CONTRA-CAPA: Terra Ôca? O que há Debaixo de Nós

i

Existem inúmeras estórias fantásticas sobre monstros gigantes em florestas e nos mares e sobre civilizações perdidas super-inteligentes. Contudo percebemos facilmente que não são verdade… bem, a maioria de nós.

Também é verdade que há pessoas menos cultas que crêem em unicórnios e em duendes. E há as loucas que, para além de acreditar tentam provar, contam estórias que lhes aconteceram e ainda dizem quem os outros estão todos errados!

Há quem afirme que a Terra é ôca. Mais, que tem florestas, seres bondosos de 3,5m e um Sol!

Vamos ver o que mostram alguns autores e preperarmo-nos para grandes revelações. Preparem pipocas, mas cuidado pois podem engasgar-se ao rirem.

Aqui podemos reparar que já houve quem penetrasse na Terra Interior. O Almirante Richard Byrd, penetrou pelos mesmos 2.730 e 3.690 Km numa extensão para o interior da Terra onde viu vastas áreas de montanhas, florestas, vegetação, lagos e rios, nos anos de 1947 e 1956.

Agora algumas supostas provas curiosas deste autor:

“é impossível voar uma extensão de 2750 km além do Pólo Norte e 3700 km além do Pólo Sul sem ver água ou gelo, parece lógico  que o vice-almirante Byrd deve ter voado adentrando o Planeta por enormes cavidades convexas dos pólos.”

E mais!

“Portugal onde nos anos de 1978-80 uma equipa científica esteve na Serra de SINTRA tentando estabelecer contacto a adentrar a “Terra Oca”, sabendo-se de fonte segura que houve contacto”

Gostaria bastante de saber qual é a fonte segura…

“O Diário do Almirante descreve o encontro com tripulantes de naves, homens altos, louros, de olhos azuis, pertencentes a um povo altamente evoluido do Mundo Interno”

Um outro autor, deixa-se de estórias de navegadores e parte para uma explicação mais científica:

Começa por interpretar um esquema como se fosse a realidade. Assim, afirma que existem, na Terra, três pontos de gravidade zero além das duas aberturas que ligam o exterior e o interior da Terra. Os pontos de gravidade zero são:

1-      no centro do planeta

2-      aproximadamente 640 Km abaixo da superfície

3-      aproximadamente 2.000 Km abaixo da superfície

O autor dotado diz que esses pontos se devem à rotação da Terra que lança o seu centro gravítico para fora do centro físico e deixa o centro ôco. Refere ainda que as “aberturas nos pólos se devem ao fato de a velocidade de rotação nesses locais ser muito baixa. Sem rotação, a ação da gravidade é muito mais forte”.

Este autor consegue determinar diferenças entre as duas faces da Terra. Ora vejamos:

1- “Atracção” gravitacional menor na superfície interna  – crescimento maior das plantas e dos animais

2- Posição do Sol interno sempre as doze horas

3- Estágio evolucionário mais avançado na superfície interna – mais protegido contra eventos cataclísmicos

Gostaria de saber como é que os seres da face interior da Terra (os que estão de pernas para o ar em relação a nós) se sentem atraídos gravitacionalmente para o terreno, uma vez que o centro da Terra é o centro gravítico. Deveríam caír. Aliás, não cíam porque nunca lá chegariam a estar!

Por fim remata com o esperado das teorias da conspiração: “nossos altamente inteligentes cientistas ainda não sabem disso. Eu posso responder a isso com um ditado: o pior cego é aquele que não quer ver.”

Por fim, um último autor consegue ver o que mais ninguém vê. Analisa uma coordenada do Google Earth onde se vê um erro nas fotos dos satélites, como é normal. Nesta foto do Pólo Norte ele diz haver, imaginem, um tampão gigante amarelo a tapar a entrada para o mundo interior!! Astrónomos tomem atenção a este autor, ele sabe muito e está a dar dicas! “Em Vénus, existem não uma embocadura polar, mas duas duplas embocaduras, uma no polo norte e outra dupla embocadura no pólo sul.”

E mais um remate sublime: “A NASA publicou recentemente um conjunto de fotos sobre as auroras, dando origem a vários filmes, muito rápidos. Os olhos profundamente treinados dos técnicos da NASA, não deram para perceber um pormenor muito interessante e que só outros já especialistas na área dos mundos intraterrenos podem perceber. Dean e outros membros do grupo de discussão dos temas da Terra Oca repararam nestes filmes e com os seus olhos perspicazes alertaram para esta surpreendente descoberta.”

Ficamos sem saber como descobriram e o que descobriram e que impacto teve essa descoberta. Certamente não descobriram nada pois não houve qualquer impacto a não ser risos.

Há quem vá mais longe, literalmente, para explicar a terra ôca. Luís Aparício, da APO, diz que “todos os geólogos estão errados, que todos os químicos estão errados, que todos os astrónomos estão errados, e ele é o iluminado que diz que a Terra é oca e que os extraterrestres afinal vêm de dentro da Terra” (daqui). Este senhor sábio diz que a prova da terra ôca está em Júpiter! Isso mesmo. “o “olho” de tempestades/furacões provam a existência de um túnel pela atmosfera, milhares de kms, até chegarem dentro do planeta! O facto da atmosfera de Júpiter ser liquida a partir de certo ponto é ignorado, porque obviamente é informação desconhecida.” (daqui).

61 comentários

3 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Aristides Tesla on 01/04/2016 at 18:11
    • Responder

    (…. comentário editado…) Non-Science Major College Students.

    1. Depois de muito blablabla com interpretações que só provam que não sabe do que fala… passou para os Ad Hominem.

      Sim, “Aristides”. Eu não me escondo. Toda a gente pode ver quem eu sou. Não se pode dizer o mesmo de quem comenta aqui, não é? Quanto à honestidade ou conspirações de “quem somos”, estamos conversados.

      Aliás, até pode ler a minha tese de doutoramento. Está online na mesma universidade. Esqueceu-se desse pormenor.

      Quantos aos departamentos, são 3 até. Como sabe, quanto mais departamentos nos procuram para trabalhar, melhor.
      Mas a sua interpretação é que é pior. Enfim…

      Quanto aos Non-Science Majors, se ler sobre Signature Courses ou se ler sobre os programas educativos da universidade, vê que esses são precisamente onde se põe “todas as fichas”, são o que se considera mais importante para chamar alunos para STEM, logo escolhe-se os melhores professores para esses cursos específicos virados para todos os alunos.
      Mas para quê ensinar um burro se o burro é demasiado burro mesmo quando tem informação?

      Mas numa coisa tem razão: se calhar estou a ser humilde demais ao não falar disso no meu pequeníssimo “curriculum” aqui no blog escrito há vários anos atrás.

      Passe bem.

    • Aristides Tesla on 25/03/2016 at 20:21
    • Responder

    Um exemplo acabado de que é proibido chegar a conclusões contrárias às conveniências da agenda económico-financeira passou-se com o meu homónimo Nikola, um dos maiores cérebros do séc. XX com enormes descobertas científicas, quando se meteu com o J. P. Morgan e tentou por em causa o lucro de que ele estava à espera e por isso morreu na miséria. Quanto ao ser proibido investigar aquilo que não convém, temos o caso do astrónomo Halton Arp quando pôs em causa a existência do Big Bang e a explicação que a corrente científica dominante dava para o desvio para o vermelho e lhe começaram a negar o acesso aos maiores telescópios dos EUA, obrigando-o a emigrar para a Alemanha onde veio a falecer.

    1. Parece-me que percebe pouco de ciência, nomeadamente de história da ciência.

      Devia saber que a Teoria do Big Bang só ganhou força, consenso científico, após ter evidências sem quaisquer dúvidas. Antes quem reinava era a Teoria do Estado Estacionário.

      Não é por alguém pôr em causa teorias científicas que passa a ter razão. Tem que apresentar evidências, para ir contra os factos. E se conseguir, é aceite. Se não consegue apresentar evidências, obviamente não é aceite.

      Recomendo que aprenda o que é o processo da ciência.

      abraços

    • Aristides Tesla on 24/03/2016 at 18:42
    • Responder

    Através da atribuição ou não de fundos, a ciência é controlada para concluir aquilo que interessa que conclua. Controlada de duas maneiras: é proibido investigar o que não convém e é proibido chegar a conclusões contrárias às conveniências da agenda económico-financeira, pois quem o fizer fica sem fundos e sem fundos é impossível investigar. Imaginem a procura do bosão de Higgs sem fundos rsrsrsrs…

    1. Em parte é verdade o que diz… em geral…

      No entanto:
      Para tudo na vida, em qualquer área, é preciso dinheiro. Mas a ciência teria que seria feita por pessoas que passam fome?
      E, claramente, não conhece as histórias de várias enormes descobertas científicas 😉

      abraços

  1. Ó Carlos, se:

    a = b = 1  a^(2) = ab  a^(2) – b^(2) = ab – b(2)  (a+b)(a-b) = b(a-b) 

     a+b=b(a-b)/a-b  a+b=b logo, 2 = 1 q.e.d.

    Se 2 = 1, então 2 + 2 tanto pode ser 2, como 3, como 4. ;-D

    1. Isto já é muito conhecido… 😉 e, claro, tem um erro de raciocínio…
      http://mathforum.org/library/drmath/view/57116.html

      abraços!

  2. Aterrei aqui sem querer e é a primeira vez que ouço tal teoria da “terra oca”. Como tal andei a pesquisar mais um pouco sobre o assunto e passo a descrever o que penso

    Em primeiro lugar digo que todos devem acreditar no que quiserem, pois isso é uma das melhores coisas que o ser humano tem, ou seja a liberdade de pensamento. A “imaginação” também é saudável.

    Sou uma pessoa céptica, mesmo quando me apresentam factos e para começar a engolir uma teoria tenho que a aprofundar bem e ouvir várias opiniões e respectivas justificações.

    Acredito em extraterrestres, afinal existe por aí muita coisa esquisita e eu próprio já vi o que acredito ser um Ovni. Para mais pensar que somos os únicos seres inteligentes no grandioso universo é um dos pensamentos mais egoístas de sempre e não tenho os humanos como sendo a coisa mais importante do universo.
    Actualmente ando interessado na teoria dos antigos astronautas, e digo que estou surpreendido com algumas teorias e lógicas, assim como alguns factos. Posso dizer que acredito muito mais na teoria dos antigos astronautas do que em Deus e embora saiba que existem “muitos deuses” pelo mundo fora, não acredito em nenhum, já a religião, abomino-a e por mim era extinta, todas elas, pois a única coisa que as religiões causaram foi sofrimento e destruição….mas isso é outro tema.
    Resumindo, eu como uma pessoa “cientifica” e que liga pouco ou nada para a filosofia, acredito muito mais em extraterrestres que em Divindades, pelo simples facto que é muito mais racional e lógico acreditar em extraterrestres, para mim a bíblia é como harry potter, uma historia de sucesso comercial com muitos admiradores. mas vamos ao que interessa, a ” Terra Oca”.

    Para mim a “terra oca” é uma teoria absurda, sem fundamentos e sinceramente, quem acredita nesta teoria deve perceber muito pouco de astronomia, matemática, física etc….deve ser mais adepto de “teorias da conspiração”!
    para não entrar em factos “científicos” vou por aqui algumas coisas muito simples que justificam bem o porque desta teoria não me parecer minimamente plausível.

    1 – Onde estão as fotos do interior da terra e dos respectivos buracos de acesso? Se a terra é mesmo oca e o acesso ao seu interior se faz pelos buracos nos pólos, quer dizer que é muito fácil ir ao seu interior, é uma coisa que está acessível a muita gente visto que ir aos pólos é uma coisa actualmente banal, basta um barco e uma Toyota Hillux! nem vou falar de aviões, e digamos que esconder 2 buracos de kilometros nos pólos durante anos não deve ser fácil. Por favor, o que não faltariam por ai era fotos, vídeos e viagens de turismo ao interior da terra.

    2- Agora mais “matemático”. Dizem os entendidos que tendo a terra um ponto central de gravidade (núcleo para uns e suposto sol interior para outros) o que impede que tudo na terra “interior” seja puxado para o núcleo é a força centrifuga provocada pela rotação da terra, é basicamente como funciona as orbitas dos planetas em torna do sol. Tudo certo………se a terra não fosse uma esfera. Como a terra é uma esfera e a sua rotação e unidireccional quer dizer que todos os pontos no interior estão sujeitos ao mesmo nível de gravidade mas a zona do equador estaria sujeita a uma força centrifuga maior que as restantes zonas devido ao maior perímetro de rotação. Além disso as zonas dos pólos desabavam ou dobravam pois nestas zonas a força centrifuga não contrariava a gravidade devido ao sentido de rotação ser perpendicular ao sentido da força da gravidade.

    Podia dar mais exemplos que contrariam a teoria da terra oca, mas penso que estes 2 chegam e são fáceis de entender mas dou os parabéns ao protagonista da teoria e as suas justificações, pois elas estão bem elaboradas e deram de certo algum trabalho a desenvolver.

    P.S – houve alguém que perguntou porque o gelo nos pólos é de agua doce sendo que nos pólos só existe água salgada. Bom tens a resposta á la teoria “Terra Oca” de que esse gelo vem do interior da terra, mas se quiseres podes ter a resposta cientifica e melhor, podes ser tu mesmo comprovar porque o porque dos icebergues serem de água doce. Arranja um um recipiente de plástico, mistura agua e sal nesse recipiente e de seguida aqueces a água salgada até criar vapor. Coloca o recipiente numa arca arca congeladora e no outro dia podes provar o gelo dai resultante…vais ficar surpreendido.

  3. Uma coisa que sei, duvide de tudo, enquanto não tiver confirmação com exata certeza, se a terra é oca ou não. Não entendo porque não fazem expedições aos polos para tirar essa duvida, e também os governos não autorizam a fazer tal expedições.
    Como diz um dos grandes filósofos. (René descartes) duvide até se 2+2 = 4.

    1. 2 + 2 = 4

      Há expedições aos pólos. Você mesmo pode lá ir quando quiser.
      De resto, matemática que se aprende com 12 anos já permite concluir que a Terra NUNCA poderia ser ôca.
      Por isso, sim, está confirmado o modelo actual da Terra.

    • Jonatan Krauspenhar on 04/06/2012 at 20:46
    • Responder

    Para completar: “E mais um remate sublime: “A NASA publicou recentemente um conjunto de fotos sobre as auroras, dando origem a vários filmes, muito rápidos. Os olhos profundamente treinados dos técnicos da NASA, não deram para perceber um pormenor muito interessante e que só outros já especialistas na área dos mundos intraterrenos podem perceber. Dean e outros membros do grupo de discussão dos temas da Terra Oca repararam nestes filmes e com os seus olhos perspicazes alertaram para esta surpreendente descoberta.”

    Assim como para os “Especialistas” na área dos mundos “intraterrenos”, a citação acima posta pelo autor, nas mãos de especialistas do mundo real, sejam eles da área da ciência ou da Metafísica, mais se parece com um conto de fábulas de Duendes do que com algo legível. Assim como nos contos somente alguns podem ver os Duendes, e em outros onde somente os inteligentes podem ver as roupas “invisíveis” do Rei; Nesta mesma proporção somente os especialistas do super mundo intraterrino podem ver o que se esconde na nébula sombria das auroras boreais (Surgem em decorrência do impacto de partículas de vento solar e a poeira espacial encontrada na via láctea com a alta atmosfera da Terra, canalizadas pelo campo magnético terrestre); Mistérios este que passa despercebido a nós meros mortais (Quase chorando de tristeza por não saber :D),
    Através dos pontos levantados, por enquanto este assunto não passa de uma paranoia esquizofrênica, até que se levantem pontos e dados mais concretos, visto que mesmo em um mundo extraterrestre super tecnológico a ciência e os dados comprobatórios seriam de suma importância para o desenvolvimento. Havendo a apresentação de dados podemos então reformular nossos debates e portanto, dentro de uma singela humildade mudarei minhas opiniões e discursos. Mas enquanto o debate for a nível da DESINFORMAÇÃO, nada aqui mudará.

    • Jonatan Krauspenhar on 01/06/2012 at 00:45
    • Responder

    Concordo! Cabeças ocas = Terras Ocas.

    Um longo debate, cheio de explicações fantásticas, fantasiosas, inigmáticas, superticiosas, e bem burras! Na verdade um fanatismo deliberado por um conto ou uma “Estória” (Com “E” mesmo, porque é fantasiosa), onde uma idéia é fortemente defendida segundo explicações que na visão do autor são super lógicas e conclusivas por si mesmo; mais ou menos do tipo: “A terra é oca porque é vazia por dentro”. E para ele isto faz o maior sentido do mundo!! Ora, fiz o favor de ler bastante sobre o assunto e tudo o que obtive foi uma média de 15 Blogs da linha da “Nova era” “Nova ordem” e dos mais misticos possíveis, sem contar alguns relatos de algumas “supostas” (Isso mesmo, supostas, por que não há disponibilizado nenhum documento oficial nem contra e nem a favor de tal) expedições marítimas, onde como é de costume nestes casos, vigora algumas mortes estranhas e cancelamentos de expedições. Parece-me que o autor ainda esta tentando chegar ao templo de Zeus para encontrar Afrodite ao seu lado, para invocar seu pedaço da imortalidade! Ou deve ainda estar querendo encontrar o palácio de Eros tentando desposar Psiquê, para ficar com toda a riqueza só para si!
    Convenhamos! O dia que me apresentares dados sejam eles ciêntíficos ou não, mas que sejam no mínimo não absurdos e cíclicos poderemos estender um pouco mais o debate, por que senão o mesmo cai daquela roda que gira e gira e volta para o mesmo lugar assim como afirmações do tipo: “A terra é redonda por que não é quadrada” que girando fica: “A terra não é quadrada por que é redonda”, e nossa! é verdade! a terra é oca!!! quanto loucura emana da mente humana! viram como uma simples suposição levada a cabo por uma mente oca, incapaz de usar qualquer senso crítico nos leva? Sim, se pensaram como eu, nos leva a pensar em uma terra oca! 😀

  4. Sobre “entradas” ou “tampas” no Polo Norte, coitadas, devem estar muito danificadas só de pensar que por exemplo o submarino USS NAUTILUS em 1958 passeou por baixo do gelo precisamente nesse ponto e foi só o primeiro de muitos outros (basta ir ver à wikipedia).
    Sobre palavras de Jesus as únicas que conheço sobre “o Juizo Final” estão em Mateus 31-46, e esta é em todos os Evangelhos a única cena em que Jesus nos mostra qual será o conteúdo do Juizo Final:
    Os Homens serão julgados pela Fé que tiverem em Jesus.Fé que significa reconhecimento e compromisso com a pessoa de Jesus. Porém onde está Ele? O texto citado responde identificando Jesus com os esfomeados , os pobres e os oprimidos, os marginalazados por uma sociedade baseada na riqueza e no poder. Por isso o julgamento final será sobre a realização ou não de uma prática de justiça em favor desses mesmos pobres e oprimidos.
    Este é o conteudo central da Fé”cumprir toda a justiça”(Mateus 3,15).
    Meu amigo Rui Palmela, não confunda Apocalipse (relato de uma visão ) de S. João com as palavras de Jesus (Evangelhos).
    E sobre Fé chega, aqui a questão é Conhecimento mas ainda gostava de lhe deixar uma pequena recomendação que já vem do Antigo testamento: “Não Citeis o nome de Deus em vão!”

  5. É impressionante notar o quanto a mente humana pode ser criativa até o limite da estupidez, totalmente desprovida de sentido e fundamento.
    Já havia me impressionado com o nível de detalhamento das fábulas sobre os reptilianos, Illuminati, Nibiru, Nemesis etc… mas “Terra Oca” foi definitivamente insuperável.
    Temos de reconhecer uma habilidade incrível nos Fanáticos Infundados, que os mesmos defendem arduamente suas fábulas a despeito da existência de qualquer base científica (provavelmente por interesse próprio financeiro ou pura paranoia mesmo).
    Visando dar alguma sustentação às fábulas, injetam-se altas doses de crendices pessoais, espiritismo, esoterismo, espiritualidade, religião e mais importante, DESINFORMAÇÃO.
    O mundo como conhecemos irá certamente colapsar em algum momento, mas apesar de muitos desocupados terem anseio pelo fim próximo (para que algo emocionante lhes ocorra), não há nenhuma evidência CIENTÍFICA de que o fim se aproxime neste ano ou nos próximos milhares à frente.

  6. Moral da história: cabeças ocas defendem terras ocas. Muito simples.
    Próximo!

  7. É curiosa a sua cegueira como a de Issac Asimov, caro Carlos Oliveira, dando mais crédito a um escritor de ficção cientifica do que Edmund Haley e Issac Newton (pais da Ciência Moderna) que defenderam a tese da Terra Oca.

    Edmund Halley, foi um notável astrónomo e matemático britânico do século XVII que teorizou em 1692 a constituição da Terra Oca. Estes dois cientistas seriam ainda hoje ridicularizados por pessoas como você que devia aprender mais do que sabe ou julga saber.

    Também Leonhard Euler, matemático e físico suiço, mestre em Filosofia, famoso pelos seus trabalhos em mecânica, óptica e astronomia, defendeu a tese da Terra Oca com um ‘Sol Central’ tal como exemplificado na gravura do tema em debate.

    Nicholas Kollerstrom, escritor inglês historiador da Ciência, notou que a primeira noção da Terra Oca surgiu no Philosophiae Naturalis Principia Mathematica de Newton (um trabalho que constitui a fundação da ciência física moderna), onde foi encontrada a tese de Edmund Halley de que “a estrutura interior da Terra é a de uma série de esferas ocas contidas sucessivamente uma dentro da outra”…

    Esta teoria na época já consubstanciava algo que o próprio Newton dava crédito e nunca poderia ter produzido o Principia sem o encorajamento de Halley, pois a ideia de que o globo terrestre é oco é muito antiga e foi esse grande astrónomo do século XVII que a defendeu sem qualquer receio de ser ridicularizado na época pelos que, tal como hoje, têm muita relutância em aceitar a ideia de Halley pois a que vigora oficialmente é aquela da Terra ser constituida por Crosta, Manto e Núcleo, sendo este de magma donde provém a lava dos vulcões.

    Porém, foi Richard Byrd, Vice-Almirante norte-americano que provou o contrário quando fez duas expedições aos Polos e adentrou a Terra em milhares de kilómetros através dos mesmos, tendo feito uma descoberta fantástica falando de um mundo estranho que nunca tinha visto, uma “Terra de Eterno Mistério” onde encontrou o “Centro do Grande Desconhecido”.

    Muitos pseudo sábios da Ciência Moderna ainda não entenderam isso, rejeitando toda a história da experiência vivida por Byrd no interior da Terra, tendo anotado tudo no seu Diário. A NASA sabe a verdade mas seus cientistas estão impedidos de a revelarem ao Mundo, tal como fizeram com Richard Byrd que foi obrigado a manter-se em silêncio até quase ao fim de sua vida.

    Portanto, Edmund Halley estaria pois familiarizado com todas estas ideias e também com as descrições da Terra Oca de Platão, Aristóteles, Lucrécio, Sêneca e Dante. O gênio de Halley, nós o reconhecemos hoje, mas no que toca à Terra Oca muitos são os que o acham tolo, tal como acham Newton que afinal também comungava das mesmas ideias.

    Você devia dominar sua soberba e arrogância, caro Oliveira, e abrir mais sua mente preconceituosa para o Conhecimento.

    Rui Palmela

    1. Os cientistas enganam-se. Foi o caso do Halley. Ele até dizia que as auroras vinham de lá. Como se sabe hoje, estava enganado.
      É pena que a sua cegueira não o permita ver a luz.

      É pena que o seu ego seja tão grande e a sua arrogância seja tal, que queira colocar as suas crenças pessoais acima da verdade e do conhecimento.

      Já quanto ao Byrd, provou precisamente o CONTRÁRIO daquilo que o ignorante do Rui Palmela reivindica.
      Mas, como tem sido a sua constante, o Rui Palmela prefere as mentiras ao conhecimento.
      Os ignorantes são assim…

      http://www.skepdic.com/hollowearth.html

      Claro que quem tem conhecimento, como eu, é chamado de arrogante por ter esse conhecimento… já o grande sábio é o Rui Palmela porque acredita nas maiores parvoíces que lê.

      Eu realmente tenho uma mente preconceituosa *para* o conhecimento. Ponho o conhecimento acima de tudo.
      Já o Rui Palmela põe as suas crenças acima dos factos, e tem uma mente tão aberta que o seu cérebro já caiu…

      Parabéns! LOL

        • Cavalcanti on 16/12/2011 at 18:22

        Sobre a contribuição de Newton acerca deste assunto, desconheço… 🙁

        Com relação à teoria da Terra-Oca, sim, infelizmente, dois grandes nomes da ciência, devem ser “destacados” por terem contribuído para a existência desta: Edmund Halley – o cientista cuja verdadeira competência científica já sabemos 😉 – teve a infeliz ideia de trazer a público algumas de suas considerações de que uma “Terra-Oca” seria plausível para explicar estranhas anomalias no campo magnético da Terra – inclusive dedicou um artigo, denominado “A Theory of the Variation of the Magnetic Compass”, datado de junho de 1683.

        O problema é que o Halley, neste quesito, trabalhou com DADOS INCORRETOS – como por exemplo, de que a Terra possuía quatro pólos magnéticos – hoje sabemos que só existem dois 😉 .

        Também é atribuído ao Leonhard Euler (oh! até tu, Euler? Criador de um dos Métodos Numéricos, que tanto nos auxiliaram nos cálculos de Equações Ordinárias, PVI’s, Cálculo de Reatores, Adsorção 😛 ) ter dado argamassa nessa teoria não-fundamentada afirmando que existia um único “sol” que provia iluminação e aquecimento a uma civilização que vivia no interior da crosta terrestre (carece de fonte mais confiáveis que o Wikipedia 😉 )

        Falta saber se esses dois grandes cientistas – um astrônomo e matemático; o outro, genial matemático e físico – estavam a saborear um cachimbo-da-paz com os índios Cherokee quando teorizaram esses disparates… 🙁

        Segue os link’s abaixo:

        http://www.ceticismoaberto.com/fortianismo/2134/que-curiosidade-na-estrutura-a-terra-oca-na-cincia

        http://pt.wikipedia.org/wiki/Terra_oca

    • Fernando Fragoso on 13/12/2011 at 00:09
    • Responder

    No gogle maps nos 90º norte ou sul com zum cheguem pouco a pouco perto do solo e verificarão que sai uma luz intensa do centro da terra.
    Também em marte e na Lua acontece o mesmo!

    1. O Google Maps não é um telescópio ou um observatório astronómico.
      Se procurar as fotos originais, percebe a que se deve isso. E NADA tem a ver com as mentiras da terra ôca.

      abraços

  8. Isaac Asimov no seu livro Guia da Terra e do Espaço, a partir da página 53, explica perfeitamente como surgiram os disparates da Terra Ôca.

  9. Rui Palmela,

    Continua ignorante, pseudo, a disseminar mentiras, e a ACREDITAR no Pai Natal.
    Ou seja, acredita em QUALQUER MENTIRA que leia, provando que é um ILITERADO funcional.

    Em vez de procurar conhecimento… só sabe acreditar e disseminar MENTIRAS, fruto de uma acefalia cerebral por demais evidente.

    Essa história foi inventada, e disseminada por imensos sítios PSEUDO, que não têm mais nada o que fazer do que enganar as pessoas que crêem em tudo que seja absurdo.

    Para saber a verdade, faça uma coisa: procure os nomes dos “cientistas”. Procure saber onde trabalham e qual é o seu trabalho. Basta isso para perceber a IDIOTICE destas suas crenças pseudo-religiosas.
    Mas se quiser, após os encontrar ainda pode contactá-los.

    Não é a ciência contra a ciência. É a VERDADE da Ciência contra estas MENTIRAS dos Pseudo.

    Pense um bocado, em vez de dizer DISPARATES! PÁRE de MENTIR!!!!

    Que falta de inteligência da sua parte!!!!
    Não é burro quem não sabe. Burro é quem pode saber mas prefere viver de mentiras!!!

    enfim… santa paciência para aturar este tipo de pessoas…

  10. A ciência contra a ciência.

    Isto não fui eu que escrevi mas talvez o Newton numa reencarnação de algum desses cientistas do mundo atual:

    “Dois cientistas da Fundação Instituto Biofísico de Investigações, com sede em La Matanza (Argentina) disseram ter captado sinais radioativos, microondas, níveis elétricos e oscilações provindas do centro da Terra. Conforme o jornal El Tribuno, o Instituto Biofísico é coordenado pelo ufólogo Pedro Romaniuk, autor de 20 livros sobre Ufologia. Depois de analisar os sinais, os cientistas Omar Hesse e Jorge Milstein concluíram que eles parecem ser de algum tipo de tecnologia inteligente. Seria a prova da existência de seres intraterrenos habitando o interior da Terra? Eles acreditam que sim.Recentemente, Hesse e Milstein foram até as montanhas que cercam a cidade argentina de Cachi, a 157 Km de Buenos Aires e a 2.280 metros do nível do mar. O local foi escolhido com base em quatro documentários em vídeo rodados nas montanhas pelo alpinista Antonio Zuleta. Em todos os vídeos há imagens de enigmáticos UFOs brilhantes se deslocando no ar e mergulhando na Terra, exatamente no mesmo ponto. Isso sugere a possibilidade de haver uma abertura secreta em algum ponto das montanhas. Uma entrada para regiões subterrâneas habitadas por intraterrenos. Usando um equipamento especial russo, Hesse e Milstein detectaram vários tipos de sinais que não podem ser criados por “causas naturais”. Hesse conta que foram achados sinais de corrente alternada quilômetros abaixo da superfície. “Podem ser motores”, afirmou. “Teremos de fazer novas pesquisas e utilizar equipamentos ainda mais avançados”, completa Milstein. Os ufólogos filiados à Fundação FICI receberam com naturalidade os revolucionários resultados da pesquisa científica. Eles sempre ouviram relatos de UFOs daquela região, que despertam interesse no mundo inteiro”.

  11. Mais um post sobre os disparates do mesmo pseudo, aqui:
    http://www.astropt.org/2011/04/06/boriska-o-extraterrestre/

  12. Após toda a estupidez e puras mentiras (como se pode ver pelos comentários anterior) destiladas pelo Rui Palmela, fruto das suas crenças pessoais sem qualquer base na verdade, decidi parar de publicitar esses disparates que ele continuou a enviar em comentários – não estou para perder mais tempo com crenças religiosas.

    Vai daí, como é normal nos pseudos que são desafiados com a verdade, ele decidiu chorar pela net que tinha sido mal tratado – porque, nas palavras dele, eu “desacredito tudo e mais alguma coisa”. Enfim…
    😀

    Mas decidi enviar-lhe este comentário:

    Agradeço-lhe a publicidade!! Obrigado!!!
    Espero que toda a gente nos visite e perceba que damos relevância às evidências, e não às crenças de cada um.
    Cada qual é livre de ter as crenças que quiser, mas obviamente que crenças não fazem parte de um sítio científico (tal como as pessoas não vão às Igrejas para ouvir falar de ciência).

    Mas digo-lhe o que já lhe disse antes: a sua forma de ser pseudo-religiosa nunca fez nada pelo mundo. Já a ciência sempre fez avançar o mundo.
    A sua HIPOCRISIA vai ao ponto de atacar a ciência, enquanto utiliza diariamente os frutos dela (incluindo computadores e internet).

    Relatórios secretos, ou não sabe deles (são secretos), ou então é aquele de que falou antes, e que é MENTIRA o que disse, bastando para isso ler o tal relatório em vez de ACREDITAR em estórias de net.

    Quanto a eu ofender quem acredita em extraterrestres, isso é pura mentira. Eu sou astrobiólogo. Costumo dizer na comunicação social que acredito neles a 110%. Como vê, se em vez de assumir MENTIRAS, procurasse o conhecimento, talvez passasse a ser uma pessoa mais positiva.

    De resto, torno-lhe a deixar aqui a frase de Stan, de South Park, sobre todos esses que sob o manto da pseudo-religiosidade andam a enganar as pessoas:
    “Stan: Because the big questions in life are tough: Why are we here? Where are we from? Where are we going? But if people believe in asshole douchey liars like you, we’re never gonna find the real answer to those questions. You aren’t just lying, you’re slowing down the progress of all mankind, you douche!”

    Faça o que quiser com este comentário, incluindo continuar na senda de mentir, fazer interpretações erradas, e realizar homilias com citações de livros religiosos supostamente transmitidos por seres avançados que vieram dos céus para falar com os seus profetas.

    E deixe-me que lhe diga mais:

    Vê-se pelos seus artigos que é um fanático religioso. E até aí, tudo bem. Cada qual é o que quer ser.
    Pode ir para um cantinho numa caverna, dizer mal da ciência, pedindo aos deuses que o venham salvar. É a sua escolha.
    Dizer mal da ciência, enquanto a utiliza diariamente, isso já é hipocrisia.

    Nota-se igualmente que não detém pensamento crítico, tem conhecimentos deficientes dos assuntos, e tem um nível intelectual bastante baixo.
    Mas é a sua escolha não procurar mais conhecimento, preferindo seguir crenças pessoais.

    Mas pior que é isso, é a burrice e a personalidade própria de bêbados e drogados, que demonstrou quando veio ao astroPT. E isso, dá pena. Enfim, coitado, não sabe mais.
    Passo a explicar:
    Ninguém com um mínimo de inteligência entra, por exemplo, numa Igreja, aos gritos que eles estão todos errados, e que deviam todos seguir a ciência. Porquê? Porque esse não é o local para isso. Seria uma BURRICE fazer isso. Da mesma forma que ninguém vai gritar e defender o FCP para o meio da claque do Benfica. Seria uma BURRICE. Da mesma forma, o astroPT é um local de ciência, em que não estamos interessados nas crenças suas, minhas, ou seja de quem fôr. No entanto, demonstrando a falta desse mínimo de inteligência, o Rui Palmela resolveu entrar lá várias vezes para falar das suas crenças.
    Por outro lado, os bebados podem nem gostar de cerveja mas bebem-na na mesma, ou os drogados podem até nem querer tomar certos tipos de droga mas tomam-no na mesma, porque infelizmente têm tantos problemas psicológicos que não conseguem ter vontade própria. São doenças do foro psicológico. Da mesma forma, foi dito ao Rui Palmela que o astroPT era um local de ciência que não estava interessado em crenças, e o Rui Palmela continuou a ir para lá falar das suas crenças, como uma pessoa doente psicologicamente que não consegue parar algo que não quer.
    Enfim… dá pena. São problemas psicológicos que consultas em psiquiatria poderiam ajudar.

    Ou seja, não quer saber de conhecimento científico, não vai ao astroPT. Ponto Final.
    Nunca ninguém o obrigou a lá ir, e se não gosta, não vai. Ponto Final.
    Esta seria obviamente a atitude mais sensata de uma pessoa racional e psicologicamente estável.
    Andar a criar guerras estúpidas, e a fazer de troll, só porque há sites que não querem saber das suas crenças, é de um absurdo de todo o tamanho. Enfim…

    Mesmo as Testemunhas de Jeová, batem primeiro à porta, e perguntam às pessoas, na casa delas, se essas pessoas querem falar sobre as crenças deles. Se as pessoas, na casa delas, disserem que não querem falar dessas crenças, então as Testemunhas de Jeová vão pregar para outro lado.
    Já o Rui Palmela entra na casa dos outros (astroPT), a falar das suas crenças, e mesmo após as pessoas, na cada delas, lhe dizerem que não estão interessadas nas suas crenças, o Rui Palmela continua a tentar impôr as suas crenças e a desrespeitar as pessoas nas suas próprias casas.
    Depois faz-se de vítima, dizendo que foi posto à porta, e que as pessoas foram malcriadas consigo por lhe fazerem isso…
    Enfim… o desrespeito pelos outros e a irracionalidade são bem visíveis nas suas atitudes.

    É absurdo e é um desrespeito pelas outras pessoas na sua própria casa.

    Repito: Não quer saber de conhecimento científico, não vai ao astroPT. Ponto Final.

  13. eu acredito…

    …que mais uma vez alguém se esqueceu dos comprimidos no balcão da farmácia…

  1. […] matar a população (entretanto a população passou a barreira dos 7 mil milhões). Dizem que a Terra é ôca e, ao mesmo tempo é plana (também são duas corrente identificadas nos mesmos sites. Ou seja, […]

  2. […] aí é que está o perigo que paira sobre todos nós; na verdade sob todos nós. A Teoria da Terra Ôca é verdadeira e esse interior é habitado por uma civilização avançadíssima de seres roedores, […]

  3. […] Terapias Alternativas. Leitora de sina. Parvalhão. Intuitos. Depois da Vida. Terra Plana. Terra Ôca. Fósseis de Humanos Gigantes. Abominável Homem das Neves. Triângulo das Bermudas. Lula gigante. […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.