Pulsar de Caranguejo emite raios gama acima do previsto

A Nebulosa do Caranguejo é o resultado de uma estrela que “explodiu” como Supernova. Vimos essa supernova no ano 1054.
No centro ficou uma poderosa estrela de neutrões que gira 30 vezes por segundo – um pulsar.

Em Maio, foi detectada uma erupção de raios-gama nesta nebulosa. Essa emissão vem do pulsar.
Agora os astrónomos descobriram que as energias emitidas são muito superiores àquelas previstas pelos modelos teóricos.
Os astrónomos estão a tentar encontrar explicações para este fenómeno.

Leiam aqui, aqui, aqui, aqui, aqui, e aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.