Nuvem do Caos irá dissolver a Terra em 2014 ?

O nosso leitor Weslley deixou este comentário aqui no blog.

Antes de passar à notícia propriamente dita, deixem-me explicar uma coisa sobre Literacia.
Vivemos numa sociedade da informação. Ao contrário de há 15 anos atrás, hoje sabemos o que se passa do outro lado do mundo no segundo a seguir a ter acontecido, e temos toda a informação disponível na ponta dos dedos.
Daí que atualmente, literacia não é saber ler ou escrever, mas literacia atualmente define-se como Literacia Funcional – saber avaliar a enorme quantidade de informação que nos chega. E se não conseguirmos avaliar por nós próprios (porque não podemos saber sobre tudo), então devemos reconhecer os especialistas e perguntar-lhes.
Para mim, esta é a definição de inteligência. Inteligência é a utilização do pensamento crítico que nos permite ter uma Literacia Funcional.
Já quem acredita em profecias, fins-do-mundo, etc, demonstra não ter essa inteligência. E quem se deixa levar por essas profecias praticamente todos os anos, então é parvo.

Com isto quero dizer que o Weslley fez o correto. Não tinha a certeza sobre a legitimidade de uma notícia, por isso, perguntou. Demonstrou inteligência!

Algo geral que podem aplicar a todas estas notícias é o Detetor de Disparates – Baloney (Bullsh*t) Detection Kit – de Carl Sagan.
Normalmente estas histórias sofrem de inúmeras falácias, que são facilmente reconhecidas se utilizarmos esse detetor.
Uma das falácias mais conhecidas é o erro de facto. Por exemplo, se a história disser que 2 + 2 = 7, sabemos logo que é mentira, que não é credível. Isto é o que se passa, por exemplo, sobre a Profecia Maia, em que as pessoas mentem sobre o que dizem os Maias, em que mentem dizendo que o calendário acabava em 2012, em que mentem ao dizer que irá haver um alinhamento planetário nessa altura, etc. São tudo erros de facto – mentiras facilmente expostas bastando para isso pesquisar um pouco.
Uma outra falácia é a fonte não ser credível ou não dizerem qual é a fonte.
Uma outra falácia é dizerem que é segredo. É falácia porque é um paradoxo. Se é segredo, então essa pessoa comum não sabe. Se foi divulgado, então é porque não é segredo.
Uma outra falácia é ligarem essa profecia a outras, para tentar dar falsamente uma maior credibilidade. Por vezes falam na Bíblia, segredos religiosos, pirâmides, ETs, etc.
Há muitas outras falácias que qualquer pessoa pode reconhecer ao avaliar este tipo de notícias divulgadas pelos conspiradores. Ou seja, qualquer pessoa, mesmo sem ter o conhecimento específico de determinada área, pode avaliar as notícias que lhe vão chegando.

Vamos agora passar ao exemplo em causa.
O Weslley disse-nos isto sobre a notícia que anda a ser veiculada:

(…) texto sobre uma tempestade que pode sugar a nossa galáxia em 2014 (…).

Os astrônomos a apelidaram de “Nuvem do Caos” porque ela dissolve tudo o que encontra em seu caminho incluindo cometas, asteróides, planetas e estrelas inteiras. Sua direção é a Terra. A notícia foi publicada no site do tablóide norte-americano “Weekly World News” com a seguinte manchete: “O mundo tem o direito de saber!”.

O buraco negro do qual a nuvem foi expelida se encontra a 28 mil anos luz da Terra.
Descoberta pelo laboratório de raios X Chandra da NASA, estação espacial norte-americana, a nuvem de poeira cósmica tem a largura de 10 milhões de milhas e foi comparada a uma nebulosa ácida que se move em nossa direção perto da velocidade da luz. A data estimada para sua chegada é 1 de junho de 2014 às 9h15min.

Um oficial sênior da Casa Branca que pediu para ficar no anonimato, disse que os conselheiros do sistema super secreto da presidência estão buscando alternativas rápidas.
“Isso é muito parecido com o aquecimento global. Os especialistas ainda estão decidindo se a mudança climática é ou não é real. Por enquanto a existência dessa ‘Nuvem do Caos’ é somente uma teoria. Os norte-americanos não devem se apavorar até que todos os fatos sejam apurados”, confortou o oficial.

Embora tenha alguns aspectos controversos, as análises da Fundação Charles Fort apontaram para vários aspectos interessantes, inclusive a relação existente com o terceiro segredo de Fátima, diversas previsões da Idade Média (incluindo uma das centúrias mais incompreendidas de Nostradamus), o fim do calendário maia e a Teoria Geral da Relatividade.

Vamos então analisar o texto:

– fala numa tempestade que pode sugar uma galáxia. Ora, isso não existe.
– diz que isso acontecerá em 2014. Isso é impossível. A nossa Galáxia é muito grande. Mesmo em Star Trek, com a Enterprise, nem metade da Galáxia conseguiam viajar. Como a Galáxia é muito grande, supondo que essa tempestade existia… estaria então muito longe de nós. Nada viaja mais rápido que a luz, logo a tempestade não poderia chegar em 2014.
– por outro lado, se fôr para chegar em 2014, então está mais próxima de nós do que a estrela mais próxima do Sol. Se é uma tempestade capaz de sugar galáxias, então será enorme. Sendo assim, deveria se ver no nosso céu todos os dias e todas as noites… já deveria estar a cobrir parte do céu!
– não há nenhuma nuvem ou nebulosa que dissolva planetas e tudo o que encontra…
– vem na direção da Terra. Isto demonstra geocentrismo psicológico. Num Universo gigantesco, algo único e tão devastador, vem precisamente na nossa direção! Somos um minúsculo ponto do espaço, mas pelos vistos atraímos tudo o que seja mau. Não faz sentido. Ou melhor, só o faz se imaginarmos que somos muitos especiais… o centro do Universo.
– o texto é do Weekly World News, que é um tablóide conhecido por inventar as notícias que publica… porque é essa a função desse tablóide. É satírico!!! Não é para ser levado a sério.
– buracos negros não expelem nada… muito menos nuvens. Este é um erro de facto.
– não especifica que tipo de buraco negro é. Existem vários tipos.
– buracos negros são pequenos… ou melhor, são menores que galáxias, e estão no centro das galáxias (assumindo que o texto fala em buracos negros supermassivos). Isso quer dizer que eles pertencem às galáxias onde se encontram. Não andam a “sugar” outras galáxias.
– se a nuvem se formou a 28 mil anos-luz de distância da Terra, então quer dizer que, no mínimo, se viajar à velocidade da luz, vai chegar cá daqui a 28 mil anos, e não em 2014.
– basta ir ao site do Observatório Espacial Chandra, e lá não fala nada disso.
– o Chandra seria incapaz de detetar a radiação que a notícia original afirma, como podem ler aqui.
– a NASA não é uma estação espacial. Mais um erro de facto.
– se se move perto da velocidade da luz, quer dizer que vem mais lenta que a velocidade da luz. Como está a 28 mil anos-luz da Terra, isso quer dizer que chegará aqui lá para o ano 40.000 – nunca em 2014.
– a data estimada para a chegada está ao minuto. Isto seria impossível saber com a tecnologia atual.
– a data estimada diz a hora e o minuto. Mas qual o fuso horário? Será a hora de Portugal, do Brasil, dos EUA, ou da Austrália? Mais uma evidência que não têm cuidado com as informações.
– as fontes são secretas.
– a fonte diz que afinal, isto é “só uma teoria”. Ou seja, é uma “ideia no ar”, e não verdadeiro.
– como é “só uma teoria”, mas sabem que vem na direção da Terra e até sabem o minuto que vai bater aqui? É mais um paradoxo.
– comparar uma nuvem que supostamente suga galáxias ao aquecimento global, dizendo que as mudanças climáticas podem não ser reais, é no mínimo enganador.
– as análises são supostamente da Fundação Charles Fort. Quem tem os livros dele e conhece o seu trabalho, percebe que este é mais um sinal de que se deve duvidar desta notícia.
– a Fundação Charles Fort não existe. Existe sim o Instituto Charles Fort, e, como era de prever, não tem nada a ver com isto.
– por fim, a ligação já normal nestes casos a temas pseudos e religiosos que são mentira: segredo de Fátima, Nostradamus, e calendário maia. Também ligam à Relatividade para tentarem dar um ar sério a algo que é totalmente mentira.

Há textos com uma tradução ligeiramente diferente, como aqui:
Nebulosa capaz de dissolver planeta se dirige à Terra!
Astrônomos paralisados de medo descobriram uma massa misteriosa que chamaram de uma “nuvem de caos” que dissolve tudo em seu caminho, incluindo cometas, asteróides, planetas e estrelas inteiras — e ela está vindo diretamente para a Terra! Descoberta em 6 de abril Observatório de Raios-X Chandra da Nasa, a nebulosa cósmica de 10 milhões de milhas de tamanho girando foi comparada a uma “nebulosa ácida” e está se aproximando de nós perto da velocidade de luz — fazendo com que seu tempo estimado de chegada seja às 9:15 da manhã do dia 1 de junho de 2014.

Como se pode ver, apesar de ligeiramente diferente em algumas frases, a história é a mesma.

Existe um outro texto, ligeiramente diferente, aqui.

O jornal Terra, também fala desta notícia, aqui.
Este jornal dá mais algumas informações (além daquelas que já coloquei em cima).
Diz que o texto original é de 12 de Setembro de 2005.
A notícia original diz que a nuvem de poeira tem 16 milhões de kms. Quando está mais perto de nós, Vénus está a cerca de 38 milhões de kms da Terra. Supostamente esta nuvem ocupa quase metade da distância entre estes 2 planetas.
Como é que uma nuvem de poeira dissolve planetas? Mais um paradoxo.
A notícia original diz que a fonte é Albert Sherwinski, astrofísico da Universidade de Cambridge, na Inglaterra. Basta ir ao site da Universidade, e percebe-se que este astrofísico não existe lá.

A wikipedia também diz que esta notícia é falsa, aqui e aqui.

mais 4 coisas sobre o jornal satírico em questão:
– se fizerem uma pesquisa nesse jornal, vêem várias notícias do mesmo género sobre “nuvens do caos” sobre diferentes locais: Florida, Ohio, etc.
– mas não desesperem. O mesmo jornal já tem um cartoon em que o herói é um rapaz-morcego que combate essa nuvem.
– no passado este jornal já teve uma capa com o ex-presidente George Bush a dizer: “Lei do Congresso fará de Weekly World News leitura obrigatória a todos os americanos”. É para rir.
– por fim, este mesmo jornal tem uma notícia que só pode ser verdade. Diz o jornal que se as raparigas fizerem topless constantemente (ou seja, na vida diária, na rua e em todo o lado) podem viver mais 10, 20, ou 30 anos!! Quanto mais andarem em topless, mais vivem. Isto é uma investigação do Instituto para o Estudo dos Seios, e o Dr. Andrew Mansfield, diretor do Instituto, confirma a veracidade destas informações. A Dra. Eleanor Zeitzer, fundadora do Instituto de Estudos sobre o Envelhecimento, também confirma os resultados deste estudo. Ou seja, esqueçam tudo o que eu disse atrás!!! Obviamente que o jornal diz a verdade, porque este estudo só pode ser verdadeiro!!! Vá lá, meninas… sigam as recomendações médicas 😛

47 comentários

7 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Felipe Sarinho on 27/09/2014 at 16:32
    • Responder

    se passou e eu nem lembrei

  1. vc acha q eu vou acreditar nessa bobeira eu posso ter 9 anos mais isso não existe assim como o fim do mundo foi só uma coisa ridícula para as pessoas acreditarem assim como E.T.s n existem…

    • Gabriel Sérgio on 01/06/2014 at 21:17
    • Responder

    É um facto comprovado por vários especialistas que essa núvem não dissolve adamantium! Vou fazer um abrigo de adamantium, mas só por precaução, vou calafetá-lo com kryptonite. Devo ficar seguro! Oh, mas depois não terei uma Terra para quando a núvem passar 🙁

  2. pff merda MENTIRA! JA PASSOU AS 9:15 e nada 🙂

  3. Brinquem, brinquem. Quando chegar o Nibiru vão ver o que é bom da natureza.

    1. LOL 😛

      Olha que os conspiradores vão usar as tuas palavras para provar as fantasias deles 😛

    • Jorge Eustaquio on 29/05/2014 at 13:19
    • Responder

    É daqui a 3 dias e cadê a nuvem? rsrsrsrs cada uma q me aparece…..

  1. […] – Ou estávamos certos, mais uma vez, de que esta profecia era uma farsa. Ou seja, ou as nossas previsões foram, mais uma vez, as corretas… e então […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.