Google+

«

»

Dez 04

Aventuras na astrofotografia

A grande galáxia de Andrómeda

Foto feita com 11 minutos de exposição, no último encontro do NAV. A grande M31 e M110, bem mais pequena.

Quando passei a ser colaborador do AstroPt propus-me partilhar com os leitores as minhas pequenas conquistas na Astrofotografia, e portanto, eis-me a dar conta do que fiz na última semana 😉  Tenho um pequeno refractor ED, da Skywatcher com 80mm de abertura e 600 de focal, F7.5 e comecei com ele na fotografia do céu profundo. As fotos foram feitas com uma Nikon D90 e uma montagem equatorial Heq-5. Ainda tenho muito que aprender. Estas fotos não têm nem darks, nem flats, apenas light frames. Prometo que dentro de uns meses, na pior das hipóteses, terei fotos melhores, mas estou bastante contente com os resultado preliminares.

As fotos foram feitas no encontro do Núcleo de Astronomia de Viseu, com um céu perfeito a permitir “esticar” o ISO da máquina aos 3200 🙂

Espero que sejam também do vosso agrado.

A grande nebulosa de Orion

Foto da Nebulosa de orion (M42) e NGC 1977, The running man

A lua em crescente

O facto da lua, a parte do disco iluminado estar por detrás da torre, permitiu fotografar o earth shine na lua.

Esta foto foi também feita com o mesmo telescópio (SW80ED), mas em Viseu e com tempos de exposição inferiores a um segundo.

Para terminar, temos um céu fantático, o de inverno, e os meios para fazer excelentes fotos. A astrofotografia não tem que ser uma coisa bonita que os outros fazem, mas está ao alcance de cada um de vós. Portanto toca a tirar das malas as máquinas fotográficas (digitais ou analógicas), as teleobjectivas antigas, e vamos a fazer fotos 🙂

 

Podeis ver outras fotos que vou fazendo aqui.

Acerca do autor(a)

Cristóvão Cunha

Apaixonado pela vida e pelas maravilhas do cosmos, astrónomo amador desde 2002 e apaixonado pelo céu desde muito novo, Diácono da diocese de Viseu, está a terminar a sua tese de mestrado sobre astronomia e religião, na Universidade Católica de Braga.

12 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Luís Lopes

    Muito melhores do que eu fazia quando comecei !
    Continua a mandar-nos fotos.

  2. Cristóvão Cunha

    Obrigado Luís. A minha primeiríssima M42 foi o ano passado, mas tenho medo dela! Lol!
    Abraço 😉

  3. Ana Margarida Silva

    Obrigada!

    1. Cristóvão Cunha

      Obrigado de quê Ana? Nada a agradecer 😉

  4. Marina Frajuca

    Lindas!!!

  5. Sérgio Paulino

    Muito bom, Cristóvão. 😀
    E só estás nos primeiros passos…

  6. Luiz Alfredo

    Cristóvão! Adoro astronomia, mas ainda sou muito leigo no assunto. E suas fotos estão muito boas, perfeitas. Oh so, eu gostaria de iniciar no ramo da astrofotografia. Eu pensei que esse tipo de foto que vc tirou so seria possível por meu de telescópios, mas dei um pulo da cadeira quando li que voce fez com uma Nikon D90. O que eu preciso pra começar? Não precisa dar explicaçoes longas nao. so fala o material ou se tem algum site especifico que ensina essa arte. Eu ja tenho uma Nikon D200. Abração!!
    Qualquer coisa manda pro meu e-mail

    1. Cristóvão Cunha

      Olá Luiz. Não é preciso maquinas caras (CCD dedicados à astrofotografia e refrigerados). Sua Nikon D200 é perfeita. Como seria outra DSLR. Eu fiz estas fotos com um telescópio que custou, usado menos de €200. É preciso uma montagem equatorial motorizada para poder efectuar o seguimento dos objectos e o essencial está aí. Montagem e um telescópio ou objectiva que pode ser teleobjectiva ou não, dependendo do tipo de foto: lua, objectos do céu profundo, auroras… Mas para fazer as primeiras astrofotos basta um tripé e mais nada. Para se ver a via láctea e(quela mancha leitosa) não é preciso mais nada.
      É claro que vamos sempre evoluindo mas a AF não tem que ser cara. Basta querer.
      Meu e-mail para suas perguntas é cscunha1984 at gmail dot com
      Terei todo o gosto em responder às suas questões 😉

    2. Cristóvão Cunha

      Já mandei um e-mail detalhado 😉

  7. Cristóvão Cunha

    Obrigado Mariana e Sérgio…
    Vou aperfeiçoando as minhas técnicas. Irei mostrar-vos as minhas conquistas, à medida que forem aparecendo, paulatinamente…
    🙂

  8. Ana GP

    E és novo no meio, dizes?? 🙂 nem imagino quando estiveres pro! 🙂 Fantástico! 🙂

    1. Cristóvão Cunha

      Estou mesmo a começar. Espero melhorar muito. Tem muito ruído as fotos, tenho que fazer darks e flats e aquelas coisas todas que deixam as astrofotos todas bonitas 🙂
      Obrigado pelo comment 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>