Nebulosa do Ovo

Esta é a Nebulosa do Ovo, numa imagem feita pelo Telescópio Espacial Hubble, combinando luz visível e infravermelha.

Uma estrela como o Sol está a morrer, e o que se vê é a breve fase de nebulosa protoplanetária, em que a estrela, que se encontra no centro da nebulosa, aquece e excita o gás ao seu redor, fazendo-o brilhar por vários milhares de anos.
Aliás, é possível que no centro da nebulosa existam na verdade 2 estrelas: um sistema binário.
As camadas que se vêem a sair do centro, são explosões periódicas (em média, uma em cada 200 ou 300 anos) de material que é ejectado pela estrela que está a morrer.

1 ping

  1. […] Gaivota. Ampulheta (aqui). 30 Doradus. Anel. Colar. Rosetta. V838 Monocerotis. Thor. Cascata. Ovo. Ovo Frito. NGC 2170. NGC 6357. M78. Pilares da Criação desaparecem. Montanha desaparece. […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.