The Happening

Estive a ver este filme.
É um filme que fala sobre um potencial fim da Humanidade. Devido a isto, poderia ser mais um filme baseado em ideias pseudo. Mas não. Adorei este filme. Também já tinha adorado o filme 2012, pelo entretenimento. Desta vez adorei mesmo pela história.

A história do filme diz-nos que a “Terra está a vingar-se”. Ou melhor, sem esses geocentrismos ou antropocentrismos bacocos, o que realmente se passa é que as plantas começam a libertar uma neurotoxina que bloqueia o nosso sentimento de auto-preservação, por isso as pessoas começam a suicidar-se.
As plantas libertam químicos (para deterem insectos, entre outras coisas), a que já estamos habituados devido à nossa evolução conjunta, daí que não é totalmente descabido o prospecto de as plantas desenvolverem uma neurotoxina para “afastar” o predador Humano, de modo a naturalmente “defenderem-se” e contribuírem para um maior equilíbrio biológico.
Repito que esta ideia parece-me fantástica, porque desenvolve-se de forma natural, pela leis da evolução, sem precisar de nenhum “planeamento” à priori. Daí ter adorado o filme neste aspecto.

No entanto, há pequenas coisas que não gostei.
Por exemplo, passar-se em Nova Iorque. É sempre o “centro do mundo” para os filmes…
O professor de ciências na escola dizer que há coisas que a ciência não consegue explicar. Além de esta ideia difundida pelos pseudos ser baseada numa concepção errada da ciência, a verdade é que ao longo do filme os cientistas vão realmente percebendo o que se vai passando, provando que há explicação para o fenómeno e que esse fenómeno pode ser explicado pela ciência.
Um dos maiores problemas destes filmes, é a evolução se dar tão depressa. É óbvio que uma mudança tão radical não seria tão repentina, apesar de os “especialistas” no filme compararem o evento a uma “maré vermelha“. A verdade é que os filmes mostram sempre a evolução desta forma, porque ninguém conseguiria ver um filme que demorasse alguns milhões de anos…

Existe uma outra coisa que não sei classificar: se gostei ou não gostei. O que sei é que se o filme se passasse na realidade, certamente que isto aconteceria desta forma: não só a Defesa Militar imaginaria logo um ataque terrorista com armas químicas, mas existiriam logo comentadores na televisão a imaginar os mais loucos cenários, e claro, os cenários mais conspiradores seriam os mais divulgados. Neste caso do filme, lembro-me de ouvir um comentador dizer que “era coisa da CIA” (quando a CIA nada tinha a ver com isto, mas a verdade é irrelevante para os comentadores de bancada e crentes conspiradores). Nessa altura lembrei-me que se o filme fosse real, apareciam logo os conspiradores e demais vigaristas a falar do projecto HAARP – na vida real, tudo aquilo que os crentes conspiradores não querem compreender, culpam o HAARP.

Concluindo: gostei bastante do filme! Adoro este género de histórias. Por isso, recomendo-o! 😀

1 comentário

1 ping

    • Dinis Ribeiro on 03/12/2013 at 19:13
    • Responder

    Também gostei muito do filme…

    Aliás, é o meu filme favorito (desse realizador).

    Sugestões:

    1) http://en.wikipedia.org/wiki/Swarm_intelligence

    2) http://en.wikipedia.org/wiki/The_Swarm_(novel)

    The Swarm (German: Der Schwarm) is a science fiction novel by German author Frank Schätzing.

    The knowledge that humans are not the only intelligent lifeform on Earth has plunged most religious groups into chaos, while parts of the world still suffer from the epidemic the yrr sent to destroy the threat to their marine homeland.

    Humanity now faces the difficult task of rebuilding their society and industry without coming into conflict with the ever-watching superpower under the sea again

    —-

    Hollywood actress and producer Uma Thurman and the German producers Michael Souvignier, Ica Souvignier and Till Grönemeyer bought the film rights to The Swarm in May 2006.

    On May 9, 2007, it was announced that a film based on the novel was in the works. Ted Tally has finished writing the screenplay and Dino De Laurentiis was to be one of the prime financial benefactors of the project.

    The release date is estimated to be 2015.

  1. […] Relatório de Europa. Infectados. Moon. Ender’s Game. A Coisa. Hora Mais Negra. The Happening (aqui). Andromeda Strain. Avatar (filme, plantas, ciência, comentário). Gravidade (resumo, análise, […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.