Porque Plutão não é um planeta?

Para ser planeta teria que respeitar 3 critérios: orbitar o Sol, ser esférico, e “limpar a vizinhança”. Claramente Plutão não conseguiu limpar a vizinhança, e encontra-se numa Cintura de Kuiper juntamente com muitos outros objetos similares a si próprio. Daí ser considerado Planeta-Anão. Tal como Ceres, por exemplo, na Cintura de Asteróides.

17 comentários

3 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Oi gostaria de saber porque Plutão não é um planeta obg.

    1. Está no post…

  2. 🙂

  3. nao resolvel meu problema

  4. A definição da IAU somente se aplica ao nosso Sistema Solar. Mesmo assim, trata-se de uma especificação controversa. A terceira regra (o corpo tem que limpar sua órbita) é inconsistente.

    Alan Stern, coordenador da missão New Horizons critica esta decisão da IAU. Ele especula que se descobrirmos um objeto das dimensões de Marte (ou maior) nos confins do Sistema Solar, bem além do cinturão de Kuiper, esta decisão irá ser severamente questionada e provavelmente modificada.A existência de um “planeta X” é até plausível pois sabemos que os gigantes gasosos não estiveram sempre nas posições atuais e que um ou outro planeta massivo talvez tenha sido ejetado nos primórdios da formação do Sistema Solar.

    “Alan Stern insiste que o número de planetas, segundo a sua concepção, em nosso sistema solar é mais parecido com 1.000, sendo a grande maioria composta de mundos gelados anões, vários deles distribuídos nos 15 bilhões de quilômetros de largura do cinturão de Kuiper, a grande região do Sistema Solar repleta de objetos candidatos.”

    Vale a pena uma leitura neste interessante crítica, aqui:

    As grandes luas devem ser chamadas de planetas-satélite?
    http://eternosaprendizes.com/2010/05/25/as-grandes-luas-devem-ser-chamadas-de-planetas-satelite/

    Fica o debate aberto para discutirmos!!!

    1. Plutão não é planeta…

      Mas concordo com as críticas, e também concordo que se for encontrado um “Marte” para lá de Plutão, então deverá dar muita confusão… 😉
      Eu colocaria esse planeta X, do tamanho de Marte, como planeta… 😛

      Faço notar que esta discussão não é científica, mas é meramente numenclatura.
      E, como você disse, e muito bem, aplica-se ao nosso sistema solar… porque quando pensarmos verdadeiramente noutros exoplanetas, então é que vai ser confusão da grossa 😛

      abraços 🙂

  5. É .. mas se tivessem medido corretamente Éris, naquela época, não teria existido a polêmica se Plutão continuaria a ser planeta ou não.
    Ou seja por um erro humano (ou tecnolológico) plutão foi rebaixado..
    Mas ele em si, nem deu bola pra isso..

    1. Plutão recebeu o tratamento que Ceres recebeu uns anos antes.
      Como foi o 1º a ser descoberto na zona, pensava-se que era planeta. Depois percebeu-se que havia muitos irmãos e primos perto, e por isso não seria planeta.
      É um processo normal 😉

  6. Só um pequeno reparo.

    Em Portugal costumamos usar “cinturas” e não anéis. Cintura de Kuiper e Cintura de Asteróides.

    1. Tens razão. Vou modificar essas palavras no post 😉

      Cheers 😉

  7. Entendo e aceito a justificativa do ‘rebaixamento’ de Plutão, mas confesso que senti uma vontade imensa de participar dos protestos contra! hahaha
    Pra mim, sempre existirão 9 planetas! Coisa de criança, sabe?

    http://plutovian.files.wordpress.com/2009/11/pluto_protest.jpg

    1. Muitos americanos sentiram isso, porque tinha sido o único planeta descoberto por um americano… 😉

      Pessoalmente, já não considerava Plutão um planeta desde 2001. Desde que vi as razões expostas no Planetário de NY, e concordei totalmente com o que era dito 😉

        • Mariana on 26/01/2012 at 03:23

        Tomando as palavras da Ana lá em cima como minhas: mas ele é fofiiinho! hehehe

  8. Finalmente, consegui compreender o porque de Plutão ser rebaixado à categoria “planeta-anão”:

    “(…) e encontra-se num Anel de Kuiper juntamente com muitos outros objetos similares a si próprio.”

    Obrigado, Carlos. 😉

    1. Plutão é o elemento mais importante do seu grupo de amigos 🙂

    • Ana Guerreiro Pereira on 25/01/2012 at 18:03
    • Responder

    Mas é fofinho!!! :D:D:D

    1. Eu também… e não sou planeta! 😛 LOL

  1. […] qualquer modo, a classificação feita pelos humanos diz-nos que existem 3 critérios para um corpo ser considerado planeta: orbitar […]

  2. […] VP113. 3 novos planetas-anões. Tique, Tyche, Planeta X. Plutão: características, não-planeta, explicação, imagens, água, oceano, anéis, 4 luas (nova […]

  3. […] independentemente da sua recente despromoção a planeta anão pela União Astronómica Internacional (mais precisamente a 24 de agosto de 2006), a verdade é que […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.