Estátua Egípcia em Marte ?

O rover Opportunity andava entretido a tirar fotografias às encostas da cratera Victoria.
Devido a algo chamado probabilidade, é evidente que no meio de tantas fotografias, podem-se encontrar o que pensamos ser imagens de coelhos minúsculos, naves espaciais de bactérias e até supostas micro-estátuas egípcias.
Chama-se a isso Pareidolia – vermos padrões familiares em algo aleatório, como em nuvens – e é o caso da imagem acima (imagem original, aqui) numa fotografia ao Cabo S. Vicente (Cape St. Vincent).

18 comentários

2 pings

Passar directamente para o formulário dos comentários,

  1. ola a todos viu adoro as fotos incriveis de marte e as polemicas sobre esse efeito das rochas s e apareçerem como animais e artefatos construidos vou dar uma opinião simples as fotos deixa m a desejar essa ea verdade estamos flando de uma sonda a uma ditancia tremenda sem possibilidades de ajustes necessario acho um grande avanço maravilhoso e exploração de outro planeta mas as fotos deixam a deseja tanto que caus essas polemicas de gente vendo marciano em todo canto so para finalizar snh um estudos nas camadas mais antigs de marte e mandar uma sonda so para pesquisar o polo de marte

  2. A cabeça certamente é do Lula Molusco

  3. Juro que vi o Predador ali !

    1. LOL onde? 🙂

  4. Boa noite Carlos Oliveira, também gosto muito de Ciências, sempre que posso acompanho suas postagens, gostaria de saber qual sua opinião sobre Zacharias Schitin, Li um livro dele e achei interessante alguns de seus ”argumentos”. Sei que não tem muito haver com esse post, mais se não me engano ele falava que já houve uma base em marte. (Tenho muito s questionamentos sobre o que ele falou) Mas como disse queria saber sua opinião sobre o mesmo.

    1. Thomm,

      Opinião não lhe posso dar, porque eu raramente dou opiniões. A minha opinião nada vale. Ou existe conhecimento ou não 😉

      Neste caso, existe.

      Falei do Sitchin, nestes posts:
      http://www.astropt.org/2011/09/09/fantasia-planetaria-nibiru/
      http://www.astropt.org/2012/03/06/nibiru-implode-e-goebbels-ri-se/
      http://www.astropt.org/2012/06/17/erich-von-daniken/

      abraços!

    • Ivandir Junior on 26/09/2012 at 10:22
    • Responder

    O que acho mais interessante é que o homem ainda se acha o CENTRO DO UNIVERSO e a “CIÊNCIA” mesmo com uma tecnologia dita avanaçada ainda não conseguiu chegar ao óbvio de preencher as lacunas da própria evolução humana e o porque de evoluirmos sem mesmo saber para onde vamos com esse resultado?Eu queria acreditar que somos os únicos nessa vastidão do Cosmos.

    1. A ciência vai preenchendo as lacunas da ignorância, seja em que assunto for, incluindo na evolução humana.
      Como deverá perceber, já se sabe como se forma a chuva – não é nenhum deus que está a chorar. Como este exemplo, existem milhões, entre os quais a internet e a electricidade que está a utilizar neste momento 😉

      Mas tem razão. O Homem continua a pensar que é o centro do Universo. Se procurar aqui no astroPT por “geocentrismo psicológico” vai ler vários posts sobre isto.

      E mais uma vez tem razão: os pseudos que vêem estátuas egípcias num simples rochedo em Marte sofrem de geocentrismo psicológico: pensam que eles são o centro do Universo por isso tudo o que vêem na Terra é o que verão no Universo.

      abraços!

  5. É verdade, não me lembrava do nome, mas a verdade é que esse fenómeno acontece. Parecido com o fenómeno (humano e completamente natural) de vermos rostos em diversos sítios, rochas, fruta, no céu e na água…

    • Rafaele SOuza on 13/09/2012 at 16:47
    • Responder

    Quem viu isso é BEM observador hein!hahahaa

  6. Obviamente trata-se da estátua do faraó Tretamon X. 🙂

  7. É, no mínimo, uma foto estranha com semelhanças com outras fotos terrenas. Acho que devemos manter a mente aberta e admitir que povos doutros planetas com técnicas muito mais avançadas que as nossas, possam já ter estado em Marte, mas não os romanos claro.
    Não sabemos nada e há tanto para saber.

    1. Este é um comentário sem qualquer nexo.

      “É, no mínimo, uma foto estranha”

      Não existe qualquer foto estranha. Da mesma forma que nuvens com formas de coelhos não são estranhas. São pareidolia… e está perfeitamente explicado.

      “Acho que devemos manter a mente aberta”

      Não existe ninguém com mente mais aberta que os cientistas… a não ser os pseudos que têm a mente tão aberta que deixam entrar todo o lixo.

      “admitir que povos doutros planetas”

      Não existem povos noutros planetas. E muitos menos fazem estátuas egípcias.

      “possam já ter estado em Marte”

      Não, não estiveram. Senão deixavam algo. Nós já enviamos 4 rovers para Marte, e dezenas de sondas, e nada vimos.

      “mas não os romanos claro.”

      Não sei onde imaginou romanos… nada no post é sobre romanos.

      “Não sabemos nada e há tanto para saber.”

      Sabemos muito, e devido a todo o conhecimento que temos é que a Alda pode vir para a internet dizer que nada sabemos… o que é um paradoxo.

      O post é sobre uma rocha minúscula que por pareidolia parece-se a algo que achamos que conhecemos. Nada mais. Nada existe lá.

      É igualzinho ao “gorila em Marte”… uma rocha que as pessoas imaginaram coisas que não estão lá.
      http://www.astropt.org/2010/03/07/gorila-em-marte/

      Está perfeitamente explicado.

        • samir on 11/12/2013 at 02:19

        Seria vc o dono da verdade? O universo é grande. Muito grande.
        Vc acha q a vida só poderia existir aqui?

      1. A verdade existe e não é de ninguém. Basta estudar os assuntos para saber a verdade.

        O que eu acho sobre a vida é irrelevante. O Universo não quer saber do que eu acho ou do que você acha.
        As leis do Universo não dependem das minhas ou das suas opiniões.

        Tudo isto já foi explicado em dezenas de artigos.
        Sugiro que leia os artigos para entender o que é o conhecimento.

        • samir on 11/12/2013 at 03:16

        Tenho certeza que vc é muito inteligente e tenha certeza, vc não é o unico estudado. Acompanho seu blog a bastante tempo e admiro seus posts.
        Mas como vc disse” as leis do universo não ligam para nossas opiniões.
        Mas quando digo que o universo é grande, tenho certeza que para vc não é nenhuma novidade.
        Eu, como um grande estudioso, formado em engenharia química e com um grande conhecimento em reações químicas, digo. A vida é capaz de surgir em todoa os cantos do universo. Desde que as situações sejam propicias.
        Mas o que seria propícia?
        Assim como através da química conseguimos evoluir na Terra, pode ter certeza que tb é muito fácil a vida ter sido criada em outro canto.
        Um grande abraço.

      2. Continuo sem entender o que isso tem a ver com o artigo no post…
        Você está a falar de astrobiologia. O artigo não está nessa categoria porque nada tem a ver com a problemática de existir (ou não) vida noutros locais do Universo.

        Quando eu vejo nuvens em forma de coelho, não quer dizer que esteja a discutir a problemática de coelhos voadores. Simplesmente, é pareidolia.

        abraços!

    • Graciete Virgínia Rietsch Monteiro Fernandes on 13/09/2012 at 10:49
    • Responder

    A imaginação não tem limites!!!! É como com as estrelas. Quem sabe se alguém não poderia encontrar outras analogias e dar outros nomes às constelações? A fotografia é linda. Os meus cumprimentos.

  1. […] pedras, irão sempre existir algumas que se parecem com um rato ou um sapo ou um gorila ou ossos ou estátuas egípcias ou o Obama ou pirâmides ou o que seja (sim, são tudo coisas que os conspiradores viram em Marte). […]

  2. […] superfície. 1.000.000.000 pixeis. Catástrofe em 2014? Chuva de detritos. Estranho. Rato. Gorila. Estátua Egípcia. Luz. UFO. Missões Humanas. Missão só de ida. Simulações. Projeto Red Rocks. Mars […]

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.