Buraco Negro da Via Láctea está prestes a engolir uma nuvem de gás

No centro da Via Láctea existe um buraco negro supermassivo.

Os astrónomos descobriram em 2004 que esse gigantesco buraco negro irá engolir uma enorme nuvem de gás.
A nuvem de gás formou-se muito provavelmente a partir de material expelido por estrelas massivas nas proximidades do buraco negro, e está a dirigir-se perigosamente em direcção do buraco negro à velocidade de 8 milhões de kms por hora.
A nuvem de gás deve desaparecer, quer ao passar pelo horizonte de eventos do buraco negro, quer até antes já que a força gravitacional do buraco negro irá dissipar a nuvem por completo antes de ela entrar “como nuvem” no buraco negro. Na verdade, a nuvem já está bastante esticada devido à atracção gravitacional exercida sobre ela.

O evento da “colisão” entre os dois objectos será acompanhado por astrónomos de todo o planeta.
A luz do evento, para o podermos observar, chegará aqui em meados do próximo ano, 2013.

Leiam aqui e aqui.

Esta notícia é sobre uma outra nuvem, e não a Nuvem de Smith, que vai colidir com a Via Láctea, e que já explicamos neste post.

1 comentário

2 pings

  1. É uma boa oportunidade para observar oq acontece com a emanação de raios gama, proveniente do buraco negro central, nessa situação.

    Vale lembrar que uma rajada de raios gama, diretos em nós poderia pulverisar a Terra.

    Por nossa sorte as emanações estão em direções bastante seguras pra nós, mas vale conhecer melhor esse fenômeno.

    A emanação de Raios Gama que existe em CignosX1 é resultado de algo como um “vomito” de buraco negro, quando ele não consegue “processar” tanta matéria caindo no Horizonte de eventos(essa eu chutei).

  1. […] O professor Bland-Hawthorn diz também que no próximo ano poderemos (os astrónomos) ser espectadores de “fogo de artifício” vindo do centro da galáxia, já que a nuvem de gás G2 deverá ser “comida” pelo buraco negro. […]

  2. […] acelerar em direção ao buraco negro que se encontra no centro da Via Láctea (leiam aqui, aqui, e aqui). Estima-se que o buraco negro no centro da Via Láctea, conhecido pelo nome formal de Sgr A* […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.