Universo Pacman

Há dias atrás, numa conversa de Facebook, falei destas hipóteses intrigantes de possíveis formas do Universo.

Uma delas diz-nos que o Universo pode ser uma bola de futebol.
Neste caso, o nosso Universo Observável é um dos gomos dessa bola de futebol. Não vemos para lá do nosso gomo.

Curiosamente, uma das pessoas que defendia esta ideia era, naturalmente, uma investigadora brasileira, do país do futebol 😉

Leiam sobre esta ideia, aqui, aqui, aqui, aqui, e aqui.

Uma outra ideia é que o Universo pode ter a forma de um donut.
Neste caso, o nosso Universo Observável é o espaço dentro do donut perto de nós, que nos parece quase plano, mas na verdade não o é. Não vemos para lá da “curva”.

Podem ler mais sobre isto, aqui, aqui, aqui, e aqui.

Nestes dois casos, temos a situação em que o Universo é finito e ilimitado. Ou seja, podemos andar por ele indefinidamente sem encontrar limites mas ao mesmo tempo ele é finito. Tal como a Terra.
Sendo assim, o Universo é como uma casa de espelhos. A luz de um objecto vai numa direcção e vai aparecer biliões de anos depois por trás desse objecto. Ou seja, se tivermos uma lanterna e a apontarmos para a frente, essa luz vai dar a volta ao Universo e iremos ver a luz da lanterna vir por trás de nós. Ou dito de outra forma, os objectos longínquos que estamos a ver lá longe podem ser somente repetições da luz do mesmo objecto que vemos mais perto – estamos realmente a ver lá longe a nossa vizinhança por trás de nós. Isto claro, se conseguíssemos ver todo o Universo dentro dessa bola ou donut. Estaríamos a ver sempre as mesmas coisas.
Por outro lado, se quiséssemos viajar pelo Universo, e fossemos sempre em frente, biliões de anos depois iríamos aparecer novamente na Terra vindos pelo lado contrário. Na verdade, se nós estivéssemos na Terra e víssemos alguém a viajar para um dos lados, esse alguém iria depois aparecer por trás de nós. Tal e qual como no jogo Pacman, em que o Pacman ia numa direcção e aparecia depois na direcção contrária (vejam o vídeo aos 33 segundos).

Há também uma outra ideia interessante referente a estes cenários do Universo.
Se o nosso Universo de 3 dimensões espaciais fôr uma bola de futebol, quiçá estará um ser de 4 dimensões espaciais a chutá-la.
Se o nosso Universo de 3 dimensões espaciais fôr um donut, quiçá está um ser de 4 dimensões espaciais a comê-lo.

Nestes casos, Deus teria um nome: Homer Simpson 😀

5 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Para D. Juan Matus, Don Juan Matus, índio xamã, da tribo Yaquis do deserto de Sonora, no México e – mentor do antropólogo Carlos Castaneda (25 de dezembro de 1925 — falecido em Los Angeles, em 27 de abril de 1998), que, a partir destas experiências, tornou-se também um escritor internacionalmente conhecido.
    Formado pela Universidade da Califórnia; notabilizou-se após a publicação, em 1968, da sua dissertação de mestrado intitulada The Teachings of Don Juan – a Yaqui way of knowledge.Carlos Castañeda; o Universo é como uma cebola, e as ‘cascas’ dela são as dimensões.

  2. Ah não. Essa do donut TEM DE TER SIDO inventada por um policial norte-americano! HAHAHAHAHAHHA

    Muito bom! 😀

  3. A piadinha do ser quadridimensional foi boa =D hehehe bem capaz de os pseudos acreditarem piamente nela UAHAHAH

    Mas, abusando de qualquer evidência se quer observada, não seria um ser de quinta dimensão? [supondo que fosse vivo, ou mero evento, lei natural duma dimensão física maior]
    Aquela história de que o tempo é uma quarta dimensão, daí para o continuum e tal. Realmente, no nível didático, nunca entendi muito bem o que significaria o tempo ser uma outra dimensão; sempre imaginei se acima dele, numa dimensão n haveria “tempo” como entendemos….ok, agora já estamos na seara da ficção científica 😀

    Teria relação com um ideia do Hawking de um tempo “físico limitado” [desde o Big Bang] perpendicular com um tempo eterno? Vi em algum lugar isso, mas não lembro bem como era, só sei que a princípio a ideia era dele; acho.

    1. Note que só falei de dimensões espaciais… não incluí o tempo 😉

        • kevin on 27/04/2014 at 14:29

        mas lembrando que o universo é espaço e tempo? OK?

  1. […] – Cosmologia: início. Universo Cíclico com círculos. Donut e Möbius. Inflação Cósmica confirmada. Imagem Profunda. Prémio Nobel da Física pela Expansão […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.