Directamente dos arquivos da missão Viking: espectacular mosaico de Marte!

É difícil encontrar adjectivos que descrevam a beleza do mosaico que hoje aqui vos trago. Composto por imagens obtidas no distante ano de 1976 pela sonda Viking Orbiter 1, este fabuloso retrato de Marte é produto da paciência e da habilidade de Daniel Macháček, um dos magos do processamento amador de imagens espaciais que habitualmente participam no fórum UnmannedSpaceflight.com. Publiquei-o aqui numa versão menos pesada, mas aconselho-vos vivamente a observarem-no na sua máxima resolução no blog de Macháček (21 MB com uma resolução aproximada de 800 metros/pixel!).

O planeta vermelho de Argyre Planitia a Thaumasia Fossae. Mosaico de 36 imagens obtidas a 24 de Julho de 1976 pela Viking Orbiter 1, através de filtros para as cores violeta e vermelho. Para produzir a composição em cores aproximadamente naturais foram sintetizadas imagens para o filtro verde a partir dos outros dois filtros.
Crédito: NASA/JPL/Daniel Macháček.

O mosaico cobre uma interessante região de Marte que se estende desde a bacia de impacto de Argyre e a sua vizinha cratera Galle (o simpático sorriso marciano) até às planícies que rodeiam as falhas tectónicas de Thaumasia Fossae. A leste de Galle são visíveis as crateras Lohse, Helmholtz e Wirtz, encimadas pela ténue atmosfera marciana. A cratera Lowell e o seu arco de picos centrais aparece em posição de destaque, aproximadamente, no centro do mosaico. Podem consultar aqui uma versão legendada com mais algumas estruturas geológicas identificadas.

3 comentários

  1. Ainda assim, uma paisagem desesperadamente lunar…

  2. Que perpesctiva!!!! Lindo. 🙂

  3. 5*!!
    O original é espectacular!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.