Marte Um quer levar os astronautas para Marte na próxima década ao estilo Big Brother

A empresa holandesa Mars One diz que quer levar 4 pessoas para uma viagem a Marte em 2023. E de 2 em 2 anos, enviar mais 4 humanos. As viagens seriam só de ida, e não teriam retorno.
A ideia é que o processo de selecção e toda a preparação desses astronautas seja visualizada ao estilo Big Brother.
Segundo um porta-voz da empresa, este iria ser o maior evento mediático de toda a história humana!

A ideia é apoiada pelo Prémio Nobel da Física, Gerard’t Hooft, pelo co-criador do Big Brother, Paul Romer, e poderão ter o apoio da SpaceX.

A ideia é realmente entusiasmante.
O facto de ser comercial, em estilo Big Brother, de modo a estar totalmente aberta a toda a gente e ao mesmo tempo fazer dinheiro com essa abertura, torna essa ideia adaptada aos novos tempos.
Iria certamente ter voluntários. Um deles seria eu!
O problema parece ser que isto não passa de uma manobra publicitária de uma empresa que tem um astrofísico e não tem engenheiros, e não consegue responder a perguntas simples.

5 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Gostei de vários comentários no nosso Facebook 🙂
    http://www.facebook.com/astropt/posts/168970229899836

    “Poderia ser entusiasmante, até fazerem dinheiro com isso, até poderia gente disposta a fazer a viagem, mas só de ida sem regresso ! !!”

    “viver e permanecer em Marte para o resto das suas vidas… tendo em conta as condições marcianas e a tecnologia terrestre, que também depende, nos tempos de hoje do nível económico, os primeiros colonos não devem ter uma esperança média de vida “muito significativa”… e se começarem a morrer em directo…”

    “A minha avó diria: “tende juízo!””

    Realmente, parece haver falta de juízo 😛 ehehehe, a esperança média de vida em Marte será menor, e sobretudo quero ver como se desenvolve um Reality Show, caso as pessoas comecem a morrer…

    • Rafael Ligeiro on 10/06/2012 at 06:43
    • Responder

    Sabe qual é um dos pontos dessas eventuais viagens que mais despertam minha curiosidade? Refere-se ao lado psicológico de uma pessoa que permanecesse, durante longo período, em um astro diferente do nosso.

    Não se ver rodeado pelos padrões estruturais aos quais estamos acostumados deve ser algo desafiador e interessante, porém extremamente estranho.

    1. Sim, os problema psicológicos, e os problemas das relações humanas, serão mais dificeis de prever e solucionar que os problemas de tecnologia…
      🙁

  2. Voluntários para viagem só de ida?
    E ficavam a sufocar/congelar em Marte?
    E se a ideia é morrer na viagem, para quê a preparação?

    1. Mas a ideia não é morrer na viagem…

      Morrer vamos todos morrer… pode é ser num ambiente diferente 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.