Batalha Espacial

intergalactic battleships

O episódio mais recente da sempre muito divertida série The Big Bang Theory, foi simplesmente genial.
O episódio chama-se “The Boyfriend Complexity”. Podem-no ver, aqui. Podem vários clips, aqui.

Há várias partes engraçadas, mas o que me deixou inicialmente surpreso e depois a “rolar a rir-me”, foi quando o Raj e o Wolowitz estão a jogar “Intergalactic Battleship” – Batalha Intergaláctica.
É um jogo como a Batalha Naval, mas em vez de barcos e navios na água, existem naves espaciais no ar.

A cena passa-se aos 7:45
O Wolowitz acerta numa das naves do Raj, e sabe onde está o resto, por isso diz o próximo número.
Mas o Raj diz “ar” (“missed”).

Ora, o Raj está claramente a mentir, por isso o Wolowitz chama-o à atenção.
Ao que o Raj responde que a nave não é “seguida”, que tem buracos a meio.
Então o Howard Wolowitz pergunta que raio de nave tem um buraco a meio.

Howard: What kind of spaceship has a hole in the middle?
Raj: A Romulan battle bagel?

(bagel é similar ao donut)

😀

Mais situações engraçadas no mesmo episódio:

Leonard: You’ll never guess what just happened.
Sheldon: You went out into the hallway, stumbled into an inter-dimensional portal which brought you 5,000 years into the future, which you took advantage of the advanced technology to build a time machine, and now you’re back to bring us all with you to the year 7010, where we transported to work at the thinkatorium by telepathically controlled dolphins.

As piadas ao Monopólio Indiano, e Klingon, também são engraçadas:

Sheldon: I don’t care for novelty editions of Monopoly. I prefer the classics: regular and Klingon.
Howard: Actually, Indian Monopoly is just like regular. Except the money is in rupees and instead of hotels, you build call centers. And when you pick a chance card, you might die of dysentery. Just FYI, that was racist.
Howard: Whoops. Can’t go any further. There’s a sacred cow in my way.

Bernadette: (after pouring wine for everyone) Hold on, wait!… No, it’s okay, go ahead.
Howard: What?
Bernadette: Oh, I was working with penicillin-resistant gonorrhea in the lab today and I was just trying to remember if I washed my hands.
(Raj spits out his wine)

Wyatt (about Penny): Behind every great man is a nagging woman who won’t let him have any fun, am I right, Leonard?
Leonard: Don’t I know it.

Sheldon (to Penny): FYI, over use of the phrase “Oh My God” is number 12.

Bernadette: So where’s the telescope?
Howard: It’s in Hawaii, but Raj controls it from here. He’s hoping to see epsilon eridani dim, which would be evidence of a planet orbiting it.
Bernadette: So we just sit and stare at the screen, waiting for something to happen?
Howard: I did it with you when we rented “The Notebook”.

Entretanto, o Raj e o Howard, sem querer, beijam-se.
No dia seguinte, não querem falar sobre isso, o que leva o Leonard a desconfiar do que se terá passado, e o Sheldon inventa logo teorias de conspiração (que se vê frequentemente sobre outros assuntos, com o mesmo tipo de raciocínio ilógico, e que temos apontado aqui pelo blog).

Sheldon: I’m going to propose a hypothesis. Last night, Raj accidentally made contact with an alien civilization and has been ordered by the United States government to keep it a secret. We are not alone.
Leonard (to Howard): You get to play with Taj’s big telescope last night?
Raj: He never touched my telescope!


😀

1 comentário

  1. torproject.org)…

    Carlos, nenhum canal ou programa americano pode ser visto em Portugal através do site oficial, divido à restrição geográfica. Mais uma daquelas coisas que vem dos Estados Unidos, que fazem sentido sem realmente fazer algum.

    Já agora para quem utiliza o Firefox pode utilizar o torproject (www.torproject.org) para camuflar a sua presença na Internet e, parecer que está num local do mundo que não está, a utilizar um browser que na realidade detesta ou nunca utilizou, entre outras coisas realmente interessantes…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.