Terramoto move o Japão e leva a dias mais curtos

O terramoto no Japão levou a uma pequena mudança no eixo de rotação da Terra, e levou a que a Terra rode mais depressa, o que faz com que os dias passem a ser mais curtos!

Os terramotos têm estes efeitos.
A 26 de Dezembro de 2004, o terramoto de 9,1 na Indonésia levou ao eixo da Terra se deslocar 7 cms, e o dia diminuir em 6,8 milionésimos de segundo.
A 27 de Fevereiro de 2010, o terramoto de 8,8 no Chile levou ao eixo da Terra se deslocar cerca de 8 cms, e o dia diminuir em 1,26 milionésimos de segundo.

O recente terramoto no Japão levou a:
eixo da Terra deslocou-se cerca de 10 cms.
– as placas tectónicas moveram-se cerca de 18 metros.
o Japão moveu-se cerca de 2,4 metros na direcção da Califórnia. Está assim mais perto dos EUA.
a rotação da Terra acelerou 1,6 milionésimos de segundo (microsegundos), o que faz com que o dia (24 horas) diminua nesse valor.
(lembremo-nos que no passado a Terra rodava mais depressa, e que os dias eram assim mais curtos; agora têm cerca de 24 horas; no futuro a Terra rodará cada vez mais devagar, e os dias serão mais longos)

Isto são efeitos normais.
Apesar de se vender isto como sendo surpreendente.

Muito importante: tudo isto são previsões, a partir de modelos de computador.
É que as mudanças são tão pequenas e irrisórias, que ninguém as consegue medir fisicamente.
Na prática, nada mudou 🙂

Só afecta mesmo algumas missões espaciais, mas não a população em geral, como diz aqui e aqui:
“Embora um microssegundo, que equivale a uma milionésima parte do segundo, não tenha qualquer relevância para o quotidiano das pessoas, pode ter um impacto significativo para operações de grande precisão. Richard Gross, também do JPL, exemplicou este impacto, dizendo que um erro de microssegundos nos computadores terrestres pode alterar quilómetros nas instruções enviadas aos robôs da NASA, em Marte.”
“Gross said the changes in Earth’s rotation and figure axis caused by earthquakes should not have any impacts on our daily lives. “These changes in Earth’s rotation are perfectly natural and happen all the time,” he said. “People shouldn’t worry about them”.”

Por isso, nada de histerias ou medos infundados! 🙂

17 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Rosana Alves Pinto on 12/11/2014 at 15:14
    • Responder

    Sr. Carlos Oliveira, bom dia. Por favor, o senhor conhece algum site que tenha informações oficiais que acompanhem as alterações do eixo da terra? Se tiver, pode compartilhar essa informação no facebook abaixo?

    1. Este é um local de conhecimento!
      Obviamente que não partilhamos informação vigarista sobre supostas e mentirosas transições planetárias (daí ter retirado o link que enviou).

      Rosana, você escreveu este comentário numa coisa chamada internet, que lhe é dada pelos cientistas e com base no conhecimento científico!

      Essa página de Facebook utiliza a internet, que lhe é dada pelo conhecimento científico, para negar que esse conhecimento não existe!
      É pura HIPOCRISIA.
      É andar a cuspir no prato que lhe dá de comer!

      Se quiser ter conhecimento, leia este artigo:
      http://www.astropt.org/2011/12/06/campo-magnetico-da-terra-reversao-dos-polos/

      abraços

  1. Olá,
    Há alguma notícia sobre o terremoto que ocorreu no Irã no dia 16/04/13, se influenciou a rotação da Terra, como o que ocorreu na China?
    Obrigado

    1. Todos os terramotos, centenas deles todos os dias, influenciam. São influencias completamente irrelevantes para nós.

      No Irão acontecem vários terramotos todos os dias.
      Na Califórnia também.
      No Japão também.

      E por aí adiante…

      Já explicamos isso 😉

      Se for aqui vê os terramotos em tempo real:
      http://quakes.globalincidentmap.com/

      Sempre foi assim e sempre será.

  2. Obrigado!!! Já mudei! 🙂

  3. oceania-turismo.comtem essa outra imagem também http://www.oceania-turismo.com/mapas/mapa/asia-oceania.jpg

  4. tem essa outra http://bionicbong.com/wp-content/uploads/2010/12/earth-japan.jpg

  5. essa é de um eclipse…
    se eu pusesse essa, o luis carlos diria que a imagem era errada porque não era do Japão mas de um eclipse, e provavelmente alguém ainda pensaria que o Japão lá em cima tinha desaparecido
    😉

    • Conceição Monteiro on 15/03/2011 at 22:16
    • Responder

    Uba…, vou trabalhar menos 1,6 microsegundos 🙂 …. ou será que vou dormir menos 1,6 microsegundos? 🙁

  6. Quando clico nesse link, vai ter à página principal…
    quando ponho esse código da imagem: P-019-04916 diz isto: Number of search results: 0
    🙁

  7. eu achei essa imagem da terra em que se ve o japao no da JAXA http://jda-strm.tksc.jaxa.jp/archive/photo/P-019-04916/c3d95c9fc0324c9ea97e7ee1d8353309.jpg

  8. Foi a que encontrei. A imagem é desta notícia da NASA.

    Como o movimento é do eixo do planeta (como um todo) e de placas tectónicas, não achei necessário ter uma fotografia só ao Japão, mas sim à Terra toda.

    Mas se nos enviar uma imagem do planeta todo, em que se veja o Japão, eu substituo a imagem 😉

  9. eu so nao entendo uma coisa por que na imagem acima esta mostrando a américa do norte e nao o japão!

  10. Por causa da mudança no eixo da Terra sobre a hora do Equinócio?
    http://en.wikipedia.org/wiki/Equinox

    Penso que pode ter afectado as “12 horas”… mas afectou tão pouco, que nem se consegue medir.
    Parece-me que será essa a resposta certa 🙂

  11. Isto implica que o início da primavera se atrase?

    • maria evangelina silva on 15/03/2011 at 18:24
    • Responder

    Muito obrigada !
    Uma explicação muito clara.
    Por este lado não há preocupações…falta ver o que acontece com a(s) central (ais) nucleares 🙂

  1. […] 2 – Terra: Planeta de Água. Filme Home. Datas. Citações e Fotos (Blue Marble, Berlinde Azul). Mapa. Continentes. Infografia. Afastamento. 2 luas (e aqui). Aeroportos. Nuvens. Migração. Deriva Continental. Rotação abranda. Auroras (25 + 20 + 15 + 9 + premiada). Desastres: Eyjafjallajökull e vídeos. Maré Negra. Trovoada (aqui, aqui, e aqui). Terramoto no Japão (dias mais curtos). […]

Responder a luis carlos Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.