Wasp-12b de carbono

wasp-12b

O exoplaneta Wasp-12b tem estado regularmente nas notícias, como podem ver aqui.
Agora saiu a notícia que esse exoplaneta está carregado de carbono. É a 1ª vez que se descobre um exoplaneta gigante gasoso cheio de carbono.

Esta descoberta leva a pensar que podem existir planetas menores, do tamanho da Terra, e cheios de carbono. Seriam bons para a vida.
Por outro lado, se forem mesmo carregados de carbono, poderão ter uma superfície e montanhas feitas de diamante! Quiçá até choverá diamantes como em Neptuno.

planeta carbono

Leiam em português, aqui, aqui, aqui, aqui, e aqui.
Leiam em inglês, aqui, aqui, aqui, e aqui.

3 comentários

  1. Deve ser impressionante. Um mundo de diamantes e gemas….

    Li outro artigo que cientista russos criaram uma máquina compacta para produzir diamantes e gemas. Até que ponto é real, ainda não sei e espero conhecer de perto.

  2. Olá ROCA,

    Sim, colocamos essa notícia do dióxido de carbono encontrado, aqui:
    http://www.astropt.org/2008/12/12/hd-189733b/
    e aqui:
    http://www.astropt.org/2010/02/03/detectada-fluorescencia-de-metano-na-atmosfera-de-hd189733b/
    Note também a preponderância feita ao metano (que inclui carbono)…

    A diferença neste planeta, como eu refiro no post, é que parece estar “cheio de carbono”.

    Veja o que diz o Universe Today (com link no post):
    “For a typical hot Jupiter, models have most closely fit a ratio of about 0.5 for carbon to oxygen which suggests that oxygen is more prevalent in the atmospheres, often in the form of water vapor, as well as very little methane.
    For WASP-12b, Madhusudhan’s team found an abundance of more than 100 times that of standard hot Jupiters for methane (CH4).
    When examining the carbon to oxygen ratio, they discovered a ratio greater than one implying that the planet is unusually carbon rich.”

    Penso que é aqui que está a diferença deste planeta em relação aos outros.

    Ou seja, você está correcto.
    No jornal DN (alojado no Sapo) existe esse erro.
    Mas parece-me que é por eles não lerem correctamente a parte em inglês.

    Foi a 1ª vez que parece que se encontrou um planeta “cheio de carbono” – rico em carbono. E não foi a 1ª vez que se descobriu carbono num exoplaneta – como você corrigiu e bem.

    abraço!

  3. space.com…

    Carlos,

    Reparei que no sapo.pt há um erro desagradável. Deixei um comentário por lá que transcrevo abaixo:

    “Essa informação “nenhum destes júpiteres quentes – a maioria dos 500 exoplanetas identificados, desde que o primeiro foi descoberto, em 1995 – tinha sido até hoje detectado carbono” está incorreta.
    Em 2008 foi detectada a presença de carbono na atmosfera do exoplaneta HD 189733b, conforme artigo na Space.com, abaixo”
    http://www.space.com/scienceastronomy/081123-planet-carbon-dioxide.html

    Achei também que o artigo do Terra exagera em demasia a presença do carbono sob a forma de diamantes.

    abs
    ROCA

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.