Nave espacial perto do Sol?

Foi criado um vídeo no Youtube que se tornou viral, sobre uma suposta nave espacial perto do Sol.

Milhares de vigaristas pela internet já andam a divulgar isto como se fosse uma nave espacial.
E atrás deles, já andam centenas de milhares de pseudos, que preferem a ignorância dos assuntos, afirmando que isto é a “prova que faltava”.
E, claro, atrás destes, vão os crentes, que em vez de procurarem o conhecimento, a credibilidade dos especialistas, preferem acreditar em qualquer treta que aparece na internet escrita por um ignorante qualquer. Estes fazem-me lembrar o cão do filme Up, em que parece que sofrem de uma doença cerebral degenerativa, e por isso distraem-se semanalmente com um disparate diferente, esquecendo-se que é o mesmo disparate dito milhares de vezes no passado e sempre foi falso.

Todos estes divulgam disparates, promovendo assim as Trevas do Obscurantismo na Humanidade.
Todos estes são contra o progresso da Humanidade, por vontade própria ou por nem se darem conta das tretas em que caem.

Não vou aqui colocar links desses blogs mentirosos, promovendo-os neste local de conhecimento. Mas podem procurar no Google, que vão encontrar montanhas deles.
Em resumo o que eles dizem é isto:
1 – isto é um grande mistério que os cientistas não conseguem explicar.
2 – parece ser um objecto circular perto do Sol.
3 – é óbvio que só pode ser uma nave pilotada por extraterrestres.
4 – a nave está a abastecer-se de energia solar.

Sinceramente, é tanta estupidez junta que nem sei por onde começar.

Divido este artigo em 5 pontos:

1 – Uma das falácias argumentativas tem a ver com saltos nas conclusões. Isto são coisas que já expliquei centenas de vezes aqui pelo blog.
Se eu for no meu carro numa auto-estrada, e o carro parar de repente, a lógica racional diz-me para olhar para o ponteiro da gasolina (posso ter ficado sem gasolina), e se não for disso, então a seguir pensarei que tive um problema no motor (e levo-o a um mecânico, o especialista com conhecimento desse assunto). É um perfeito disparate, o carro parar de repente e eu sair do carro com os braços no ar aos berros a dizer que foram unicórnios voadores invisíveis que passaram pelo carro e o pararam. Essa é uma conclusão que não tem qualquer nexo. Não se pode nem se faz esses saltos no pensamento na nossa vida diária. Porque se fizéssemos isso durante o dia, seríamos internados de certeza, porque obviamente só faz isso quem tem problemas psiquiátricos e não consegue seguir uma lógica racional. Pelo contrário, todos os dias, e durante todo o dia, tiramos milhares de conclusões baseadas numa lógica racional.
Infelizmente, muitas vezes ao abrigo do anonimato virtual, as pessoas preferem berrar/divulgar disparates completos, sem pararem 1 segundo para pensarem que o que escrevem é uma parvoíce que denota que essa pessoa deverá ter problemas psicológicos.
É o que se passa neste caso. Se há algo no Sol que não entendem, deviam perguntar aos especialistas (que neste caso são astrónomos e não mecânicos). Não deviam andar a dizer que isto é um mistério, só porque não querem saber das explicações científicas. E não deviam andar a divulgar perfeitas parvoíces, tirando conclusões completamente aparvalhadas, fruto de não entenderem os assuntos.

2 – Também já falamos aqui no blog, dezenas de vezes, do problema da pareidolia: as pessoas verem formas familiares onde elas não existem.
Neste caso, uma forma totalmente normal, natural, e que é vista perto do Sol milhares de vezes, para os pseudos é misteriosamente uma nave extraterrestre.

3 – A história diz-nos que estas tretas, estas parvoíces, estão continuamente a ser ditas. Todos os meses os vigaristas inventam uma parvoíce nova… e é SEMPRE mentira. Por isso não entendo como há pessoas que ainda caem nestes disparates!! Será que têm a memória assim tão curta que nem se lembram que caíram na mesma treta recentemente??? Enfim…

4 – Estas mentiras baseiam-se sempre numa tremenda falta de imaginação do que serão extraterrestres avançados. Neste caso, a mente dos pseudos limita-se à má ficção científica. Por isso imaginam que extraterrestres têm que ter naves parecidas com as nossas, que essas naves ainda precisam de energia solar, e, ainda pior, precisam estar bastante próximas do Sol para se “alimentarem”. E pior do que isso, vêm logo retirar esse combustível duma estrela-anã como o Sol em vez de irem para perto de estrelas gigantes! Os pseudos assumem que os extraterrestres são completamente estúpidos!!! Enfim…
A mentalidade dos vigaristas é tão limitada, que, para eles, os extraterrestres têm que seguir parâmetros humanos do século XX. É puro egocentrismo, é um geocentrismo psicológico assustador! Os pseudos acham que os extraterrestres têm que seguir as suas crenças (dos pseudos) limitadoras.

5 – Por último, cá fica a explicação:
Já no passado, falamos de tornados solares, aqui e aqui. Isso é o que se vê no vídeo.
Basicamente vêem-se as normais e naturais proeminências do Sol, que aparecem como filamentos. Os filamentos parecem negros porque são mais frios que o ambiente ao seu redor. Da mesma forma que as manchas solares parecem negras (apesar de não o serem). E estes filamentos, ao tornarem-se “flares” e saírem do Sol, podem ter diferentes formas, dependendo da pareidolia em que cairmos (há quem veja, por exemplo, orelhas de coelhos, como vemos em formas de nuvens). Mas são coisas normais. Quase todas as semanas damos conhecimento de uma nova tempestade solar a vir em direcção à Terra. Essas tempestades solares formam-se desta forma: são estas “flares” que saem do Sol. Quando se estuda a mecânica da coroa solar e a sua relação com os campos magnéticos, percebe-se que estas aparentes “estruturas” circulares e em arco são bastante comuns e naturais.
Logo, tudo perfeitamente natural; tudo já visto milhares de vezes no passado e que é fruto do normal funcionamento do Sol; tudo perfeitamente explicado.

16 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Oi! A NASA divulgou que nos próximos dias poderá ocorrer uma tempestade solar. Já tem gente falando que o campo magnético da Terra pode não suportar uma super tempestade solar e assim destruiria a atmosfera terrestre. Isso faz algum sentido, é possível? Obrigada.

    1. Existem manchas solares no Sol. Essas manchas podem provocar tempestades solares ou não. Quando provocam, essas tempestades podem vir na direcção da Terra ou não. Quando vêm, não destroem a atmosfera terrestre.

      Quem lhe diz que vai destruir a atmosfera é ignorante e está só a vigarizá-la.

      Danniele, sugiro que consulte a nossa categoria sobre o Sol.
      http://www.astropt.org/category/estrelas/sol/
      Vai lá ver dezenas de tempestades solares que têm acontecido nos últimos anos.
      Quais são sempre os resultados? Algumas auroras belíssimas nos céus. É só. A Danniele não morreu nas centenas de vezes passadas em que houve tempestades solares; por isso não se preocupe com essas mentiras.

        • Danniele on 10/05/2012 at 20:17

        É realmente eu não morri! 🙂
        Disseram, inclusive, que uma super tempestade solar destruiu a atmosfera de Marte! Não sei de onde tiraram isso, nem mesmo sei se isso é verdade. Por isso eu perguntei!Obrigada pelas informações 😛

      1. Não, não é verdade. 😉
        Marte ficou quase sem atmosfera, porque o planeta é pequeno e pouco massivo, o que fez com que não conseguisse manter uma atmosfera densa. Tem atmosfera, mas é fina.

  2. Certamente não é uma nave.

    Mas alguém poderia explicar, rápidamente, oq é isso?

    1. Está explicado no ponto 5, e no vídeo do comentário do Sérgio 😉

  3. Logo eu desconfiava desses extraterrestres safados. Ficam se abastecendo do Sol.

    Porém, deve ser bem caro abastecer uma nave alienígena, huh? Do jeito que os terráqueos taxam as coisas, é bem capaz de começarmos a taxar o litro de plasma solar. E pronto: os extraterrestres deixarão de nos visitar. 😛

  4. Outra vez??!!
    Mas agora é moda os aliens irem passear até ao Sol? :p
    Haja paciência para as explicações constantes!
    Hoje a minha está em níveis mínimos…há-de recuperar.

    • Rui Gonçalves on 09/05/2012 at 21:48
    • Responder

    Excelente e oportuno artigo, como de costume. Parabéns.

    A propósito. Há dias recebi um mail que pelo “titulo” do assunto, me despertou o interesse:

    O título:…. Constelações sistêmicas.

    Depois de o ler fiquei, dada a minha ignorancia das diversas…. “artes profissionais” , surpreendido com a qualificação do autor …. ” ‘ consultor de autenticidade na comunicação profissional ‘ “…

    http://constelacaosistemica.wordpress.com/sobre/

    Haja…..

    Saudações Astronómicas

    • FelipeSarinho on 09/05/2012 at 20:32
    • Responder

    lembro que fiquei um dia inteiro lendo os comentarios para saber oque era aquilo, e no dia seguinte ve que não era NADA, mas realmente não duvido da capacidade desses fanaticos pelo fim de continua com suas teorias
    me lembrei deste video:
    http://www.youtube.com/watch?v=Dt7Pyz9fWKU&feature=related

    o suposto planeta imaginario nibiru sendo filmado na antartica, eu até diria que era real se esse video não fosse uma Imagem montada com um efeito de tremedeira (bandeiras e nuvens não se mexem)

    queria que isso acabasse, quero chegar até o fim da vida com a mente em bom estado, mas essas coisas me deixam paranoico para procurar logo por uma explicação e assim desmentir de uma vez.

    lembrei do caso dos barulhos estranhos no céu, onde existe um blog que postava de tempos em tempos um video de alguem que filmou um som estranho em algum lugar e vai dizendo logo que é no céu, eles ao menos não diziam ser adeptos das teorias de fim do mundo, mas uma coisa me fez parar de ver esse blog, era o fato de que li que eles não estavam atras de uma explicação… legal, eles podem viver na fantasia deles por muitos e muitos dias…

    não duvido que no futuro alguem diga que o fim esta proximo ao ve a lua no céu durante o dia x_x.

    mais um otimo artigo, muito bom trabalho 😉

      • FelipeSarinho on 09/05/2012 at 21:22
      • Responder

      sério, rosto piscando XD

      • FelipeSarinho on 09/05/2012 at 21:22
      • Responder

      sério, adoro esse rosto piscando XD

  5. O nosso imaginário tem um poder fortíssimo. Proponho que essa malta escreva ficção, pois nisso eles são bons.
    Não consigo entender como é que é possível que se siga pelo caminho da facilidade e do conhecimento irracional. Ah, claro! Já sei! Se tivessem tido um tipo de escolaridade que os obrigasse a pensar diriam menos barbaridades.
    A fraca cultura a nível de disciplinas como matemática, física, química e outras afins, leva a que, desconhecendo sobre a fundo os assuntos, se encontre explicações rocambolescas, mirabolantes e mais de acordo com a nossa percepção.
    Se assim fosse com todos ainda hoje estariamos, inegavelmente, na idade média. Não teríamos rádio, TV, telemóvel, carros, luz, etc. A tal tecnologia que admiramos sacrariamente e que negamos a sua real proveniência (pois a nossa mente não compreende): http://www.astropt.org/2012/02/18/7-equacoes-que-governam-o-seu-mundo/

  6. Olá Carlos,

    Apenas queria acrescentar que tudo começou neste vídeo: http://www.youtube.com/watch?v=5AwrJQ7V6bw.
    Alex Young, um investigador da NASA, respondeu de imediato com este vídeo bastante esclarecedor: http://www.youtube.com/watch?v=82l46fpd-ic.
    É pena constatar que, passados 2 meses, proliferem mentiras acerca deste assunto quando logo no dia a seguir já existia explicação disponível na net para todos verem. Lamentável.

    1. Não tinha reparado na história desse vídeo em específico 😉
      Ainda bem que pedi para intervires, já que tu estás mais dentro destes assuntos solares 🙂

      E complementaste a informação fantasticamente 😉
      Estive a ver o vídeo e reparei que, além do que eu disse, também é uma questão de perspectiva 😉
      Muito bom vídeo de explicação 😉

  7. Ótimo artigo.

    😉

  1. […] Canadá. Nova Iorque. Perto da ISS. Google. 2014. Obama. Guarda-costas. Aldrin. Mar. Mercúrio. Nave no Sol. Lua Dione. 3 grandes naves (aqui). Exército Indiano. Vénus. Espirais (Noruega, Austrália). Pão […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.