Site em modo limitado

O site do astroPT está novamente on-line!

No entanto, nos próximos dias, poderão reparar em algumas funcionalidades desligadas, falta de alguma caracteristica anterior ou até mesmo comportamentos inesperados.

Estamos com o site num modo, digamos, limitado devido a um problema de consumo de recursos do alojamento, com origem identificada algures no software que suporta o site (WordPress + um conjunto de plugins).

Para tal, de modo a identificar qual o ponto concreto do problema, desligamos praticamente todos os plugins, excepto os essenciais, e vamos agora a cada 24 horas (ciclo completo de análise por parte do nosso alojamento) activar plugins gradualmente até se descobrir onde estará o problema.

Pedimos desculpa pelos eventuais incómodos. Prometemos a maior celeridade possível.

4 comentários

2 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Admito que o site pretendesse descansar da ressaca de Fim de Ano. Nada melhor que um eclipse quase total. Os astros têm destas coisas e foi a vez do astroPT. A alternativa em português foi para mim os Eternos Aprendizes. Nada de castigos nem fim do mundo, um eclipse é apenas isso, digo eu.
    Cumps.

  2. Acho que é castigo por ele não levar a sério as profecias. 😀

  3. Isto é o método científico a funcionar!!

    Ou será mais um problema metafísico que culminará com o fim do mundo? LOL

    Esperemos que passe depressa

  4. Será que alguém sentiu falta das notícias de astronomia em português? 🙂
    Espero que sim!!! 😉

    Vou colocar alguns posts “abaixo” deste, já que estavam para sair quando tudo foi abaixo…

  1. […] face dos crescentes e elevados números de visitantes, tivemos alguns problemas com o website (como aqui, aqui, etc). Mas conseguimos ultrapassar esses problemas com uma grande ajuda da instituição […]

  2. […] face dos crescentes e elevados números de visitantes, tivemos alguns problemas com o website (como aqui, aqui, aqui, aqui, etc). Mas conseguimos ultrapassar esses problemas com uma grande ajuda da […]

Responder a Carlos Oliveira Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.