NGC 2403 em Camelopardalis

A magnífica NGC 2403, na APOD de hoje, está nos limites da constelação de Girafa ou Camelopardalis. Fica a cerca de 10 milhões de anos-luz de distância e tem cerca de 50 mil anos-luz de tamanho. Esta galáxia espiral tem regiões HII, marcadas pelo brilho avermelhado indicando a presença de hidrogénio.

A NGC 2403 assemelha-se a outra galáxia com abundantes regiões de formação de estrelas no nosso grupo de galáxias local, a Galáxia do Triângulo M33.

As explosões de supernovas seguem de perto a formação de estrelas de grande massa e vida curta. Em 2004, uma das supernovas mais brilhantes foi descoberta na NGC 2403. Fácil de ser confundida com uma estrela da Via Láctea, a poderosa supernova é vista aqui como uma “estrela” brilhante e com pontas, no lado esquerdo da foto.

Este formidável retrato cósmico é uma montagem de dados de imagens feitas no espaço e em terra, respectivamente do Hubble Space Telescope e do Subaru Telescope, localizado no topo do Mauna Kea, no Havai.

2 comentários

1 ping

    • Conceição Monteiro on 23/07/2011 at 23:01
    • Responder

    Olá Hugo.

    Sim, estava um erro.
    Já foi alterado.

  1. Creio que há um erro nas dimensões da galáxia. Para além da distância ser mais 8 milhões de anos-luz, o seu “tamanho” também não é de 50 milhões de anos-luz. Falar em tamanho é um bocado vago, portanto, assumo que aquele fosse o valor do comprimento do seu eixo maior é de cerca de 50 mil anos-luz.

  1. […] – Galáxias: Sombrero. Antenas. M51. Anel. NGC 7331 (e aqui). NGC 2403. NGC 2683. NGC 2841. NGC 3190. NGC 3521. NGC 891. NGC 300. NGC 1300. Rosa. Olhos. Ponto de […]

Responder a Hugo Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.