Explosões no Sol e nos pseudos

O Sol tem estado activo, como podem ler aqui e aqui.
Terá o seu máximo no próximo ano, por isso não tem estado nada de especial comparado com ciclos anteriores.

Aliás, este máximo solar será fraco, como já expliquei neste post.

Por isso, está bom de ver que nada temos a temer. Nada vai acontecer, a não ser algumas auroras belíssimas nas altitudes mais altas, como esta recentemente.

Infelizmente, é fácil para os vigaristas criarem confusões e medos nas pessoas, porque grande parte das pessoas é levada pelo medo e não pela racionalidade com base no conhecimento.
Daí que se forem ao Google vêem alguns sites pseudos a venderem a ideia que temos que ter medo do Sol, que uma coisinha má vai acontecer porque ele está a aumentar de actividade (volto a dizer, que o Sol está muito mais fraco que noutros anos, incluindo já esteve mais forte neste milénio).
Mas vêem também um mau jornalismo com títulos sensacionalistas como este: NASA: até quando estaremos seguros do Sol?
E até websites que se auto-intitulam de cépticos deixam-se levar pelo sensacionalismo com o objectivo de terem mais leitores e mais divulgação, sem nada perceberem da natureza da ciência: falar em possibilidades é a estratégia dos pseudos, porque os cientistas, a racionalidade, o cepticismo, falam em probabilidades.

Infelizmente, a desinformação é mais apetecível do que o conhecimento, quer para os leitores quer para quem vende o medo para proveito próprio.

6 comentários

6 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. A notícia do TVI24 é mesmo incrível!
    Título: NASA.
    Informação no texto: Daily Mail.
    Ou seja: põem um título sensacionalista associado à NASA para chamar à atenção e depois informação em 2ª mão (ou mais!) vinda de outro jornal, completamente empolada e com erros científicos.

    Triste e perigoso!

  2. Se até filmes alimentam o sensacionalismo apocalíptico à população se passando por “científicos”, o que se pode esperar da internet, onde cada um publica o que quer…
    exemplo de filmes:
    O dia depois de amanhã – os efeitos globais mais rápidos e grotescos que já vi *o que se passaria em décadas se passando em horas…
    Presságios – Erupção Solar e ETs angelicais salvando crianças. Astronomia 0: A base usada foi uma estrela nas plêiades, como se ela tivesse alguma relação com o Sol…
    e por aí vai: Armagedon, 2012, O dia que a Terra parou, olhei todos e são bons filmes, atores consagrados, nada contra, mas infelizmente eles inevitavelmente alimentam o imaginário popular, com dificuldade em separar a ficção da realidade.
    O único filme de ficção científica legítima e respeitável que vi foi Gattaca, e quem viu concordará comigo. 😀

    • Caetano J. Neto on 20/07/2012 at 06:42
    • Responder

    Fez mal, agora

    1. Porquê? Em quê?

        • Caetano J. Neto on 20/07/2012 at 18:35

        Até a Scientific American faz esse tipo de especulação (http://www.scientificamerican.com/article.cfm?id=superflares-found-erupt-some-sun-like-stars) e é isso: especulação. Ninguém ali jamais falou de Nibiru, planeta X, calendário Maia ou qualquer asneira do gênero. Pra atiçar a sanha apocalíptica dos nibirutas, basta falar “um novo cometa foi descoberto” ou “o Sol está agitado”, sinceramente, foi meio desnecessário.

    2. Caetano, eu não sei do que está falar. Sei sim que mudou de conversa (falácia do Red Herring).
      Só por a Scientific American ou outros divulgarem mal, não quer dizer que nós tenhamos que fazer o mesmo.
      O cepticismo, a auto-reflexão, o avaliar dos nossos próprios erros deveria ser algo comum a quem defende a ciência. Se discorda disso afirmando que X também fez errado, esse é um argumento falacioso totalmente contrário à ciência, ao cepticismo e à racionalidade.
      Essa notícia também foi “vendida” de forma sensacionalista, como foi dito aqui:
      http://www.astropt.org/2012/05/23/super-explosao-solar-pode-acabar-com-a-atmosfera-da-terra/

      Quanto aos resultados da ciência: 2 + 2 = 4.
      Quem disser que é 666 para promover medos infundados só para ter mais visibilidade (marketing) está a incorrer num erro pseudo, de sensacionalismo.
      Não importa se a pessoa se chama Manuel, Maria, Cristina, ou Francisco. Não interessa se é democrata ou republicano. Não interessa se é crente ou ateu. Não interessa se gosta do vermelho ou do azul.
      Para todos, a resposta deveria ser 4.

      Todos os que eu falei no post enveredaram por sensacionalismos sem nexo, tendo em conta o que se sabe deste ciclo solar. Todos esses sensacionalismos estão em oposição ao que a ciência nos diz sobre este ciclo solar.

      Por isso, sim, todos esses no post enveredaram pelos mesmos métodos sensacionalistas anti-conhecimento dos Nibirutas e similares.

  1. […] este poderoso evento, a CMEs normais que estão sempre a sair do Sol, é vigarizar as pessoas (ainda mais quando se afirma que vai acabar com a atmosfera da […]

  2. […] Natron. Partos na Lua Cheia. Efeitos Lunares. Mitos da Lua Cheia. Chemtrails. Tempestades Solares (aqui e aqui). Estátua Egípcia move-se. Grávida de Chimpanzé. Barbies Humanas. Dores nas costas e […]

  3. […] sobre Alinhamentos, Inversão dos Pólos Magnéticos, Tempestades Solares, Cinturão de Fotões e […]

  4. […] contrário dos pseudos, que denunciamos neste post, nós sempre demos a informação correta: o Sol anda calmo. Aliás, neste post, até deixamos […]

  5. […] Explosões no Sol e nos pseudos […]

  6. […] Lembro também que TODOS estes assuntos já foram explicados detalhadamente em português, aqui no astroPT. Basta irem aos tags/etiquetas respectivas. Alguns exemplos: Profecia Maia para 2012, Alinhamento Planetário, Nibiru, Reversão dos Pólos, Tempestades Solares. […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.