Carlos Oliveira e a vida de arsénico

tsf

A TSF amavelmente convidou-me para esclarecer sobre a nova vida com arsénico encontrada na Terra, que podem ler aqui.
A entrevista, feita pela jornalista Leonor Ferreira, passará entre as 23 horas e a meia-noite, hora de Portugal.
Podem ouvir a entrevista em directo, aqui.

Podem ouvir toda a entrevista na TSF, os 6 minutos que foram editados para a entrevista, clicando aqui.

10 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Obrigado!!

    • antonio piedade on 04/12/2010 at 13:14
    • Responder

    Caro Carlos Oliveira

    Muitos Parabéns pela entrevista e pelo execelente trabalho que tens vindo a fazer em prole do rigor na comunicação de ciência.

    António Piedade

  2. LOL 😀

    são os tais “soundbites” que ficam sempre bem 🙂

    mas a realidade é que por telefone, nunca sei com quem tou a falar 🙂

    • Frederico Silva on 03/12/2010 at 01:01
    • Responder

    Gostei bastante da parte em referes que é mais provável haver vida extra-terrestre que tu seres entrevistado pela TSF 😀

  3. Gostaram da entrevista? 🙂

    Pessoalmente, gostei bastante.
    Acho que estava editada de forma excelente
    🙂

  4. Correu tudo bem…

    • Frederico Silva on 03/12/2010 at 00:23
    • Responder

    Nevermind, estou mesmo agora a assistir. Parabéns pela entrevista 😉

    • Frederico Silva on 03/12/2010 at 00:07
    • Responder

    Carlos se conseguires fazer o upload da entrevista amanhã poderás publicá-la? É que não sei se vou conseguir ouvir em 1ª Mão :/

  5. Provavelmente terá repetições também amanhã… mas não sei ao certo 🙁

    Tudo o que sei é que passará hoje, algures entre as 23 e as 24 horas.

  6. Deixem-me só dizer que não sei se a entrevista será boa, má, ou assim-assim.
    Posso ter transmitido as ideias claramente, como posso ter cometido grandes gaffes.
    Nem sei se terá 5 minutos ou meia-hora.

    A entrevista já foi gravada, está agora a ser editada, e só vou poder avaliá-la após a ouvir pela 1ª vez depois das 23 horas… tal como todos vocês
    😉

  1. […] Abissais. Bactérias de Arsénio: anúncio, descoberta, críticas, falha, wikileaks, negativo, entrevista. Bactéria come […]

Responder a Mário Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.