Ciência, ilumina-me!

Já aqui referimos por várias vezes no blog a importância da Ciência. Até no contexto de crise, ela é extremamente importante, por vários motivos. Primeiro, ensina-nos a olhar para este período com outros olhos para resolver ou contornar os problemas (criatividade). Segundo, evita que sejamos enganados por diversos agentes que operam de diversas maneiras, para retirar de nós o pouco que já temos. Terceiro, é nela que devemos depositar a esperança e investimento, pois é na Ciência que surgirá novas tecnologias, empregos, desenvolvimento, etc.

A meu ver, desinvestir na Ciência é um grave perigo para qualquer sociedade. Para além de sermos ultrapassados por outras nações que estejam bem economicamente, corre-se o perigo de não termos como produzir no futuro devido à mão de obra que ficou obsoleta.

Por isso, neste momento negro da nossa nação, um ponto importante: Invistam na vossa formação, mesmo que economicamente não possam dispensar algum dinheiro, existe inúmeras maneiras (principalmente através da leitura) e ações gratuitas para que aumentem a vossa literacia. Inclusivé, recorram à leitura do material que vós é deixado aqui no blog ou nas nossas revistas.

É claro que isto só não chega. É necessário garantir a gerações futuras melhores condições dos que as que existem hoje. Para isso, os nossos governantes devem apostar em áreas científicas. Assim, teremos técnicos qualificados para futuros empregos e cientistas que poderão dar o seu contributo às empresas para a sua verdadeira modernização e expansão.

Investir na Ciência é uma garantia de completo retorno.

5 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. E quando a imprensa age de má-fé noticiando algo científico de forma popularesca, para chamar a atenção, dizendo uma coisa no titulo e o conteúdo dizendo outra? Ou ela mais uma vez caiu no conto do hoax de um conspiroide? Carlos, pode fazer essa pesquisa para nós?

    Se for verdade que o astrônomo estudou as fotos de Vênus e deu entrevista, a imprensa diz no título diz o astrônomo russo “encontrou” vida em Venus, depois o texto diz: “provavelmente tem caracteristicas de seres vivos”. Afinal, encontrou ou não? Mesmo se não encontrou, fez “atiçar” o fogo de palha dos conspiroides que correram para os seus blogs espalharem a “boa nova”.

    Ou será que esse astrônomo não é astrônomo e a imprensa foi engambelada mais uma vez?

    http://portuguese.ruvr.ru/2012/01/20/64268551.html

    • Ana Guerreiro Pereira on 21/01/2012 at 14:11
    • Responder

    Concordo totalmente!

    Sabem dizer-me se esse video existe com legendas de preferência em PT? Era excelente para eu o passar numas aulas que tenho de dar brevemente, mas sem legendas em PT…

    1. Ana, o lançamento do recurso é muito recente, mas mesmo assim procurei no Youtube e no site da Apple em portugues com esperanças de que já tivesse um legendado, mas não encontrei. Acredito que em breve alguém fará isso. Vou ficar de olho e, caso aparecer, informo-lhe.

      Tambem me interessei, há falas de alguns (dos que se dizem) professores que são muito legais.

        • Ana Guerreiro Pereira on 22/01/2012 at 00:28

        Obrigada, Jonas 🙂 para o tipo de pessoas com q eu trabalho, a legendagem em português (seja de portugal ou do brasil, é indiferente) é essencial, pois não sabem inglês e muito menos inglês com alguns termos técnicos. E eu não tenho hipótese de fazer eu a legendagem 🙁

  2. Concordo plenamente, José, com certeza deve-se investir em ciência e tecnologia em massa. As inovações e as melhorias na sociedade vêm dai.

    Vejam o exemplo da Apple: acabaram de lançar uma ferramenta para se produzir app-books (livros-aplicativos) que podem ser vendidos no iTunes e lidos no iPad. Grande sacada que pode revolucionar a educaçao em todas as áreas e níveis:

    http://www.youtube.com/watch?v=KJxZG2Nv4KA&feature=player_embedded.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.