocado para aqui (incluindo as que constam neste post).
    A tolerância para “formas diferentes de pensar” é que leva a que estas imbecilidades estupidiquem a população, e continuem a ser um cancro de uma sociedade racional e científica.
    Eu sou totalmente intolerante para com estas mentiras.

    Pode dizer, e tem toda a razão, que é uma prova do que o Paulo disse, já que eu também estaria a promover a intolerância (da intolerância). Em face da intolerância, eu respondo com intolerância… aumentando assim os níveis de intolerância.
    O problema é que as crenças irracionais e intolerantes, não se combatem com tolerância ou razão, tal como diz este estudo:
    http://www.astropt.org/2010/11/04/o-fim-esta-proximo/
    Logo, fazer como o Obama está a fazer (sendo tolerante e racional) aos Republicanos, e a ciência tem feito aos pseudos (“deixando-os andar”), só tem um resultado: os pseudo continuarem a estupidificar a população com as suas mentiras. A irracionalidade será raínha.
    Eu não aceito esse resultado… daí que tento a outra via: a intolerante. Sempre tendo em vista a defesa da razão, da verdade, e do pensamento crítico.

    😉

    abraço!

    • Paulo Mesquita on 07/11/2010 at 03:23
    • Responder

    E agora, com a convergência entre as crendices de 2012 e a depressão prolongada resultante da queda do capitalismo neo liberal, vamos assistir a um surgir de vigaristas e oportunistas deste tipo a cada esquina. O mais grave é que com está paranóia vem outra muito mais perigosa: a da intolerância.

    abraço,
    Paulo Mesquita

  6. Os greys querem nos beber o sangue?? Já percebi o porque dos vampiros começarem a ser vegetarianos e fabricar sangue sintético.

    A MGM pintou osAsgard muito mais Human friendly apesar dos da Galaxia Pegasus não serem tanto. Mas eles comiam uns poliedros esquisitos.

    E porque será que as pessoas tendem a dizer que vivemos num mundo a 3 Dimensões?? A matéria do meu corpo existiu ontem, existe neste momento e existirá amanha… Não é como se estivesse a pedir por 11 dimenções, estas 4 toda a gente pode concordar.

  7. Vi no Facebook (obrigado Palmira!) que eles no site deles, também dizem isto:
    “Numa fase embrionária, como preparação para uma estadia no planeta Terra, no papel de voluntário, Saint Germain instalou-se no planeta Vénus. Nessa altura, a Terra encontrava-se num período de decadência e Sanat Kumara decidiu ser o regente desse processo de recuperação. Saint Germain fazia parte da comitiva dos Iluminados que acompanhavam Sanat Kumara nesta missão na Terra, há dezasseis milhões de anos.”

    Tenho a dizer que é tudo mentira.
    O Paris Saint Germain ficou em Vénus.
    Quem veio para a Terra foi a Águia Vitória, que obviamente fundou o Glorioso SLB.

  8. Quanto ao que estes “mestres” dizem que vai acontecer, eu que sou um “Espírito de Luz vindo das Estrelas” gostaria de dizer que os 3 Dias de Escuridão já passaram!!!
    Quando andei a fazer os testes de qualificação para o Doutoramento, tive que estar um mês concentrado só nisso. Não foram só 3 dias de escuridão. Foram até mais em que nem via a luz do dia!!!
    😛

  9. Já agora, no blog deles sobre o Congresso, gostei especialmente do comentário lá colocado:
    http://capacitacaometafisica.blogspot.com/2010/09/2-congresso-internacional-de-metafisica.html
    O comentário é de um “John Aarson”:
    “Caros mestres da metafísica cósmica, tenho duas questões que gostava de ver resolvidas. Espero que me possam ajudar. Em primeiro lugar, gostava que me informassem que substância ilícita (ou não ilícita, pois já vi lojas que vendiam esse tipo de produtos) andam vocês a fumar e onde posso arranjar algo igual. Agradeço desde já”

  10. Bem, estive a acrescentar as palestras dadas sobre o tema.
    Estive a ouvir, e sinceramente nem sei por onde começar com o rol de disparates… só no 1º video, com 25 minutos, notei literalmente mais de 50 erros de raciocinio que foram ditos.

    Acho absolutamente inacreditável como as pessoas pagam 25 euros para serem enganadas desta forma!!!

  11. @ João
    “como católico, em nome da verdadeira Fé.”
    Isto tem um tom de intolerância e dá a entender que o catolicismo é a única religião verdadeira. Só falta o convertam-se ou morram.

    Fé é a firme convicção de que algo é verdade, sem qualquer tipo de prova ou critério objetivo de verificação, pela absoluta confiança que depositamos nesta idéia ou fonte de transmissão.
    Acreditar que o mundo vai acabar em 2012 ou que extraterrestres vem buscar um grupo de pessoas para outro planeta é fé. Acreditar que o tempo é relativo não é. Portanto a não ser que digas que o que estas pessoas estão a pregar tem maneira de ser provado é uma questão de fé.

  12. Não sei o que se passa com a imagem do meio do 1º poster que me dá uma vontade enorme de decompor a estrutura celular do senhor na imagem…

    • maria evangelina silva on 06/11/2010 at 13:24
    • Responder

    facebook.comEstá na linha deste post da Palmira F. Siva http://www.facebook.com/photo.php?fbid=1488903624099&set=a.1168132005009.2025541.1279222242&ref=nf
    Qualquer dia isto corresponde mesmo a um phd 😀

    1. Ciências religiosas… não pude deixar de dar uma valente gargalhada. Que me perdoem os linguísticos se estiver a ser incorrecto: mas isto é um perfeito oxímoro, e não há qualquer possibilidade remota sequer de se tratar de uma metáfora ou o que valha. Mais: as minhas tripas revolvem quando vêem que são roubados ao contribuinte para pagar a essas absurdas ofertas (vide mensagem exarada pela Maria Silva).
      Pode-se, efectivamente, fazer um estudo sobre as religiões, mas isso não era o que ali estava em causa… Já agora, também não concordo com o termo Ciências Exactas – isso é um perfeito disparate. Mesmo a Matemática tem ramos como a Análise Numérica que se trata de aproximações e que é bastante usada na modelação de fenómenos físicos, químicos, entre outros, já que é impossível descrever com exactidão os mesmos pelas mais diversas razões. Também é discutível se a Matemática pode ser considerada uma ciência ou uma ferramenta à qual a ciência se apoia muito como se pode ver, só para citar alguns exemplos, na Astrofísica, na Cosmologia, em todos os principais ramos da Engenharia, etc etc . 🙂

  13. Boa tarde!

    Em Lisboa há casa vez mais panfletos a convidar para “eventos” destes, o que deve ser denunciado de todas as maneiras, e por mim tem sido, como apaixonado pela Astronomia em nome da verdadeira Ciência e, como católico, em nome da verdadeira Fé.

    Um abraço! 🙂

  1. […] em milagres passados, em saúde quântica, em pulseiras quânticas, equilíbrios, amuletos, metafísica cósmica, reiki, limpeza espiritual, mortos faladores, fósseis de humanos gigantes, conspirações ETs, […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.