Descobertos 3 planetas como a Terra

A Missão Kepler descobriu mais 3 planetas como a Terra (em termos de tamanho, massa, temperatura, e superfície rochosa), que podem ser habitáveis (diferente de habitados).
As estrelas-mãe são estrelas anãs do tipo M, e são KOI (Kepler Object of Interest). Os seus nomes são KOI 463.01, KOI 812.03, e KOI 854.01
Os 3 planetas agora detectados parecem estar naquilo que é designado por “zona habitável” das 3 estrelas.

Saliente-se que a maior parte das estrelas no Universo são do tipo M, por isso em termos de probabilidade, é normal que existam mais planetas nesse tipo de estrelas.
Aliás, como publicamos aqui: Planetas rochosos à volta de anãs vermelhas são muito comuns.
Assim, se houver vida no Universo, é mais provável ela existir nestes sistemas com estrelas-anãs, do que em sistemas com estrelas similares ao Sol.

Por fim, refira-se que estes planetas ainda são somente candidatos. É preciso ainda haver confirmação de que eles realmente se encontram lá.

Leiam o comunicado da Universidade de Cornell, a tradução em português, e o artigo científico.

7 comentários

1 ping

Passar directamente para o formulário dos comentários,

    • Chayene Böttcher Vicente on 24/01/2013 at 02:53
    • Responder

    Tenho 9 anos espero que no futuro possamos ir passar ferias em outro planeta ,e até morar com aliens

    • Felipe Sarinho on 10/05/2012 at 16:17
    • Responder

    é interessante saber disso, o que mais me interessa é saber quando irão analisar a fundo esses planetas a ponto de mostrar como é a vegetação e as criaturas que la podem existir.

  1. Viva,

    pelo que vi no artigo:

    http://iopscience.iop.org/2041-8205/750/2/L37/

    são *apenas* candidatos a planetas. Com a técnica dos trânsitos apenas consegues estabelecer o raio do corpo que provoca o trânsito, e a inclinação e período da sua órbita. Só consegues ter certeza absoluta de que é um planeta medindo a sua massa directamente pela técnica da velocidade radial. Os autores ainda não fizeram isto para os três candidatos apresentados. Só admitem que são candidatos porque os raios dos três, calculados com base nas profundidades dos trânsitos e nos raios das respectivas estrelas hospedeiras, são tão pequenos que a explicação mais simples será a de serem todos planetas.

  2. Vi recentemente dois filmes de Sci-Fi (Pandorum, Cargo), onde o mote da estória é exactamente a ‘colonização’ deste tipo de planetas, após a ‘morte’ da Terra… Neste caso podemos afirmar que a Ficção, anda a fazer ‘marcação cerrada’, à Ciência (ou vive-versa?!!!)…

    Abraços

  3. Os futuros planetas habitáveis pelos humanos no futuro distante bem distante já que essa terra será dizimada pelos proprios

  4. Sou do tempo que os que falavam que existia outros planetas orbitando outras estrelas eram considerados loucos, e agora já temos uma profusão de planetas que até que nos serviriam para passar as férias pelo menos.
    Estou com 45 anos, será que nos próximos 45 veremos algum planeta com prova de vida?

  5. Mais uma voltinha e já se confirma, não é? Penso que é ao fim de três observações. Para serem considerados KOI já foram duas observações registadas e só falta uma mas não tenho a certeza.

    Esclarece aí Astro, sff…

  1. […] Gliese 163c, GJ 1214b (atmosfera de água), Kepler-186f, HD 189733b, KOI-500, KOI-961, KOI-172.02. KOI 463.01, KOI 812.03 e KOI 854.01. Alfa do Centauro A, Alfa Centauri B (aqui, aqui e aqui). Quinteto. PH1. HD 189733b. HD 132563. HD […]

Responder a Nuno Amorim Cancelar resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.