Google+

«

»

Out 17

Outro cometa a caminho!

O cometa Elenin não deu em nada, tal como sempre dissemos.
Mas os vigaristas já vão ter outra estória para se entreterem.

O cometa C/2011 L4 (PANSTARRS) foi descoberto por astrónomos (nunca por pseudos, que esses nunca descobrem nada) a 5 de Junho de 2011.
Neste momento está muito longe – para lá de Júpiter. Por isso, nem se vê.
No entanto, chegará ao interior do sistema solar, e atingirá o periélio em Março de 2013.
Nessa altura, deverá ter uma magnitude de 0, o que vai permitir que todos nós o possamos ver a olho nú no céu.

Este cometa não representa qualquer perigo.
O cometa vai passar mais perto da Terra a 5 de Março de 2013. A distância será 1,1 U.A..
Ou seja, a menor distância do cometa à Terra irá ser semelhante à distância do Sol à Terra.

No entanto, querem apostar que os vigaristas, após nada ter acontecido em Dezembro de 2012, vão apontar as baterias para este cometa de 2013? E claro, vão aparecer novamente os disparates de buracos negros, anãs castanhas, campos electromagnéticos, Nibirus, e demais idiotices que foram ditas para o cometa Elenin!

Acerca do autor(a)

Carlos Oliveira

Carlos F. Oliveira é astrónomo e educador científico.
Licenciatura em Gestão de Empresas.
Licenciatura em Astronomia, Ficção Científica e Comunicação Científica.
Doutoramento em Educação Científica com especialização em Astrobiologia, na Universidade do Texas.
Criou e leccionou durante vários anos um inovador curso de Astrobiologia na Universidade do Texas.
É actualmente Research Affiliate-Fellow em Astrobiology Education na Universidade do Texas em Austin, EUA.
Trabalhou no Maryland Science Center, EUA, e no Astronomy Outreach Project, UK, recebeu dois prémios da ESA, e realizou várias palestras e entrevistas nos media.

4 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Ciro

    Carlos,

    O que é periélio e magnitude 0(qual grau dessa escala)?!?!

    1. Carlos Oliveira

      Oi,

      Periélio é quando o cometa está mais perto do Sol.

      Para ver a escala de magnitudes aparentes, veja aqui:
      http://www.astropt.org/wp-content/uploads/2011/05/apparent-magnitude.jpg
      Magnitude 0, quer dizer que se vê melhor que a estrela Betelgeuse, por exemplo, mas vê-se pior que a estrela Sirius.

      abraço :)

  2. Graciete vVrgínia Rietsch Monteiro Fernandes

    Quer então dizer que quanto menor for o indicativo da magnitude, maior é a sua visibilidade?

    Um abraço.,

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas HTML tags e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>