ARISS – Amateur Radio on International Space Station


A Escola EBI/JI de Montenegro realizou um contacto via rádio com a astronauta Catherine Coleman, na Estação Espacial Internacional, no dia 23 de Maio, às 13h36, no auditório da escola. Neste contacto, vinte alunos colocaram uma questão em inglês aos astronautas sobre a exploração espacial e a vida dos astronautas na Estação Espacial Internacional.
Foram 15 minutos inesquecíveis, onde os alunos colocaram várias questões sobre o que se come no Espaço, se acredita que o Homem vai pisar Marte nos próximos dez anos ou qual a pior coisa que já lhe aconteceu lá em cima.
“I hear you loud and clear”, alto e bom som, respondeu Catherine, depois de cerca de um minuto de chamadas a partir da Terra, sem qualquer resposta.

Este projecto foi implementado com o apoio da REP (Rede de Emissores Portugueses), responsáveis pelo equipamento técnico e pela presença do radioamador. Quase um ano depois do início do projecto, 15 minutos em directo com a ISS. Muito trabalho envolvido, mas uma experiência fantástica.
Mais informações e fotos sobre esta inesquecível experiência  aqui, aqui e aqui.

Leia aqui a notícia da ESA sobre este contacto.

 

12 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Adorei a inciativa, é bom andar com a cabeça no espaço e quanto mais cedo a nova geração se aperceber disso, melhor 🙂 Montenegro, uma localidade nas margens da Ria Formosa que tem uma paisagem virada para a cidade de Faro que é unica, perfeita para estabelecer contato com o Espaço 😉

  2. Olá a todos

    Estive a ver o filme da actividade e dou os meus parabéns à Patrícia pela iniciativa. Muito bem, deu uma projecção à escola incrível e para os alunos é uma experiência que nunca mais esquecem….se quiseres uma palestra aí na escola sobre a ISS é só dizer, eh, eh..embora o Algarve seja muito longe para mim….

    Um abraço

  3. ahhh pronto… já foi mudado 🙂

    sempre é uma foto mais gira 🙂

      • Ana Guerreiro Pereira on 24/05/2011 at 21:54
      • Responder

      Confessa, agora foi para propiciares frases do estilo, oh, carlos, mas tu tb tens uma foto gira! 😛

      1. LOL 😛 não 🙂

        tu és uma aranha? 😛

        • Ana Guerreiro Pereira on 24/05/2011 at 22:16

        LOOOOOL 😀 parece, mas não é 😀 é um retrovírus pá!! 😀 está mais ao estilo bacteriófafo (http://en.wikipedia.org/wiki/Bacteriophage), que são dos vírus mais emblemáticos e que quase toda a gente reconhece (por exemplo, vê aqui:(http://farm3.static.flickr.com/2668/3998425218_605cb6ce69.jpg ). Depois é dar-lhe um arzinho retro et voilá 😀

        O original é este: http://fc09.deviantart.net/fs34/f/2008/301/4/8/Retrovirus_by_Velica.jpg

        • Ana Guerreiro Pereira on 24/05/2011 at 22:28

        Bacteriofafo é giro, mas o nome é bacteriófago… sorry.

  4. Ah, ah. Nada de confusões. 🙂

      • Ana Guerreiro Pereira on 24/05/2011 at 21:56
      • Responder

      Patrícia, excelente iniciativa!! :))))) vivó Montenegro! 😀 (moro em Faro, ehehe, e parte da minha famelga mora no Montenegro… 😀 a rua Inácio Narciso, é em homenagem ao meu tio-avô e tudo eheheheh – olhem a coincidência gira <:D)

      Mas mais "giro" é ver que ainda existem professores com amor à camisola e que todos sonham ter. :))))

  5. Sim, eu já disse à Patrícia 🙂

    Como fui eu que criei a conta, aquilo assume a minha foto 😛
    Se eu fôr lá à conta dela tentar modificar isso, então vai assumir novamente que sou eu (já aconteceu no passado) 😛

    Só ela mesmo pode ir à conta dela e retirar a minha foto 🙂

    Só para clarificar: a Patrícia não é aquela foto que está lá agora 😛 ehehehe

    • Ana Guerreiro Pereira on 24/05/2011 at 19:42
    • Responder

    Olhem, o nome da Patrícia Raposo vem associado à foto do coordenador do Astropt :DDD é…estranho! LOOOOL! Tenho a certeza já vi uma foto da Patrícia e jurava que tem o cabelo mais comprido! 😀

Responder a Patrícia Raposo Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.