Erupção de megafilamento observada pelo SDO

Photobucket
Espectacular erupção de um gigantesco filamento, ilustrada aqui numa animação construída com 40 imagens captadas a 06 de Dezembro de 2010 pelo instrumento Atmospheric Imaging Assembly (AIA) do Solar Dynamics Observatory, através do canal de 304 Å (He II).
Crédito: SDO(NASA)/AIA consortium/animação de Sérgio Paulino.

O Solar Dynamics Observatory observou anteontem a erupção de um megafilamento magnético com cerca de 700 mil quilómetros de comprimento! A gigantesca estrutura manteve-se estável acima da superfície solar durante pelo menos uma semana, antes de colapsar perto do rebordo sudoeste do disco solar. Apesar de violenta, esta erupção não deverá produzir qualquer alteração significativa na actividade geomagnética.

3 comentários

  1. Também acho importante a divulgação destas imagens. Não só pela arte ou a ciência
    mas sobretudo pelo conhecimento necessário do Universo que nos envolve.
    Neste caso concreto o sol, astro do qual depende toda a vida terrestre e sua influência determinante no ambiente.
    Um comentário científico e tranquilizante, ou um alerta quando oportuno, seria também um serviço devido por toda a comunicação social.
    Telenovelas e Big Brothers é um pouco o ópio do povo como lembrava um famoso estadista chinês.
    Certamente um dia lá chegaremos. Quando os eleitorados forem mais exigentes com os seus políticos para cargos de responsabilidades, tal como a formação e currículos comprovados em áreas científicas.
    Vou dar o exemplo, colocando o link no meu blogue.
    Cumps.

  2. É verdade que eu passo mais tempo a ver telenovelas que imagens como estas; mas também é a idade 67…

  3. Este tipo de imagens deveriam ser divulgadas por TODA a comunicação social.
    Mas claro, as TVs estão muito ocupadas com telenovelas e Big Brothers…

    Arte, para mim, é isto 🙂

    Uma arte produzida pela natureza, e gravada pelos humanos neste tipo de imagens.

    É uma arte que advém da ciência.
    É uma arte que não existia há uns anos atrás e nos mostra o quanto a ciência evoluiu.

    É uma imagem espectacular 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.