Nova partícula detectada no LHC

Diagrama esquemático da cadeia de decaimentos explorada nesta análise.

O CMS (LHC) detectou uma nova partícula o Xi_b, que é formada por um quark leve (up) e dois pesados (strange e bottom ou beauty).

A observação de um barião b excitado através do seu decaimento forte em Xi (b)^ – pi ^ + (conjugados de carga positiva) é relatada no artigo publicado no arXiv, publicado por um equipa do CERN. A medição utilizou uma amostra de dados de colisões de protões (com energia 7 TeV) recolhida pela experiência CMS no LHC.

“Os cientistas não “viram” directamente a partícula, mas puderam inferir, analisando os resultados de 530 milhões de milhões de colisões protão-protão a energias de 7 TeV, que tinham acontecido durante essas colisões 21 eventos de geração de bariões Xi_b^*. Isto é estatisticamente suficiente para afirmar que os sinais produzidos não eram meras flutuações aleatórias, mas partículas reais. ” (Publico)

Para conhecer mais: aqui, aqui e aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.