Vox Objetiva

O jornalista André Martins, da revista Vox Objetiva, localizada em Belo Horizonte, escreveu um artigo sobre o Fim do Mundo, que saiu na 30ª edição da revista.

Leiam o excelente texto dele, aqui.
Realço sobretudo o que dizem quer os psicólogos quer os religiosos.

Podem também ir aqui, clicarem cá em baixo na 30ª edição, e irem passando página a página para lerem toda a revista (o artigo está entre as páginas 34 e 38).

1 comentário

1 ping

  1. Ficou muito bom o artigo. E parabéns a você, Carlos, você está fazendo um ótimo trabalho social ao colocar as “melancias no seu devido lugar”, no meio de tanta insanidade sobre o assunto.

    Carlos, gostaria de contribuir com material que li em outros lugares para mostrar mais algumas pílulas do quanto essa estória de data final do ciclo da longa contagem é uma “grande viagem”.

    Numa tabela deste link, uma pesquisa nomina 17 pesquisadores e mais um trio chamado GMT que fizeram cálculos do presumível início da atual contagem do ciclo longo pelos maias:

    http://www.ancient-world-mysteries.com/long-count.html

    Reparem que não há consenso. O trio GMT e poucos outros pesquisadores determinaram a mesma data para o início da contagem, a maioria aponta para datas diferentes, logo, quem pode garantir que o famoso trio GMT, que apontou para a data que culminaria o fechamento do ciclo em 2012, esteja certo?

    Mais, levantemos uma hipótese que sim, isso podemos fazer, pressupormos que possa ser uma verdade, que o trio GMT fosse ele o certo com relacao ao inicio da contagem e com o cálculo que leva ao fim da contagem em dezembro de 2012, mas há outro detalhe que não garante que estavam certos com relação à data de fechamento do ciclo, por um motivo muito simples: pesquisadores mais recentes procuraram entender como o trio GMT fez a “transposição” do calendário maia para o nosso atual, o gregoriano. A referência usada peol trio foi uma bibliografia antiga em caracteres latinos que narrava eventos que tinham alguma relação com eventos narrados nas pedras maias, mas o que descobriram recentemente? Que os eventos narrados e comparados apresentam uma grande imprecisão quanto às datas, uma imprecisão de 50 a 100 anos, significando (segundo a conclusão dos atuais pesquisadores) que o fim da longa contagem ou já aconteceu ou ainda vai acontecer nos próximos anos, sem que se tenha a mínima ideia quando acontecerá na real.

    Material sobre isso com mais detalhes:

    noticias.terra.com.br/ciencia/noticias/0,,OI4745350-EI8147,00-Erro+calendario+maia+nao+acaba+em+diz+pesquisador.html

    http://www.msnbc.msn.com/id/39746543/ns/technology_and_science-science/t/end-world-delayed-mayan-calendar/#.Tv5yP4F5vCM

    Ou seja, dentro de uma suposição hipotética apareceu outra, a data de mudança de ciclo pode já ter acontecido ou vai acontecer em algum momento para frente.

    E não podemos esquecer que os próprios maias não deixaram escrito que o fim do atual ciclo era o fim de tudo.

    Então é no mínimo bizarro ver o assunto “2012” como se fosse plenamente correto e um consenso entre os pesquisadores.

    E para concluir (não sei se já conhecem) eis um link que mostra quem são os (ir)responsáveis pelo grande “hoax 2012”:

    http://www.2012hoax.org/

    Uma coisa é um pesquisador estimar ou concluir a partir de uma pesquisa, outra muito diferente é isso virar verdade em livros e palestras e se agregar a mil teorias conspiratorias por outras pessoas sem nenhum racionalismo científico, com ainda tantas incógnitas a se desvelar.

  1. […] TSF. Palestra Fim do Mundo com vídeo e imagens. Revista Única. Revista Activa (e aqui). Revista Vox Objetiva. Revista Vice. OVNIs. Alfena. Nascimento. Extraterrestres Somos […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.