Elenin não é uma anã castanha nem o Nibiru

Não percebo a mentalidade dos pseudos.
Existe o conhecimento e existe o contrário, que é a ignorância.
Para os pseudos crentes obcecados por conspirações, qualquer parvoíce que seja dita que seja contrária aos factos, para eles então só pode ser verdade. Qualquer mentira por mais disparatada que seja, para os conspiradores é um sinal que só pode ser uma hipótese possivelmente verdadeira.
Como disse o Hitler, quanto mais descarada fôr a mentira, mais fácil é convencer os acéfalos da veracidade dessa mentira.

Já escrevi alguns posts sobre o cometa Elenin, como podem ver aqui.
Todos os anos são descobertos cerca de 15 novos cometas. O Elenin foi descoberto o ano passado, juntamente com vários outros.

Os factos são simples e nada extraordinários:
o núcleo (que é o que conta) do cometa Elenin tem cerca de 3 kms. É minúsculo, comparando com o núcleo do cometa Halley (15 kms) e com o núcleo do cometa Hale-Bopp (60 kms).
o mais perto que estará da Terra será à distância de Vénus (quando está do “nosso lado do Sol”), ou seja, cerca de 0.233 AU. Isto é muito mais longe que muitos outros cometas que têm passado perto da Terra, incluindo alguns que temos falado aqui no blog.
– essa maior aproximação (mesmo assim muito longe) será no dia 16 de Outubro.
– como estará muito longe e é bastante pequeno, nem se vai ver a olho nú. Terá uma magnitude aparente de 6.

Resumindo e concluindo: é um cometa sem história. É um cometa igual a centenas de outros que passaram por aqui nos últimos 10 anos, e que ninguém deu por eles. Não é famoso, porque nunca será um cometa que fará história pelos nossos céus, como fizeram o Halley e o Hale-Bopp por exemplo.

Estes são os factos.

Agora, entram em cena os pseudos crentes em conspirações disparatadas.

Se eu dissesse que o cometa Elenin é o trenó do Pai Natal, alguém acreditaria? Não! Porque não? Porque não faria sentido, porque é disparatado, e porque os factos são contrários a essa crença.
No entanto, há quem diga disparates muito piores, e mesmo assim há quem acredite nessas mentiras.

Se forem ao Google e procurarem por Elenin e Nibiru vêem mais de 1 milhão de páginas devotadas sobretudo à divulgação do disparate que o Elenin é o Nibiru.
Se forem ao Google e procurarem por Elenin e brown dwarf (anã castanha em Portugal e anã marrom no Brasil) vêem mais de 200 mil páginas devotadas sobretudo à divulgação do disparate que o Elenin é uma anã castanha.
(Outros disparates mentirosos como campos magnéticos, alinhamentos, etc, já foram explicados neste post).
Isto a juntar a imensos fóruns com centenas de comentários de pessoas que só posso classificar como estarem a precisar de acompanhamento psiquiátrico.

Vamos a factos:

O chamado planeta Nibiru foi imaginado por Zecharia Sitchin, que nada percebendo de ciência (incluindo astronomia), decidiu dizer que há um planeta gigante que passa por aqui periodicamente e que traz uma raça de extraterrestres chamada Anunnaki.
Podia dizer que era o Pai Natal, mas decidiu simplesmente mudar o nome e chamou-lhe planeta Nibiru. A crença é a mesma, o disparate é o mesmo, só muda o rótulo.
Qualquer pessoa minimamente inteligente perceberia que esta pessoa, das duas uma: acredita naquilo que imagina e por isso deveria ser internado (como qualquer outra pessoa com problemas mentais e que imagina ser o Napoleão, etc), ou não acredita mas decide vigarizar as pessoas de modo a fazer montes de dinheiro. Tendo em conta a quantidade de livros que ele vendeu, então penso que se percebe que ele simplesmente gosta de vigarizar os crentes que de forma acéfala aceitam qualquer conspiração disparatada que lhes seja apresentada.

Note-se que para Sitchin, esse enorme planeta viria perto da Terra (sem afectar os outros planetas), mas não colidiria com o nosso. Daí que os supostos extraterrestres saltavam do planeta deles para o nosso.
No entanto, em 1995, Nancy Lieder – mais uma pessoa com problemas psiquiátricos que só não está internada porque há outros muitos piores que ela que acreditam nela – disse que recebe comunicações telepáticas de extraterrestres de Zeta Reticuli, e estes disseram-lhe que o Nibiru vai colidir com a Terra.
Em 1997, ela ficou famosa por dizer que os extraterrestres tinham-lhe dito que o cometa Hale-Bopp era afinal o planeta Nibiru que iria colidir com a Terra nesse ano. Muitos crentes acéfalos acreditaram nela e seguiam-na como se ela fosse uma profeta. No entanto, claro que ela só dizia disparates, e como se viu, o cometa Hale-Bopp era realmente um cometa, que veio e passou, e nada aconteceu – como sempre disseram os cientistas que iria acontecer.
Como entretanto perdeu aderentes, em 2003 tornou a divulgar a mesma mentira. Os extraterrestres disseram-lhe que o Nibiru iria bater na Terra nesse ano e destruir a Humanidade. Mais uma vez, houve acéfalos que tornaram a cair na mesma mentira e acreditaram nela. Como nada aconteceu, mais uma vez ela foi temporariamente votada ao esquecimento.
Mas as mentiras dão dinheiro. Daí que estes vigaristas não desistem, porque à conta disto, ficam ricos à custa dos crentes em conspirações.
Por isso, cá anda ela novamente. Resolveu disseminar a ideia – que, segundo ela, lhe foi comunicada telepaticamente pelos extraterrestres – que o Nibiru vai bater na Terra em Dezembro de 2012, e que o Elenin é na verdade o Nibiru disfarçado. O facto de que o Elenin vai andar por estes lados em 2011 e não em 2012 não interessa para ela. O que interessa é dizer sempre os mesmos disparates de modo a vigarizar os crentes em conspirações.

Sendo que estes disparates são periodicamente transmitidos por este tipo de pessoas – são sempre as mesmas vigarices, repetidas em anos diferentes -, então qualquer pessoa minimamente inteligente percebe que tudo isto é pura treta para enganar papalvos.
Infelizmente, os crentes em conspirações não têm esse filtro, e por isso não conseguem separar factos de mentiras imaginadas por vigaristas.

Continuando a falar de factos:

O cometa Elenin tem um núcleo de somente 3 kms.
O diâmetro da Terra é cerca de 13 mil kms. O diâmetro do planeta Júpiter é cerca de 143 mil kms.
O diâmetro do planeta Nibiru, se existisse, seria similar a Júpiter. Note-se que Nibiru era realmente o nome de um planeta: era o planeta Júpiter, para os povos da Mesopotâmia há 4000 anos atrás. Ou seja, era realmente um planeta, mas é o nosso conhecido Júpiter e não qualquer planeta X. Mas o que conta para este caso é que o Nibiru é imaginado como tendo cerca de 150 mil kms de diâmetro.
As anãs castanhas são maiores que 150 mil kms de diâmetro.
Podem ver fotos do Elenin aqui, aqui, e aqui.
E ainda a semana passada, o astrónomo amador Gustavo Muler tirou mais uma foto ao Elenin:

Podem ver outras fotos tiradas por outros astrónomos amadores, aqui.
Apesar de estar longe e parecer difuso, pode-se estudar o Elenin. Afinal, nós estudamos objectos muito mais longe e mais difusos que o Elenin. E o que se vê neste caso é simples: é somente mais um pequeno cometa.
Os conspiradores, que nem sequer fazem observação, acham que toda a gente estás-lhe a mentir (incluindo os astrónomos amadores que não pertencem a qualquer instituição, mas sabem fazer observações independentes dos fenómenos). Os conspiradores acham que a ignorância deles é mais valiosa que o conhecimento dos assuntos. Os conspiradores acham que são o centro do mundo, vivendo da paranóia que toda a gente existe para os enganar. Ou seja, sofrem de problemas psicológicos.
Daí que para os conspiradores não interessa que haja imagens que mostram claramente um objecto pequeno para quem estuda observação astronómica. Para eles, toda a gente os está a enganar, e a crença deles é que está certa. Contra os factos das imagens, os conspiradores contrapõem com crenças disparatadas.

Mas como estar constantemente contra factos é demasiado previsível, então por vezes eles tentam contornar esses factos.
Daí que vê-se já em muitos sites e fóruns, conspiradores a dizerem que realmente as imagens são do pequeno cometa Elenin, mas atrás dele, escondido, vem um Cluster, o Nibiru ou a Anã Castanha.

Como eles sabem isso?
Simples: alguém se lembrou de acordar de manhã e dizer isso. Ou então, foram os extraterrestres que lhes disseram por comunicação telepática.
Enfim…

Comecemos pelo cluster: quem disse isso? Um pseudo qualquer que estava com diarreia mental naquele momento?
Os mais de 100 mil websites que dizem que o Elenin é um cluster, muitos deles também dizem que a NASA não tirou fotografias ao cometa. Ora, isto é mentira.
Por outro lado, Cluster é simplesmente um grupo de objectos.
Se esse grupo de objectos são enormes e vêm juntamente com o cometa – por exemplo o Nibiru, uma anã castanha, ou outras coisas quaisqueres -, isso não faz qualquer sentido, como explicarei a seguir.
Se o Cluster é simplesmente um monte de pedrinhas, devido ao Elenin se ter partido aos bocados (o que acontece normalmente, como nos provou o cometa Shoemaker–Levy 9, porque os cometas são bolas de gelo frágeis e partem-se facilmente), então assunto arrumado: o Elenin partiu-se e em vez de 3 kms, afinal a maior pedra pode ter 10 metros por exemplo, o que não constitui qualquer problema para ninguém, nem mesmo para os conspiradores. Ou seja, os conspiradores são tão ignorantes que nem percebem que a ideia do Elenin ser um “cluster” é um grande tiro que dão no seu próprio pé.

Mais sobre o facto de não ser um cluster, porque nas fotos o que se vê são outros objectos que nada têm a ver com o Elenin, nestes comentários.

Além do mais, a ideia que vem um objecto atrás do cometa escondido na cauda não faz sentido, porque a cauda não está atrás do cometa, mas sim na direcção contrária ao Sol.
Logo, se existisse um objecto escondido na cauda, nós, a partir da Terra, conseguíamos vê-lo.

Por outro lado, o núcleo do Elenin tem 3 kms. O suposto planeta gigante ou uma anã castanha terá 150 mil kms. O rácio entre eles é de 50 mil.
Uma formiga tem vamos supôr 1 cm. Um elefante tem cerca de 5 metros. O rácio é de 500.
50 mil / 500 = 100.
Imaginem colocar 100 elefantes atrás de uma formiga. Será que conseguem esconder 100 elefantes atrás de uma formiga? Claro que não!
Só quem não tem qualquer noção de tamanhos pode imaginar que pode esconder objectos gigantescos como planetas gigantes ou anãs castanhas atrás de um pequeno cometa.

Mas vamos supôr que por milagre, contra todos os factos, realmente há uma anã castanha atrás do Elenin.
Essa anã castanha – que é uma estrela falhada – seria facilmente detectada por infravermelhos.
Os pseudos, do alto da sua ignorância e arrogância (pensam que sabem mais que os especialistas), assumem que só se vêem os objectos no céu através da luz visível – olharmos para eles. Mas a verdade é que podemos ver os objectos de diferentes formas, em diferentes comprimentos de onda. E no caso das anãs castanhas, elas são detectáveis em radiação infravermelha – calor. E não é por estarem atrás de cometas que deixam de se ver. Até podiam estar atrás de uma parede que se detectam na mesma.
O mesmo é válido para planetas gigantes como Júpiter… ou até um imaginado Nibiru.
Logo, imaginar que existe uma anã castanha atrás do cometa é um disparate de quem não sabe sequer o mais básico sobre radiação electromagnética.

Por fim, vejam a órbita do Elenin, desde o ano 2000 até ao ano 2020:

Percebe-se que se o Elenin fosse ou viesse com uma anã castanha (ou o Nibiru ou um Cluster de objectos enormes) teria uma enorme influência nas órbitas planetárias. A mudança mais visível é a órbita de Saturno. Saturno iria “trocar de posição” com Júpiter. Saturno passaria a ter uma órbita mais pequena, que o colocaria a seguir a Marte.
Estas mudanças dramáticas iriam começar a ser visíveis há 3 anos atrás! Sim! Deixem-me repetir: se o Elenin fosse um planeta ou uma estrela falhada, então o planeta Saturno já andaria há 3 anos a mudar drasticamente de órbita.
Mas os factos são claros: não é isso que se vê.
Nestes 3 anos, milhões de astrónomos profissionais e amadores (que não estão ligados a instituições) por todo o mundo puderam ver o planeta Saturno. Não só pessoas, mas até máquinas têm visto Saturno. Como têm visto aqui neste blog, a sonda Cassini está no sistema de Saturno e tem enviado fantásticas imagens do planeta, das suas luas, dos seus anéis, etc. Todos (humanos e sondas) puderam comprovar que nada de especial se passa. Saturno está onde deveria estar, e não a milhões de kms de distância (como estaria se o Elenin não fosse um cometa). Este é um facto e é a prova que o Elenin é um simples cometa.
Claro que os conspiradores podem imaginar que são o centro do mundo, vivendo da paranóia que toda a gente existe para os enganar. Ou seja, os seus problemas psicológicos fazem com que imaginem que milhões de astrónomos (incluindo os amadores por todo o mundo que não estão ligados a qualquer instituição) estão a enganá-los e só eles sabem o segredo. Enfim…
No entanto, esses próprios conspiradores podiam pegar num telescópio, apontar a Saturno, e perceber que Saturno está exactamente onde devia estar. Mas para quê fazer esse teste? Factos não interessam aos conspiradores. O que lhes interessa é viver das mentiras.


Como já referi neste post, o papel do astroPT é dar-vos o comprimido vermelho.
Mas a escolha é vossa: se querem esse comprimido ou não.

As únicas coisas que vos peço é:

1 – Olhem para os factos. Não sigam crenças só porque sim. Não acreditem em mentiras, só porque elas são bastante disparatadas. Olhem para os factos. Se eu estiver a ver uma cadeira em minha casa e vos disser que é uma cadeira; e outra pessoa que está num sítio qualquer sem saber quem sou eu, qual é a minha casa, ou o que são cadeiras – e não tiver acesso a ver pela internet -, e se lembrar de acordar um dia e dizer que afinal o que eu tenho é um piriquito e não uma cadeira… quem estará certo? Da mesma forma, olhem para os factos que vos são dados por quem percebe do assunto, por quem estuda, e por quem observa o fenómeno, e não se deixem levar por quem não percebendo nem observando nada imagina completos disparates.

2 – Façam a experiência. Como eu disse atrás, é muito fácil saber se realmente o Elenin é (ou vem com) um objecto enorme. Basta ver a posição de Saturno. Em vez de acreditarem em A ou B, façam a experiência. Em vez de se deixarem levar por disparates imaginados por miúdos que nada percebem dos assuntos, vocês próprios podem observar o planeta Saturno e comprovar por vocês próprios os factos.

3 – Usem o pensamento crítico. Todos somos cidadãos-cientistas. Como já expliquei neste post, cada pessoa usa o pensamento crítico, pensamento científico, pensamento racional, milhões de vezes todos os dias. E sempre com 100% de sucesso. Se isto dá certo constantemente, então porque para outras situações (por exemplo, mentiras da pseudo-astronomia), parece que pára o cérebro às pessoas e estas decidem que entre algo que garantidamente dá certo e algo que garantidamente é vigarice, as pessoas preferem cair no erro das vigarices? Deixem-me dar-vos um exemplo: se tiverem um tumor no cérebro em que tenham que o retirar, preferem (1) consultar um neuro-cirurgião, que obviamente lida com isso todos os dias, estudou e observou o fenómeno já muitas vezes, e já fez essa experiência muitas vezes, ou (2) preferem ir ao vosso vizinho que é trolha, que diz que gosta de coisas de medicina, que farta-se de dizer que o sangue é verde (e só diz que é vermelho quem está a conspirar com médicos e governo), e que vos diz que em 5 minutos, com um martelo, vos cura do tumor no cérebro? Obviamente que, não tendo nada contra os trolhas, o vosso vizinho não sabe do que fala e só diz disparates; daí que os médicos são a vossa escolha. A mesma coisa no caso do Elenin. Têm milhares de astrónomos e milhões de astrónomos amadores que sabem do assunto, que fazem observações astronómicas, etc; e têm um bando de conspiradores que nada sabem do assunto, não fazem quaisquer observações, e só dizem disparates. Quem estará correcto? Não me parece que seja difícil perceber. Mas se acham que há dúvidas, façam a experiência do ponto 2: vejam a posição de Saturno. Os vigaristas podem dizer que o sangue é verde, que uma cadeira é um piriquito, e disparates do mesmo género… e vocês até podem ter dúvidas sobre isso. Mas usando o pensamento crítico (ponto 3) e fazendo a observação/experiência (ponto 2), todas as dúvidas se dissipam – e isto aplica-se a tudo, incluindo à suposta Profecia Maia para 2012. Uma cadeira é uma cadeira, o sangue é vermelho, um tumor no cérebro não se cura à martelada, e Saturno está exactamente onde deveria estar já que o Elenin é somente um pequeno cometa sem qualquer importância.

75 comentários

3 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. http://www.astropt.org/2012/01/26/de-que-adianta/

    ;P

    Não se invoque o nome de Einstein em vão! 😀

  2. Resolvi ler, com a devida atenção, tudo o que foi dito sobre Nibiru,etc. Registro que respeito todos os posicionamentos defendidos, embora de alguns discorde, o que não significa que eu esteja certo.
    Tenho para comigo que NÃO existem “Leis da Física”, pois os Físicos não criam lei alguma, apenas descobrem LEIS DIVINAS que sempre existiram.
    Como dizia o ALBERT: ” Para quem tem conhecimento científico DEUS não existe; para
    quem tem muito conhecimento científico DEUS existe.”
    Em que pese eu já ter formado meu convencimento sobre o Nibiru, Ellenin, ete, etc, isto não importa, o que importa, neste momento difícil da Humanidade, é sermos bons para
    com TODOS.
    PAZ para todos.

    1. Olá Celso,

      1 – Eu não respeito todos os posicionamentos obviamente. Uns são baseados na verdade, no conhecimento… e outros são baseados na mentira, na vigarice. Estes últimos NUNCA devem ser respeitados.

      2 – Curioso comentar num post sobre o cometa Elenin, em que é por demais evidente que NADA aconteceu há 4 meses atrás, que era quando os vigaristas diziam que o mundo ia acabar.
      Já se sabe o resultado final da passagem do cometa Elenin: NADA aconteceu. Aconteceu exactamente como os cientistas previram.
      No entanto, o Celso ainda respeita os vigaristas que o andaram a ENGANAR com parvoíces.

      Ignorante não é aquele que não sabe… é aquele que não quer saber.

      3 – As Leis da Física existem. O fenómeno da Gravidade existe. Se acha que não, porque não se atira de um prédio?
      Só por existirem, não quer dizer que foram criadas pelos Físicos.

      4 – Não sei o que são leis divinas. Talvez sejam as que foram feitas por extraterrestres seus conhecidos.

      5 – Albert Einstein é vergonhosamente mal interpretado constantemente. Foi o que aconteceu agora por si. Recomendo que leia sobre Einstein, em vez de indecentemente usar o seu nome de forma errada.

      6 – Se quer paz, não entre em locais de conhecimento, promovendo formas de pensar contra o conhecimento adquirido.

      abraços

    2. Celso, Einstein era ateu e isso é propaganda teísta errada. Einstei NÃO acreditava em deus. E note que este não é um site religioso, mas é um local de ciência.

      O que importa, sim, na realidade é que a natureza não se interessa pelas nossas opiniões. Ela é como é.

      E nunca se disse em lado nenhum que os físicos criam leis 🙂 Muito pelo contrário…

    3. http://www1.folha.uol.com.br/folha/ciencia/ult306u402056.shtml

      “Em carta inédita, Albert Einstein ataca Deus”

      “Uma carta inédita de Albert Einstein datada de 1954, ano anterior ao de sua morte, traz pela primeira vez críticas contundentes do físico à religião. No manuscrito dirigido a seu amigo filósofo Eric Gutkind, que será leiloada hoje em Londres, o autor das teorias da relatividade retrata as práticas religiosas como “infantis”.

      “A palavra Deus é para mim nada mais do que expressão e produto da fraqueza humana”, escreveu Einstein, para quem a Bíblia seria “uma coleção de lendas honoráveis, ainda que primitivas”.

      O conteúdo da carta difere de declarações anteriores de Einstein, que, segundo historiadores, nunca havia deixado muito clara a sua visão sobre a religião. Nessa seara, o físico era mais lembrado pela frase “A ciência sem religião é manca, a religião sem a ciência é cega”.

      Na carta a Gutkind, porém, Einstein classifica a crença em Deus como “produto da fraqueza humana”, e não poupa nem a religião do povo ao qual pertencia. “A religião judaica, como todas as outras religiões, é uma encarnação das superstições mais infantis.” Einstein, um sionista que teve papel importante na criação do Estado de Israel, diz a Gutkind que não acredita que os judeus sejam um povo “escolhido”.

      A carta traz um certo tom de descrença na humanidade e a noção de que o poder corrompe as pessoas. Os judeus, diz, só estariam “protegidos dos piores cânceres por lhes faltar poder”.”

      1. http://www.bbc.co.uk/portuguese/reporterbbc/story/2008/05/080513_einsteinreligiao_ba.shtml

        Carta que revela desdém de Einstein por religião vai a leilão

        Einstein escreveu a carta um ano antes de morrer
        Uma carta escrita pelo físico Albert Einstein ao filósofo alemão Eric Gutkind e que veio à tona recentemente revela que o cientista desdenhava a religião.

      2. http://fossaceptica.blogspot.com/2010/09/homens-de-ciencia-mas-nao-de-fe.html

        “A palavra Deus para mim é nada mais que a expressão e produto da fraqueza humana, a Bíblia é uma colecção de lendas honradas, mas ainda assim primitivas, que são bastante infantis. Nenhuma interpretação por mais subtil que seja pode (para mim) alterar isso. […] Para mim, a religião judaica, como todas as outras, é a encarnação de algumas das superstições mais infantis. E o povo judeu, ao qual tenho o prazer de pertencer e com cuja mentalidade tenho grande afinidade, não tem qualquer diferença de qualidade para mim em relação aos outros povos. Até onde vai minha experiência, eles não são melhores que nenhum outro grupo de humanos, apesar de estarem protegidos dos piores cancros por falta de poder. Mas além disso, não consigo ver nada de ‘escolhido’ sobre eles.”

        Albert Einstein

    4. Eu já publiquei sobre isto, por isso não me vou repetir continuamente. Quem quer conhecimento, que leia 😉 (infelizmente, parece que o Celso não quer esse conhecimento)
      http://www.astropt.org/2010/02/25/sagan-e-a-espiritualidade/

      “That we can scientifically arrive at explanations of the phenomena found in the universe is astonishing; the fact that we can keep searching for finer detail to increase our knowledge is almost a spiritual achievement. Sagan plays to this spirituality when he states: “Science opens the way to levels of consciousness that are otherwise inaccessible to us” (Sagan, 2006:xv).

      Sagan also offers an alternative to religious beliefs based on scriptural interpretation, concentrating instead on the spiritual within nature. Religion, he claims, limits itself to spiritual subjects, while science aggregates spirituality with religion. This is not perhaps an ideal way of delineating these stances, but he allows a kind of “informed worship” (Sagan, 2006:31). This approach to science and spirituality is a notion shared by others, such as Baruch Spinoza and Albert Einstein, both of whom considered nature a deity and formed a principle of “cosmic religious feeling” as being the “strongest and noblest motive for scientific research” (Sagan, 2006:2). Einstein once said: “The further the spiritual evolution of mankind advances, the more certain it seems to me that the path to genuine religiosity does not lie through the fear of life, the fear of death and blind faith but through striving after rational knowledge” (Einstein 1949:25). This ideal was taken further by astronomer Neil deGrasse Tyson (see LabLit’s interview here), who examined similar mystical feelings in the Beyond Belief 2006 Conference (TSN, 2006). In short, scientists experience an awe and astonishment just as transcendent as any religious vision; it’s just not credited to some old man in the sky.”

      P.S.: este post é sobre uma das VIGARICES que se andava a dizer sobre o cometa Elenin. Qualquer pessoa com pelo menos 1 neurónio percebe agora que isso era tudo uma vigarice. Chamar Einstein ou religião para aqui, foi uma estratégia de Red Herring do Celso, é uma estratégia totalmente pseudo, falaciosa.

    5. Celso,

      Respeitando a opinião pessoal de cada um, e percebendo que se trata de uma crítica construtiva 😉 permita-me discordá-lo de maneira respeitosa (pois se trata de sua opinião pessoal): tudo que foi afirmado no trecho abaixo do seu comentário, se dá sob perspectiva equivocada:

      ” Tenho para comigo que NÃO existem “Leis da Física”, pois os físicos não criam lei alguma, apenas descobrem LEIS DIVINAS que sempre existiram.”

      Repito: é um conceito (mesmo que sob ótica pessoal) equivocado. De fato, os físicos não criaram Lei alguma (com exceção das Leis Jurídicas – estas sim, criadas pelo homem 😉 ) Porém, se são denominadas “Leis da Física” é porque É este O campo da ciência (a Física) que se dá ao trabalho de descobrir (como você refiriu bem) os mistérios que o Universo possui. Nada mais, nada menos. Em nenhum momento os físicos afirmaram que criaram algum tipo de Lei: quem escreve dessa forma assim que é exposto à população em geral são os meios de comunicação que, por muitas vezes, não se dão ao trabalho de publicar notícias de maneira totalmente transparente e correta. Portanto, dá a entender que os físicos afirmaram que criaram alguma Lei. E não é verdade.

      Com relação à 3º oração do trecho da frase destacada, é “mister” ter cautela na assertativa…

      “(…) apenas descobrem LEIS DIVINAS que sempre existiram.”

      … pois seria interessante ter continuado e concluído a frase da seguinte forma: “(…) segundo minha opinião”.

      Perceba que não é questionado acerca de suas crenças. Eu também concordo: na minha opinião, as Leis que regem o Universo são oriundas de um Ser Superior (acreditando, a princípio, que você também tem a crença em um Mente Superior Inteligente).

      Duvido que o Einstein tenha dito tal frase – pois o mesmo se declarava em seu convívio social, ateu. Para ele, o conceito de “Deus” se referia ao Universo e suas Leis. E só. Quem deturpou suas palavras foi a mídia corporativa e alguns religiosos.

      Sou católico praticante e, apesar das coisas que tenho fé, entendo que elas são não universais e/ou absolutas. Não agrado nem gregos nem troianos, mas procuro sempre achar um meio-termo benéfico, tendo a devida cautela e respeito para com aqueles que – assim como eu -, tem suas próprias crenças. E o mundo, pode (e deve) evoluir dessa forma.

      Escrevi isso porque, de um modo geral, gostei bastante do seu comentário 😉

      Abraços cordiais.

  3. Sobre o assunto do post, mais este comentário:

    http://www.astropt.org/2011/11/01/o-universo-quantico/comment-page-1/#comment-47993

  4. Eu acho interessante que quem aconselha os outros a ter uma mente aberta é quem possui de facto a mente mais fechada de todas. Não vêm aqui para aprender nada, até porque só conseguem ver e processar informação que esteja em sintonia com a conclusão a que já chegaram (ex: “a Ciência não conhece os fatos que busco”). Vêm aqui para proclamar ao mundo que eles é que sabem, sabem mais até do que astrónomos, porque viram um vídeo num youtube feito por sabe-se lá quem. Não se pode encher um copo que já está cheio, um ditado que ironicamente também gostam muito de dizer. Isto não é uma questão de busca de conhecimento é antes uma espécie de masturbação mental, uma necessidade de se afirmar como superior, afinal de contas, na sua mente, são detentores de um conhecimento especial que escapou aos cientistas, que obviamente não passam de um bando de arrogantes por não concordarem com eles. Existe por aí muito complexo de inferioridade reprimido…

    O Sol a cuspir planetas?! o_0
    De onde é que isto saiu?

    1. E eu acho interessante que quando tu defendes o ponto de vista de um cientista te perguntam se estás apaixonada por ele… LOOOOOOOOOOOOOOOOOL

      Carlos, aqui o Marco está apaixonado!!! 😛 :DDDD

      Quanto ao resto, estou total e completamente farta de gente burra. Não tenho mais paciência para duelos de intelectos com indivíduos completamente desarmados.

      1. LOLOLOL
        Essa tinha-me escapado 😀

        Na verdade estou apaixonado é pelo senhor que fez este estudo aqui: http://www.mendeley.com/research/chicken-chicken-chicken-chicken-chicken-2/

        http://www.youtube.com/watch?v=yL_-1d9OSdk

        Isto muda por completo a nossa visão do universo, esqueçam os neutrinos aceleras lolol

    2. Deixa-me só fazer referência que essa tua crítica veio daqui:
      http://www.astropt.org/2011/05/22/cometa-elenin-ira-dizimar-a-humanidade/comment-page-3/#comment-46137
      A cultura latina imagina logo razões românticas só por pessoas de sexos diferentes se darem bem… não assumem a objectividade dos argumentos, mas sim que tem que haver algo subjectivo por trás…
      Ou seja, parece-me um problema cultural… já que nem nos EUA nem nos países do norte da Europa, são imaginadas essas razões.

      Quanto ao Marco Filipe, ainda estou a olhar para a expressão “masturbação mental”…. LOLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLLL
      Concordo que esse tipo de pessoas tem um complexo de inferioridade reprimido…

  5. Senhor Carlos, você tem razão.

    O Niburu não é uma castanha.

    O Niburu não é uma anã. Não é tampouco uma estrela, posso deduzir.

    Se isso é afirmação científica, então também é científico e inteligente dizer que o Nibiru não é nem um cachorro nem uma árvore e preferem discorrer sobre cachorros e árvores que falar do objeto em questão.

    Ora, senhor cientista, o senhor demonstra crer que a Ciência é um instrumento que ao invés de dizer às pessoas o que as coisas são, e explicar-lhes coerentemente, enrolam-nas discorrendo sobre o que não podem ser.

    Não vim aqui criticá-lo, vim agradecer-lhe as informações e comentei, à minha maneira, que a Ciência não conhece os fatos que busco.

    E sim, ouso afirmar: o senhor também mente – por exagero nada científico – ao afirmar por exemplo que ‘nenhum cérebro pensante possa me levar a sério’, mostrando claramente desconhecer que a minha mente – que me leva a sério – é um cérebro pensante.

    Enfim, obrigado pela sua participação, perdôe-me os meus hipotéticos ‘se’, que tanto lhe desagradaram, e passe bem.

    1. “a Ciência não conhece os fatos que busco.”

      A ciência já DEU as respostas para os seus disparates.
      O Marcos é que resolve ser hipócrita e utilizar a ciência (computadores e internet) enquanto NEGA essa mesma ciência.

      “mostrando claramente desconhecer que a minha mente – que me leva a sério – é um cérebro pensante.”

      O Marcos provou que não tem uma mente pensante, mas somente uma mente que segue cegamente parvoíces, disparates, e mentiras.
      Simultaneamente provou que vive num mundo de há 1000 anos atrás (Idade das Trevas, conhecida assim devido à sua irracionalidade), ignorando todo o conhecimento que se conseguiu desde aí, enquanto hipocritamente utiliza a internet que lhe é dada pelo conhecimento científico.

      “o senhor demonstra crer que a Ciência”

      A Ciência não se faz de crenças. Esse é mais um disparate pseudo.
      Se acha que a ciência se faz de crenças, então faça a experiência do Dawkins: atire-se do topo de um edifício de 20 andares. Após o resultado, já fica a perceber que é o conhecimento científico da gravidade que prevalece, e não as suas crenças em idiotices.

      “a Ciência é um instrumento que ao invés de dizer às pessoas o que as coisas são, e explicar-lhes coerentemente, enrolam-nas discorrendo sobre o que não podem ser.”

      O cometa Elenin é um simples e minúsculo cometa, como milhares de outros que temos visto perto da Terra. Nada mais é do que isso. Quem afirma o contrário é um mentiroso que acredita cegamente em parvoíces, é um fundamentalista religioso crente em idiotices.
      Aliás, o cometa Elenin já desapareceu, sublimou, como tantos outros ao passarem perto do Sol.
      Qualquer pessoa pode ler os nossos posts, com esse conhecimento, e ver isso:
      http://www.astropt.org/tag/cometa-elenin/
      http://www.astropt.org/2011/09/26/adeus-cometa-elenin/

      Mas voltando ao início, o Marcos entrou num local de conhecimento afirmando parvoíces atrás de parvoíces, escrevendo que eram “fatos” quando qualquer pessoa não acéfala percebe que aquilo que disse são só mentiras com o único objectivo de fazer de troll.
      Seguidamente recebeu a avaliação de especialistas. E a avaliação é clara: tudo aquilo que disse são mentiras de vigaristas que nada percebem dos assuntos.
      Se não gosta de avaliações, não entre em locais públicos de ciência, aos berros a afirmar parvoíces.
      Se não sabe se comportar em locais de conhecimento (sejam museus, centros culturais, centros de ciência, astroPT, etc), o problema é seu. Se não tem educação, deveria primeiro aprendê-la.

      Passe bem.

      P.S.: os seus comentários irão a partir de agora directamente para SPAM, sem ninguém os ler sequer.
      O astroPT é um local para as pessoas aprenderem, e não um local para as pessoas virem para cá fazerem afirmações completamente disparatadas.
      http://www.astropt.org/2010/10/25/comprimido-vermelho-ou-comprimido-azul/
      http://www.astropt.org/2011/08/23/comentarios-no-astropt/
      Se o astroPT fosse um local ao vivo, o seu comportamento levaria a que fosse chamada a segurança para o colocar lá fora; já que nitidamente não se sabe comportar num local de conhecimento. Como é um local de net, os seus comentários serão ignorados, indo directamente para SPAM, sendo assim apagados sem afectarem negativamente ninguém.

  6. Carlos, eu tenho 57 anos de vida honrada e pela primeira vez me atribuíram o título de vigarista.

    São, eram até ontem, logo foram, 20.967 dias de honra e a partir de hoje começo a contar minha vida nova.

    Você é causa disso e pouco percebe.

    Um amigo, num grupo, me enviou seu blog como ‘fonte de referência de qualidade’ e como tal não vim aqui checar, mas aprender e ao ler a seguinte frase:

    “E o que se vê neste caso é simples: é somente mais um pequeno cometa.”

    eu me vi obrigado a me procunciar.

    Nâo, Elenim não é somente ‘mais’ um cometa.

    Ele é, como todos os seus antecessores, único e individual.

    Se não compreende isso, bom, pode me criticar, mas por favor.

    Vigarista eu não sou. Se quiser me chamar de ignorante, sim, ignoro da vida muitos fatos e também na física nada mais faço que dar palpites. Se preferir me chamar de mentiroso, sim, aceito também isso, já que em escrevendo romances, sei que minto ao narrar histórias que na verdade só na minha cabeça existiram.

    Vigarista?

    Olhe… o senhor é um professor e eu o mau aluno. Não me castigue tanto, tenho uma certa dignidade ainda como humano a preservar.

    Se o senhor de tudo sabe, deve saber também que a obrigação do sábio é transferir ao inculto o seu saber.

    1. Marcos,

      “Se o senhor de tudo sabe, deve saber também que a obrigação do sábio é transferir ao inculto o seu saber.”

      Ninguém lhe disse que eu sabia tudo. Isso é mais um argumento falacioso, que os pseudos gostam de usar para atacar os cientistas com mentiras.
      E a mentira ainda é mais descarada quando se percebe que o único que entrou neste local de conhecimento com a mania que sabe tudo, só afirmando disparates, foi o Marcos.

      Se o Marcos não sabe sobre os assuntos, pergunte.
      Se afirma disparates, então é chamado à atenção por isso. Se não quer ser chamado à atenção, então páre de afirmar disparates.

      Se eu não souber que o sangue é vermelho, não entro por um hospital adentro a afirmar a parvoíce que o sangue é verde. Não! Entraria no hospital e perguntaria a um médico de que côr é o sangue.
      Eu não entro por um Museu de Arte adentro a afirmar disparates sobre as pinturas de Van Gogh sem as conhecer de lado nenhum. Não! Se eu quiser aprender, então chego lá e faço perguntas aos especialistas de arte.

      O mesmo se passa no astroPT.
      Se quer aprender, entre no astroPT e faça perguntas.
      Se não quer aprender e só quer afirmar disparates, então será avaliado pelas parvoíces/mentiras que diz.

  7. Fato é que o Sol atrai aos cometas e com isso nos protege de por eles sermos atingidos.

    Também fato é que às capturas solares dos cometas explosões no nosso astro ocorrem, e cada vez mais fortes e poderosas.

    Fato é, e largamente conhecido, que a Terra um dia foi cuspida do Sol.

    Hipótese é, e nada impossível, que uma hora, por excesso de recheio, nossa estrela acabe produzindo mais um planeta e risco há, de que ele saia em nossa direção.

    1. É completamente mentira que alguma vez a Terra tenha sido cuspida do Sol.

      É mentira que a “captura de cometas” leve a explosões no Sol.

      É totalmente mentira que o Sol produza planetas, e que eles venham na nossa direcção. Aliás, não é só mentira, é igualmente um absurdo do tamanho do Universo!

      Marcos, se não sabe, pergunte… mas por favor não afirme disparates nem crie vigarices!

      1. Olhe, Carlos, no mundo onde vivo é uma vigarice afirmar a existência de Deus da mesma maneira como no mundo onde vivo é uma vigarice afirmar a existência do Big Bang, e se você não pensa assim, não insinue adjetivos a quem acha graça do que a Ciência diz.

        Se a Terra não foi antes uma massa ejetada do Sol, ela é de fato o centro recém re-descoberto do Universo e eu ainda não fui informado disso.

        Se o Sol não absorve os cometas que o atingem, e com a absorção do impacto não reage em explosivas convulsões, então eu também não sou um ser humano e como eu há bilhões só no nosso planeta.

        Você pode escrever e pensar o que quiser.

        E não te peço que aceite o que penso e escrevo eu.

        Se me lê, e me leva a sério, o interesse é seu.

      2. Marcos,

        Nem eu nem ninguém com um cérebro pensante te pode levar a sério. Se você parar de escrever disparates, talvez as pessoas possam levá-lo a sério. Enquanto só disser asneiras, então será avaliado pelos disparates que diz.

        “Se a Terra não foi antes uma massa ejetada do Sol” <--- não é SE. Informe-se, em vez de escrever disparates. "ela é de fato o centro recém re-descoberto do Universo" <--- LOLLLLLLLLLLL você vive há 1000 anos atrás, na Idade das Trevas??? Parece que não aprendeu nada desde aí... "Se o Sol não absorve os cometas que o atingem, e com a absorção do impacto não reage em explosivas convulsões" <--- não é SE. Informe-se, em vez de escrever disparates. "então eu também não sou um ser humano" <--- ser pensante, que busca conhecimento... isso o Marcos NÃO é de certeza. As parvoíces que escreve, provam isso. "Você pode escrever e pensar o que quiser." <--- eu só escrevo a verdade em face do conhecimento. "E não te peço que aceite o que penso e escrevo eu." <--- não se trata de aceitar, mas sim de conhecimento. Se você nega o conhecimento para só escrever parvoíces, faça a experiência do Dawkins: atire-se do topo de um edifício de 20 andares, e fica imediatamente a saber quem tem razão, SE o MEU conhecimento ou SE serão as SUAS parvoíces. "não insinue adjetivos a quem acha graça do que a Ciência diz." <--- quem "acha graça do que a ciência diz" e ao mesmo tempo utiliza computadores e internet que são dados pela ciência, então é um enorme HIPÓCRITA. "Se me lê, e me leva a sério, o interesse é seu." <--- nem eu nem ninguém no astroPT tem interesse nas suas mentiras disparatadas.

  8. em relação ao Elenin, eu acho que todos nós estamos desesperados por algo que mude a mentalidade da huminidade , toda a nosso maneira de agir , por isso se inventam conspirações atrás de outras , como que nos dando um motivo para continuar a viver neste mundo injusto e por vezes incompreensivél aos olho de alguns. por vezes dou por mim a desejar que algo catastrófico acontece para haver a tal mudança, mas tudo não passa de miragens. por isso digo-te carlos como digo ao um grande amigo meu cientista tambem mas na area das neuriciências , deixem-nos sonhar por um pouco pois quando a realidade chegar , tudo voltará ao mesmo , nada se passou e nunca se irá passar.

    1. Pois… tem razão.

      Mas a realidade é muito mais fantástica que a ficção… pensemos como um Homem de há 2000 anos atrás se sentiria no mundo tecnológico de hoje 😉
      Porque as pessoas não sentem mais essa realidade? 😉

    • Francisco de Assis Dorneles on 18/09/2011 at 02:09
    • Responder

    “o Universo não quer saber do que eu penso e das minhas filosofias. Os resultados científicos nem sempre são aqueles que eu gosto”.Gostei desta tua resposta,se preservou enquanto homem da ciência e deixa um espaço para mostrar o seu lado humano; isto é muito bom Carlos, pois as teorias e a ciência em si são frias. Eu não tenho tanto estudo quanto vc, apenas um curso de Licenciatura e Bacharelado em História, porém me ajudou muito a ver o mundo por vários prismas. Não sou ateu,tão pouco tenho vocação para o ateísmo. Respeito que seja, não prego religião,porém, acredito e vejo de forma INTELIGENTE a presença de um ser maior e criador de todo o Universo. Quando dava aulas sempre afirmei a minha crença na EVOLUÇÃO. Para mim o EVOLUCIONISMO não é um obstáculo a crença em um ser supremo, pelo contrário,vejo como uma confirmação deste ser supremo. O Universo e a vida em si é algo muito fantástico para ser mero produto de um acaso. Assim penso eu, quando se fala me Darwin num sala de aula para adolescente, muitas vezes fui tachado de ateu, mesmo dizendo que não sou rsrs. A ciência para mim e´um atributo que o ser supremo coloca no homem com o seu desenvolvimento intelectual. Quantas descobertas e avanços ao longos dos séculos. Obrigado por sua sinceridade, parabéns !

    • francisco de assis dorneles on 17/09/2011 at 12:10
    • Responder

    Bom dia Carlos, já participei uma vez do teu blog.Estou aqui novamente,bom, estava analisando algumas coisas que estou acompanhando no dia a dia sobre o que chamam de Nibiru ou planeta x. Numa reflexão besta pensei comigo, a ficção quase sempre antecede a realidade através das telas do cinema. Como vc sabe surgiram alguns filmes retratando quedas de asteroides sobre o planeta Terra, e agora mais recente, surge filmes sobre a vinda de um gigatesco planeta sobre a Terra. Tivemos mais recente,Melancolia, e agora já vi no Youtube um novo que não me lembro o nome. Não sei se o nosso inconciente coletivo seja capaz de presentir os fatos, cria-los através das telas do cinema e depois vê-los se materializarem em nossa realidade. Pode estar rindo desta minha colocação rs, porém já vi muito isto pelas telas do cinema, espero que não neste ponto rs. Outra coisa,não sou ateu,tã pouco um fanático religioso,já fui Kardecista. Quero te perguntar com vc vê a criação do Universo ? Pela organização de toda esta fábulosa mecânica universal, vc descarta uma inteligência suprema coma a causa primeira de tudo. Não quero que responda apenas por seu conhecer ciêtifico rs,tão pouco que o descarte. Abraços e parabêns pelas informações aqui postadas.

    1. Olá,

      Sobre o Big Bang, já respondi nesta entrevista:
      http://www.astropt.org/2011/01/30/carlos-oliveira-o-emigrante-cosmico/

      “Eu não gosto de diversas teorias científicas”: SETI, Quântica, Big Bang, Multiverso, …”
      “o Universo não quer saber do que eu penso e das minhas filosofias. Os resultados científicos nem sempre são aqueles que eu gosto”.

      abraços

  9. Carlos, me ajuda vai, isso de ter naves ao redor do Elenin. É verdade?

    1. Não.

      Vou-lhe pedir para ver as minhas explicações nos comentários mais acima 😉
      http://www.astropt.org/2011/08/11/elenin-nao-e-uma-ana-castanha-nem-o-nibiru/#comment-44261
      São pequenos asteróides que já são conhecidos há muito tempo e que estão muito longe do Elenin. Parecem perto na nossa linha de visão, numa foto, mas estão muito longe.
      Tal como numa fotografia da Terra, os EUA parecem a centímetros da Europa… mas estão muito longe na realidade.
      Esses objectos nada têm a ver com o Elenin e as suas órbitas são totalmente diferentes das do Elenin.

      abraços

  10. Olá. Aprendendo bastante aqui no Brasil com o blog. Nos ultimos dias em se falado na possibilidade de que o Elenin pode se partir ou se desintegrar, ao se aproximar do sol. Caso isso ocorra as partes menores continuam na mesma rota prevista do Elenin?

    1. Olá Everton,

      Como eu disse aqui:
      http://www.astropt.org/2011/05/22/cometa-elenin-ira-dizimar-a-humanidade/#comment-44848

      O Michael Mattiazzo fez umas estimativas, e como os cometas são frágeis, pode ser que o cometa se desintegre no periélio.
      http://members.westnet.com.au/mmatti/webpage/2010X1_Elenin.htm
      Já o Leonid Elenin acha que não:
      http://spaceobs.org/en/2011/08/21/the-long-ion-tail-observed-behind-the-comet-elenin/#comment-293000847

      O periélio (mais perto do Sol) é a 10 de Setembro, e vai estar mais perto da Terra a 16 de Outubro.
      Ou seja, se se desfizer em Setembro, em Outubro já nem existe.

      Se se desfizer, quer dizer que o Sol o irá partir. Devido a essa força do Sol, o que poderá acontecer é os detritos eventualmente serem puxados para o Sol. Também é verdade que podem continuar na sua órbita… mas sofrerão certamente desvios que os ponham numa órbita menor.

        • Rodrigues on 26/08/2011 at 02:53

        Antes de mais, parabéns pelo blog, simplesmente fantástico.

        Queria colocar uma questão. Ouvi que haverá 3 dias “de escuridão” (26 de Setembro até 28 ou algo do género) e que isso estaria relacionado ou com o eclipse ou com o possivel alinhamento deste cometa. Existe alguma veracidade ou probabilidade de haver um eclipse nessa data? Pessoalmente duvido, mas nada melhor que esclarecer com quem sabe.

        Abraço

      1. Olá,

        Alinhamentos não existem. Ou melhor, existem tanto como existem diariamente com planetas (muito maiores que cometas) e nada disso provoca o que quer que seja na Terra.
        Aliás, tem havido dezenas de alinhamentos simultaneos de diversos planetas com a Terra… e cá andamos. Não morremos nos últimos 30 anos 50 vezes devido aos alinhamentos.
        Os alinhamentos são absolutamente irrelevantes, independentemente do misticismo inerente a eles.

        Quanto aos “3 dias de escuridão”, isso é a mesma coisa que era dita em 1997.
        Supostamente, os extraterrestres tinham dito telepaticamente a Nostradamus que o Hale-Bopp nos iria eclipsar, levando a 3 dias de escuridão. Daí as profecias de Nostradamus que supostamente provavam que o mundo iria acabar em 1997.
        Obviamente, nada disso se passou, tal como os cientistas tinham dito que isso era um disparate.
        Agora, os sites de conspirações dizem a mesma coisa, só mudando o ano, para continuar com as mesmas histerias.
        Na prática nada muda: é impossível um cometa eclipsar a Terra durante 3 dias.

        abraços

    • caetano da silva on 25/08/2011 at 19:46
    • Responder

    (comentário editado)
    (…) quem defende deve “ter rabo preso” (…)
    (…) ano passado a nasa e a fema fizeram recomendações ao povo americano para se preparar para 2011, e a nasa em junho fez novamente recomendações dizendo a seus funcionários que se preparem para catástrofes que estão para acontecer.
    Existem homens de posição como Michio Kaku que também está alertando o mundo (…)

    1. O comentário acima foi editado, sendo-lhe retirados todos os insultos gratuitos, que denotam o nível baixo e a falta de educação dos vigaristas crentes fundamentalistas em conspirações.

      De resto, como se vê, o comentário está cheio de frases ignorantes de quem não quer perder sequer 1 minuto para ter conhecimento.

      Essas frases de “rabo preso” já foram respondidas aqui no blog.
      É uma perfeita parvoíce achar que a NASA ou os cientistas querem esconder notícias importantes. São essas notícias importantes que dão muito $$$ para investigação. Qualquer pessoa minimamente lúcida perceberia que se a NASA ou eu ou quem quer que fosse, realmente tivesse evidências de um asteróide ou o que fosse, a vir de encontro à Terra, obviamente que diria. Receberia montes de $$ para a sua investigação. A NASA, em vez de ter cortes orçamentais, teria incrementos fantásticos no seu financiamento.
      Ou seja, se essas histerias de fim do mundo fossem verdade, seria fantástico para os investigadores.
      Infelizmente, os conspiradores não têm a mente lúcida, por isso não vêem nem sequer o mais básico.

      A NASA fez o que qualquer instituição pública faz. Infelizmente, o senso comum é algo que não existe nos ignorantes dos conspiradores.
      O Plano de Emergência da NASA está aqui:
      http://www.astropt.org/2011/07/03/plano-de-emergencia-da-nasa/

      Michio Kaku não está nada a alertar o mundo.
      Michio Kaku dá-nos informações correctas, mas quando vai à FOXnews, faz dessas informações grande espalhafato, porque é isso que a audiência prefere.
      Michio Kaku não é burro. Faz um bom marketing.
      Aliás, eu já respondi a essas considerações sobre o Michio Kaku aqui:
      http://www.astropt.org/2011/05/22/cometa-elenin-ira-dizimar-a-humanidade/#comment-43887
      Mas claro, para os conspiradores é mais fácil inventarem mentiras do que procurar conhecimento.
      No entanto, nem o Michio Kaku alguma vez disse algo incrível sobre o cometa Elenin. Pelo contrário, Michio Kaku, como todos os que têm cérebro, vêem o cometa pelo que é: um simples e pequeno cometa.
      Daí que, mais uma vez, usar o Michio Kaku no Elenin é dar um tiro no pé. Mas obviamente que não se espera inteligência de ignorantes conspiradores.

      Por fim, acabo dizendo que em lado nenhum este conspirador “caetano” pôs em causa as informações correctas dadas no post.
      Como sempre, gostam de “falar no ar”, mentir sobre uma data de coisas, e insultar hipocritamente quem lhes dá tudo na vida (os cientistas), mas argumentar correctamente sobre o assunto em causa isso não sabem fazer.

  11. Vídeo da Nasa que pretende esclarecer as mentiras sobre o Elenin: http://www.youtube.com/watch?v=AwZb-ERpY-U

    • Ana Guerreiro Pereira on 18/08/2011 at 19:28
    • Responder

    A NASA emitiu um comunicado:

    http://news.discovery.com/space/comet-elenin-wont-kill-us-says-nasa-110817.html#mkcpgn=emnws1

    Mas claro, claro, segundo estes excelentissimos doutos trollitos parolitos q grassam por sites de ciência sem saberem o que é ciência e que julgam saber mais q os astrónomos, é tudo mentira…

  12. É mais seguro dar uma AK-47 na mão de um macaco do que esse tipo de informação a conspiradores e religiosos fanáticos que, na sua maioria, são leigos em assuntos científicos. Eu tenho uma formação religiosa, mas também tenho que por a cabeça no lugar, já que existem muitos charlatões que usam o nome de Deus pra ganhar dinheiro!!!

    1. Sim, também temos denunciado essas situações.

      Um dos casos mais recentes é de Harold Camping:
      http://www.astropt.org/tag/harold-camping/
      Usou o nome de Deus para roubar 80 milhões de dólares às pessoas.

      O Jeffs fez-se passar por Profeta para violar crianças:
      http://www.astropt.org/2011/07/30/deus-escreve-ao-computador/

      Tapley:
      http://www.astropt.org/2011/06/13/aguia-tapley-diz-que-o-fim-do-mundo-sera-em-2017/

      Milagres à venda:
      http://www.astropt.org/2011/06/10/milagres-a-venda/

      Ainda esta semana, vi mais uma notícia de uns pais terem batido numa míuda até à morte, em nome de Deus:
      http://www.cnn.com/video/standard.html?/video/bestoftv/2011/08/15/exp.ac.tuchman.punishment.cnn
      http://www.cnn.com/video/standard.html?/video/bestoftv/2011/08/16/exp.ac.tuchman.ungodlypt2.cnn

      O que não faltam são falsos profetas a vigarizarem pessoas…

  13. Um artigo da NASA sobre isto:
    http://www.jpl.nasa.gov/news/news.cfm?release=2011-255

  14. ótimo post é tanta mentira na internet e mentiras muito bem colocadas que parecem verdade,mas este post esclarece muitas coisas valeu

    • Manel Rosa Martins on 12/08/2011 at 23:51
    • Responder

    O leitor Alexandre foi notável. Teve dúvidas e então procurou esclarece-las fazendo perguntas objectivas a quem está apto a responder. Mas reparem bem na resposta do Astrónomo Carlos Oliveira. Não disse ao Alexandre que era assim porque ele… o Astrónomo assim o pensou. Indicou fontes, citou, deu-nos informação validada e revista cientificamente para todos podermos avaliar, o Alexandre e nós os leitores.
    Este é um exemplo de literacia funcional.

    nós nascemos num pais, Portugal, que dizem a estatísticas ter tido uma taxa de analfabetismo (não o confundir com iliteracia funcional) de 55% da população em 1965. Se a maioria dos nossos Pais não tiverem acesso a aprender ler, é responsabilidade da nossa geração adquirir literacia funcional para separar o trigo do joio, a Ciência da Vigarice, no que consegue, porque nos deram essa preciosa oportunidade, ler.

    Talvez seja este um bom caminho: darmos o devido valor, por ser uma preciosidade, ao facto tão simples de sabermos ler.

    1. Obrigado Manel, pelas palavras.

      Estas trocas de ideias, com perguntas-respostas são produtivas para ambos os lados.
      As perguntas do Alexandre levaram a que eu aprendesse uma coisa nova: não sabia o que os sites pseudos consideravam como um cluster… e finalmente percebi que estão a falar de objectos perfeitamente identificados – um deles foi descoberto em 1997, há já 14 anos! E há 14 anos que faz sempre a mesma coisa.

      Por isso, eu não estava a perceber a ideia de cluster.
      Não me passou pela cabeça que a mentira fosse tão descarada de usar objectos totalmente conhecidos para dizer que eles são desconhecidos e ligados ao Elenin… enfim…

      Por isso, agradeço ao Alexandre o esclarecimento sobre o que os sites pseudos queriam dizer.

      abraços!

  15. Boa tarde Carlos, venho novamente pedir-lhe esclarecimentos. Acabo de ver no site abaixo que cientistas do observatorio das Ilhas Canarias registraram imagens do Elenin acompanhado de outros objetos ou corpos. Ver no link abaixo. Verdade ou mentira?

    http://6888comete.free.fr/fr/imageC2010X1eleninfrance.htm

    Agradeço desde já sua paciência e atenção

    1. Olá Alexandre,

      Onde diz que ele está acompanhado de outros corpos, e onde vê isso?
      Pergunto-lhe isso, porque eu não vi nada disso 😉

      abraço!

        • Alexandre on 12/08/2011 at 22:16

        Veja a 12° e 13° imagem no link que passei acima, são duas animações onde se ve claramente outros objetos acompanhando o Elenin, a noticia esta divulgada no blog “Semente de Sirius” e outros semelhantes. Aguardo sua avaliação.
        Obrigado

      1. Mas em fotografias anteriores tem legendas desses objectos que também se mexem… são pequenas pedrinhas, classificadas como asteróides, que nada têm a ver com o Elenin nem sequer estão perto dele.

        “são duas animações onde se ve claramente outros objetos acompanhando o Elenin”
        Não. Não se vê nada disto, pelo contrário.

        Estão perfeitamente identificados no original:
        http://www.amication.de/Bernhards_Comet_Project/c2010x1_20110304.htm#a1

        E não, não têm nada a ver com o Elenin. Estão a fazer as suas órbitas independentes, como sempre fazem:
        http://lunaticoutpost.com/Topic-NASA-Releases-First-Images-of-Comet-Elenin?pid=1573095#pid1573095

        Basta ir ao site do JPL e ver as órbitas de cada um dos objectos e percebe-se perfeitamente que as órbitas nem sequer paralelas são, quanto mais andarem juntos.

        Não é por 2 objectos estarem na nossa linha de visão que eles estão perto entre si.
        Olhava-se para o céu à noite ainda há uns meses atrás, e Júpiter estava junto à Lua. Quer isso dizer que a Lua e Júpiter andam juntos? Claro que não. Eles estão muito longe um do outro.

        • Alexandre on 12/08/2011 at 22:41

        Esta certo Carlos,

        Muito obrigado por sua disposição em compartilhar seus conhecimentos.

        Tenho acompanhado seu blog e lhe dou os parabéns!

        Um grande abraço

      2. Obrigado pelas suas palavras, Alexandre.

        Eu sou sincero: ainda não tinha percebido muito bem porque tantos sites de conspiradores falavam de “cluster”.
        Agora já percebi.
        Olham para essas fotos… vêem 4 objectos a mexer… e assumem que estão ligados ao Elenin, quando é absolutamente mentira.

        Por isso eu não percebia essa conspiração.
        Porque os objectos estão perfeitamente identificados, estão nas suas órbitas normais (diferentes do Elenin), e nada têm a ver com o Elenin (estão muito longe do Elenin).
        Isto sempre foi claro… daí eu não perceber como se pode vigarizar as pessoas com isso.

        Enfim… mais uma clara mentira dos sites conspiradores.

        abraços!

  16. Carlos,

    Dos 4 cometas com uma orbita alongada vindo de fora do sistema solar, 3 já foram extintos, e o cometa elenin é o único ainda que resta, de todos os 3.094 cometas catalogados, por isso é o mais interessante.

    Os cientistas hoje afirmam que até o final deste ano devido a passagem de muitos cometas próximo do nosso sistema solar, terra, teremos um belo espetaculo de luzes nos céus. isso se nenhuma pedrona venha em nossa direção da terra e talvez também possa embater na lua. Asteroides YU 55 , mês Novembro de 2011. Etc…

    1. Washington,

      Eu trabalho. Não tenho tempo para aturá-lo.
      Quer imaginar que sabe mais que os especialistas, imaginando que o sangue é verde e os tumores se curam à martelada, então o astroPT não é para si.

      No outro post, disse várias mentiras sobre o Elenin fruto da sua ignorância sobre astronomia. Em vez de perguntar, prefere afirmar mentiras:
      http://www.astropt.org/2011/02/20/tyche-planeta-gigante-nos-confins-do-sistema-solar/#comment-44222

      Agora, continua a afirmar mentiras:

      NENHUM cometa vem de fora do sistema solar (e MUITO MENOS de fora da galáxia como disse no comentário anterior). Seja o Elenin ou outro qualquer.
      O Elenin é um cometa de período longo, que vem da Nuvem de Oort, que pertence ao nosso sistema solar.

      Que se saiba, nenhum cometa ou asteróide tem destino a Terra.
      O “espetaculo de luzes nos céus” são auroras, que nada têm a ver com cometas.
      É irrelevante haverem vários cometas a passar perto daqui. Sempre houve e sempre vai haver. É mentira que isso leve a “espetaculo de luzes” até ao fim do ano.

      E bloqueei o seu outro comentário em que assume que sabe mais que os cientistas porque utiliza mais que 5 sentidos.
      Quer afirmar disparates, tem outros sítios.

  17. Bem, quando me perguntam se o cometa é uma anã marrom eu respondo que sim, que os Illuminati estão trabalhando para esconder a verdade, que a NASA já está preparando abrigos subterrâneos para os americanos que estão em crise por causa dos custos da construção dos abrigos, que os Maias já tinham previsto e que todos nós vamos inevitavelmente morrer.

    Afinal é isso que eles querem ouvir, não é?

  18. Bom dia Carlos, muito obrigado pelas informações. Gostaria, se possível, que esclarecesse um pouco mais o assunto a respeito do Tyche. Existe ou não existe?

    1. Que se saiba, não existe.
      Se pode existir? Pode. Mas não há evidências actualmente para ele.

      Pode ler sobre o Tyche, neste post:
      http://www.astropt.org/2011/02/20/tyche-planeta-gigante-nos-confins-do-sistema-solar/

      abraço

  19. “Não percebo a mentalidade dos pseudos”
    Percebes sim, dás logo a resposta a seguir 😛

  20. Se são como eu, e preferem ver mais conhecimento disseminado pela net (e menos conspirações baseadas em mentiras), então vou-vos pedir para divulgarem este post 😉

    1. Done.

      • Helena Oliveira on 26/08/2011 at 00:43
      • Responder

      Carlos, sabendo que você é profissional (brasileiro?) nos e.u.a, dê um alento à uma conterrãnea… Apesar de eu ser bibliotecária, confesso ter ficado em pânico por um dia ou dois com relação às histórias terroristas divulgadas em torno do Elenin. Ajude… Devo temer, quero ver meu filhote de 4 anos crescer, deliciar-me do sorriso dele por muitos anos…
      Quero divulgar seu post… Existem riscos de interferência de impacto ou interferência magnética que gerará ecatombes conforme se aproxima o Elenin?

      1. Helena, sou português 😉

        Quanto às suas perguntas: não, não existe qualquer perigo de impacto nem existe sequer qualquer interferência magnética.

        Eu respondo a mais perguntas sobre o cometa, incluindo esse do campo magnético, aqui:
        http://www.astropt.org/2011/05/22/cometa-elenin-ira-dizimar-a-humanidade/

        abraços!

    2. VOCÊ ESTÁ FALANDO DO 2012XX1 ELLENIN MAS O QUE ESTÃO FALANDO É DO P/2011 NO1 ELLENIN SÃO DOIS DESCOBERTOS PELO MESMO CIENTISTA

      (… comentário editado…)

      1. O seu comentário foi editado porque tinha links pseudo. Ou seja, tinha links para websites vigaristas.

        Nós aqui somos astrónomos e cientistas. Se quiser saber de astronomia, pergunta-nos a nós. Não vem para aqui colocar informações de vigaristas.

        Este artigo é do ano 2011, e fala do cometa que na altura se falava.

        No entanto, por acaso, o tema do artigo é verdadeiro para *todos* os cometas. Os cometas são tão minúsculos que só quem não entende nada de astronomia ou de dimensões poderia confundir os minúsculos cometas com os gigantes planetas ou estrelas falhadas.

        Quanto ao P/2011 NO1, irá passar longe da Terra no início do ano 2024, como dezenas de outros o farão nos próximos 6 anos.

        abraços

        P.S.: o CAPS LOCK só demonstra má educação. Mas o que se pode esperar de quem dá credibilidade a vigaristas?

Responder a manuel dos santos Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.