Mais um olhar distante sobre Titã

Titã visto pela sonda Cassini em cores aproximadamente naturais. Foram usadas nesta composição imagens obtidas a 09 de Setembro de 2011, através dos filtros ultravioleta UV3 (338 nm), verde (568 nm) e vermelho (650nm).
Crédito: NASA/JPL/Space Science Institute/composição a cores de Sérgio Paulino.

Na semana passada, a Cassini realizou três sessões de monitorização centradas em Xanadu Regio, uma vasta região acidentada com o tamanho da Austrália, localizada no hemisfério líder de Titã. As imagens usadas na composição de cima foram obtidas na última sessão, a uma distância de 1,47 milhões de quilómetros, e mostram um crescente de Titã envolto na sua densa e complexa atmosfera.
A sonda desloca-se agora para mais um encontro com a lua, que irá ocorrer daqui a poucas horas. A atmosfera será um dos principais alvos de estudo nesta passagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.