Nova Hierarquia de Partículas?

Mendeleiev, Dimitri Ivanovich Mendeleev ou em russo Дми́трий Ива́нович Менделе́ев, foi o criador da primeira versão da tabela periódica dos elementos químicos. Os cientistas procuram, agora, construir uma nova tabela mas das partículas fundamentais.

Nucleões e Electrões

Nucleões incorporam protões e neutrões. Pensa-se que o protão positivo nunca deixe de ser um protão, não se desintegra em partículas fundamentais. Com o electrão ocorre o mesmo fenómeno.

Mesões-σ e Mesões-π

O mesão-sigma foi identificado por cientistas brasileiros. O mesão-pi foi identificado por Cesar Lattes, Occhialini e Powels.

Neutrinos

Os Neutrinos em conjunto com o electrão formam a família dos Leptões, envolvidos na força fraca. Existem, nesta família, o tau e o muão e o electrão, que apresentam o seu neutrino correspondente.

Quadro de partículas completo:

O Bosão de Higgs foi descoberto em Julho de 2012 e comprovado com pouca margem de erro no mesmo mês, no Cern, LHC. Apresenta uma massa de 126.5 +- 0.6 GeV/c^2. (daqui)

O Bosão de Higgs era a partícula que faltava para o modelo padrão. É a partícula que confere massa a todas as partículas que têm massa.

O editor do livro “The God Particle: If the Universe Is the Answer, What Is the Question?”, de 1993, escrito por Leon Lederman, Prémio Nobel da Física em 1988, cujo título original seria, segundo contam, “The Goddamn Particle”,  preferiu aproveitar algumas palavras do autor, fazer umas “ligeiras” alterações mais apelativas para as vendas e surgiu então o título “A partícula de Deus.” (AstroPT)

Importância do Bosão:

As partículas fundamentais estão divididas em dois grupos: fermiões e bosões. Os fermiões, por sua vez, separam-se em dois grupos: quarks e leptões, com as respectivas anti-partículas (ao todo 24 partículas no total de fermiões). Quanto aos bosões existem cinco (gluão – força forte -, fotão – força electromagnética -, Z, W+ e W- – estes 3 são responsáveis pela força fraca -) que geram as interacções entre os fermiões. Estes bosões são os intermediários das forças fraca e forte. Foram detectados 4 Bosões: W+, W-, Z e γ (gamma). Os bosões W apresentam massa e carga eléctrica, o Z é neutro e sem massa. O gama corresponde ao fotão. OS W e o Z são intermediário da força fraca e o fotão é o que intermedeia a força electromagnética. Então, só falta explicar porque é que as partículas têm massa. A massa seria criada pela interacção entre as partículas e um campo. A inércia ou o atrito originaria a massa. A partícula associada a este campo seria o bosão de Higgs.

Podemos sentir os nossos músculos a trabalhar. Quanto maior a massa do objecto a ser movido, maior a força que terão de exercer. Neste sentido, a massa de um objecto representa a sua resistência a mudanças do seu movimento. De onde vem esta resistência a ser acelerado? O que dá inércia a um objecto?

O oceano de Higgs, no qual estamos todos imersos, interage com os quarks e com os electrões: resiste às suas acelerações.

Se não fosse o campo de Higgs, todas as partículas fundamentais seriam como o fotão, e não teriam qualquer massa. (Brian Greene, “O Tecido do Cosmos”)

Completa-se, assim, o quadro do modelo padrão da física de partículas.

6 comentários

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. Se tais partículas existiram e já não existem mais, por qual motivo então teriam que ser essas partículas as responsáveis pela inércia de outras partículas?

  2. Belo artigo, Dário, de fácil e boa consulta, o diagrama final é excelente e foi revisto pelos pares no Particle Data Group, que reúne o consenso científico em Física de Partículas. É o melhor “mapa das estradas” possível de obter. :))

  3. Olá Carla!

    Para receber notificação dos novos posts por email, pode subscrever de novo, quando vem comentar, seleccionado a caixa para o efeito, logo abaixo do espaço de comentários.

    Não é a solução ideal, nem final, pois será possível fazer isto de forma “centralizada” na navegação do site, assim que seja possível. 😉

  4. Pois, mas parece que em Portugal há cada vez menos massa. Esta adaptação da “particula de Deus” à realidade do nosso país, confere o “nickname” de “Bóstão do Higgs”, porque quase não transfere energia como também tem pouca massa.

    • Carla Pereira on 05/09/2012 at 23:01
    • Responder

    Por que é que deixei de receber os posts por mail?

    1. Tivemos que cancelar todos os plugins para limpar o blog do problema.
      Aos poucos, estamos a testá-los, e as funcionalidades voltarão… aos poucos 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.