E o prémio vai para…

Anualmente, desde 1997, a James Randi Educational Foundation atribui os aclamados Prémios Pigasus.

Estes prémios têm sido atribuídos aos mais merecedores charlatães, vigaristas, videntes, pseudo-cientistas, curandeiros…e seus seguidores fieis. O nome, como já devem ter adivinhado, está inspirado no mítico cavalo voador, Pégaso, e no altamente improvável porco voador da gíria popular anglo-saxónica.

[Uma versão à portuguesa poderia ser a dos Prémios Galix© — inspirado na Fénix e nas míticas galinhas com dentes]

Voltando à questão em causa, este ano não foi excepção e os agraciados foram anunciados no passado dia 1 de Abril, bem a propósito, já que normalmente os premiados são portanto pessoas ou instituições que ganham a vida a enganar os outros.

Fica então aqui o vídeo do anúncio (abaixo, explico quem são os premiados em português):

 

 

  • Categoria “Financiamento”:   Universidade de Syracuse (EUA) pelo apoio, promoção e financiamento contínuo da técnica de comunicação facilitada, um sistema em que um “facilitador”, um adulto que segura na mão de uma criança autista e, independentemente do que esta possa estar a fazer, usa a sua mão para escrever palavras num teclado de computador. É bastante óbvio que quem está a comunicar é o “facilitador”, o adulto.
  • Categoria “Representação/Artista”:  [espantem-se] A médium de Long Island! — Theresa Caputo. Já vai pela segunda temporada porque claro, há muito dinheiro a ganhar! E segundo ela, aqui a ser entrevistada pelo Anderson Cooper (!), tem uma lista de espera de dois anos para uma “leitura”.
  • Categoria “Recusa em Aceitar a Realidade”:   James Van Praagh, que embora já tenha sido exposto vezes sem conta, continua a expelir barbaridades porque sabe que não há nenhuma evidência que possa convencer quem é realmente crente.

 

E estes são os Prémios Pigasus 2012!

Como bombom de despedida, deixo-vos o próprio James Randi, numa TED talk do ano 2007, onde expõe maravilhosamente muitos dos truques usados por estes e outros trapaceiros das “mentes abertas”.

 

 

11 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. É difícil escolher quem merece ganhar os primeiros Galix na categoria media, se a TVI ou a SIC, ambas competem por transmitir o maior número de disparates

    1. Também pensei nesse grande dilema!
      Mas pode-se sempre atribuir uma menção honrosa pelo esforço à que ficar em segundo lugar 🙂

      Há uma proposta alternativa aos Prémios Galix…Prémios Unicórnio!
      Estamos em negociações contratuais 🙂

    2. Marco sinceramente apesar da escolha ser difícil acho que é a TVI pois foi esta que começou com os programas la dos mortos e da inglesa e viu que dava bastante audiência dai a SIC depois ter feito algo do género para também ter grandes audiências :S

      Infelizmente são estas tretas que tem audiência e que todos pensam que e verdade ate pk esta na TV e podes ver que não existe falsificação pelo meio :/

      Tenho pena das pessoas que se deixam levar por este tipo de tretas 🙁

    • Bruno Rebocho on 04/04/2012 at 16:23
    • Responder

    por falar em TED e galinhas com dentes

    http://www.ted.com/talks/jack_horner_building_a_dinosaur_from_a_chicken.html

    😛

    1. 😀
      Muito bom!

  2. Estamos mais habituados a prémios aos quais as pessoas se candidatam antes de eles serem atribuídos.. É raro entregarem-se prémios a quem não os “pede”.. Acho louvável este tipo de reconhecimento! São prémios entregues por mérito próprio dos laureados..

    1. É bem verdade Filipe!
      As qualidades destes premiados são tão evidentes que nem foi necessária uma candidatura formal! 😉

  3. Obrigada a todos! 😀

    E agradeçam ao Marco Filipe, que foi ele quem me sugeriu o post 😉

    Seria muito bom que algumas “mentes abertas” também vissem esta apresentação e percebessem como é fácil cair em patranhas…
    …em vez de se perderem em teorias da conspiração do mundo virtual…

  4. Desconhecia estes prémios, obrigado pela divulgação!

    Grande James Randi! Adorei aquela do fulano que morreu de overdose porque se esqueceu de tomar os seus medicamentos homeopáticos. Hahahahahaha!

    Brilhante!

  5. Bom post, Diana 😉

    Acabei agora de ver a apresentação do James Randi, e está excelente!! Simultaneamente informativo e hilariante. Ohh, o que me fartei de rir.

    É uma inspiração para a nova geração de céticos que se está a formar em Portugal!

    Obrigado pela partilha.

    • Manel Rosa Martins on 04/04/2012 at 00:19
    • Responder

    Mas que grandes figurões, bem feita que ganham o prémio dos charlatões.

    Os “charlatani” eram os falsificadores de pedras preciosas que vendiam vidros coloridos na Veneza de Galileu.

    Ora hoje é vê-los com as pulseiras quânticas, as pseudo medicinas de alterne, e os truques de baixo recorte de muitos programas de lixo-TV para se aproveitarem e abusarem das pessoas.

    Excelente artigo, com muitos dos truques denunciados. Pena que esta gentalha só use tantos recursos e imaginação apenas para enganar os outros. Que desperdício.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.