Prometheus

Fui ontem ver o filme Prometheus.
Sinceramente, esperava muito mais. Devido ao realizador, Ridley Scott. Devido a ser uma prequel da saga Alien. Devido a toda a publicidade à-volta do filme. E devido às críticas de quem já tinha visto.
Talvez as minhas expectativas estivessem demasiado altas. Não sei.
O certo é que o filme desiludiu-me.

Mas vale bem o preço do bilhete! (10 dólares) E até mais! 😉

Vejam 2 trailers:

E este clip:

SPOILER ALERT!!!!
Não leiam a partir daqui se ainda não viram o filme e não querem ler sobre o que lá acontece!

Não gostei:
– do início, que não percebi. O DNA do extraterrestre misturou-se com a água, para milhares de milhões de anos mais tarde desenvolverem-se humanóides? Demasiado Star Trek
– não houve desenvolvimento de várias personagens (tal como no 1º filme Alien).
– tecnologia da nave, supostamente anterior à do 1º filme Alien, era melhor que a do 1º filme Alien.
– tecnologia “antiquada” tendo em conta que já a teremos dentro de 10 anos e não dentro de várias décadas numa nave interestelar – para ser uma nave interestelar, deveria estar muito mais no futuro, com muita melhor tecnologia.
– gostei dos hologramas, mas sofrem do mesmo problema do ponto anterior – deveriam ser muito mais avançados.
– o extraterrestre teve mutações incríveis de um indivíduo para o seguinte. Alguém explique ao Ridley Scott que a Evolução não funciona desta forma.
– a última mutação, o último alien, só podia ser a gozar. Pareceu-me feito para crianças…
– o “engenheiro” deveria ter morrido no assento de piloto, porque era lá que estava no 1º filme Alien.
– no início do filme dizem textualmente que tentar encontrar pistas e fazer investigação é uma questão de “acreditar”, o que é puro disparate.
– o final do filme deixa a ideia que vai haver um outro filme a seguir, com a Elizabeth Shaw a chegar ao “planeta dos engenheiros”. Ou seja, este filme não só não dá as respostas, mas continua com o “mistério”…
– a ideia que tive é que é um filme que se destina aos pseudos da seita do Daniken: “astronautas/deuses antigos eram extraterrestres”.
– por último, o filme é todo sobre humanos. Neste caso, os humanos são o ser mais importante no Universo, que os engenheiros tiveram que criar, para poderem desenvolver a sua arma biológica (aliens). Enfim…

Gostei:
– de ter visto o filme num ecrã gigante, em IMAX, e em 3D.
– a acção do filme tem momentos bastante bons.
– os cenários, sobretudo na nave, achei fantásticos.
– o robot é ao estilo do 1º filme Alien, com intenções secretas…
– o robot chama-se David, e o computador diz o nome dele por 2 vezes ao estilo do HAL a chamar pelo David Bowman.
– o robot, e alguns dos seus diálogos (sobre a alma, por exemplo), parece-se com os do filme Blade Runner.
– o David dizer que os Humanos o fizeram à semelhança deles, porque só se sentem confortáveis com algo a que já estão acomodados, com algo semelhante a eles.
– a fantástica máquina de fazer cirurgias em minutos sem problemas. Também quero uma!
– em vez de irem a um planeta, eles vão a uma grande lua de um planeta gigante (tal como no filme Avatar), que está mais de acordo com a actual ideia científica de que os sítios mais prováveis para vida poderão ser as luas de Júpiteres Quentes.
– sendo audiência masculina, posso dizer que certamente o que gostei mais em todo o filme tem um nome: Charlize Theron. 😀

52 comentários

4 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Prometheus the creationist
    http://jasonya.com/wp/prometheus-the-creationist/

    Ridley Scott’s Prometheus and anti-science
    http://www.skepticalraptor.com/skepticalraptorblog.php/ridley-scotts-prometheus-anti-science/

    Why ‘Prometheus’ gets it all wrong, and why it matters
    http://angel14.com/2012/06/12/prometheus-review-film/

    Prometheus — A Creationist Movie?
    http://lsiblog.blogspot.pt/2012/06/prometheus-creationist-movie.html

  2. oi vc acha que deixar pessoas dormindo 3 anos no espaço sem gravidade não é muito avançado,?

    1. é incrivelmente atrasado… a ficção científica já utiliza ideias de criogenia há muitas décadas…

  1. […] Covenant é uma sequela do filme Prometheus. Curiosamente, no final do filme percebe-se que vai também haver uma sequela deste […]

  2. […] disparate. – o extraterrestre defendeu a ideia da panspermia direta. – é semelhante ao filme Prometheus. – existe uma promoção ao Criacionismo. – a sugestão de que o Big Bang Biológico há 550 […]

  3. […] (tag): E.T. de terror. Men in Black. District 9. Knowing. K-PAX. Contacto. Gattaca. Os Eleitos. Prometheus (aqui). Apollo 18. Star Trek Into Darkness. Elysium. Oblivion. Relatório de Europa. Infectados. […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.